Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13113

Título: Fenologia de comunidade arbórea em um remanescente de floresta semidecidual na Bacia do Rio Grande - MG
Título Alternativo: Tree community phenology in a semideciduous forest fragment in Rio Grande Watershad - MG
Autor(es): Ridolfi, Stéphano Diniz
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4432095Y0
Orientador: Carvalho, Dulcinéia de
Membro da banca: Konzen, Enéas Ricardo
Membro da banca: Altoé, Thiza Falqueto
Assunto: Fenologia de comunidade
Espécies arbóreas
Floração
Community phenology
Floresta semidecidual
Tree species
Tree species
Flowering
Fruiting
Data de Defesa: 15-Fev-2017
Data de publicação: 29-Mai-2017
Referência: RIDOLFI, S. D. Fenologia de comunidade arbórea em um remanescente de floresta semidecidual na Bacia do Rio Grande - MG. 2017. 146 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologias e Inovações Ambientais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Fenologia é o estudo dos eventos cíclicos de seres vivos e sua relação com o meio abiótico. Esse trabalho objetivou estudar a correlação entre eventos fenológicos e meteorológicos de uma comunidade arbórea em Nepomuceno, MG, e selecionar espécies potenciais para recomposição florestal, durante dois anos. O fragmento em estudo possui 38 ha e o clima é classificado como CwB. Foi utilizado o método amostral de trilhas para avaliar as fenofases copa, rebrota foliar, botão floral, floração, fruto verde e fruto maduro, e foram testadas correlações com dados climatológicos. Todas as correlações entre fenofases e meses do ano foram significativas. A fenofase presença de copa não teve correlação com nenhum evento meteorológico. Já a fenofase rebrota foliar teve correlação com precipitação e temperaturas média, mínima e máxima. A fenofase botão floral teve correlação com a precipitação e a insolação, porém com um tempo de resposta (delay) de três a quatro meses entre o evento meteorológico e a fenofase. Já a floração teve também correlação com precipitação e insolação, com delay de cinco e três meses respectivamente. O fruto verde obteve correlação com a insolação com três meses de delay. A fenofase fruto maduro obteve correlação com as temperaturas; a precipitação obteve correlação com o fruto maduro, com delay de quatro a cinco meses. Foram selecionadas as vinte espécies com a finalidade de potencialmente fornecer sementes para recomposição florestal. Neste trabalho, pudemos concluir que há uma lógica temporal nas fenofases reprodutivas. Pode-se concluir também que a floresta apresenta grande potencial para coleta de sementes, tendo como objetivo a recomposição florestal.
Abstract: Phenology is the study of the cyclical events of living beings and their relation to the abiotic environment. This work aimed to study the correlation between phenological and meteorological events of a tree community in Nepomuceno, MG, and to select potential species for forest restoration, during two years. The fragment under study has 38 ha and the climate is classified as CwB. The sampling method was used to evaluate leaf phenophases, leaf regrowth, floral bud, flowering, green fruit and ripe fruit, and verify correlation with climatological data. All correlations between phenophases and months of the year were significant. The phenoapase presence of canopy had no correlation with any meteorological event. The foliar regrowth phenology had correlation with precipitation and average, minimum and maximum temperatures. The floral bud phenophase correlated with precipitation and sunshine, but with a delay time of three to four months between the meteorological event and the phenophasis. The flowering also had correlation with precipitation and insolation, with delay of five and three months respectively. The green fruit obtained correlation with the insolation with three months of delay. The phenophase mature fruit correlated with temperatures; The precipitation was correlated with the mature fruit, with a delay of four to five months. Twenty species were selected for the purpose of potentially providing seeds for forest restoration. In this work, we could conclude that there is a temporal logic in reproductive phenomena. It can also be concluded that the forest presents great potential for the collection of seeds, aiming at the forest restoration.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13113
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Fenologia de comunidade arbórea em um remanescente de floresta semidecidual na Bacia do Rio Grande - MG.pdf4,32 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback