Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13114

Title: Avaliação de híbridos de milho visando à biofortificação com zinco
Other Titles: Evaluation of corn hybrids for zinc biofortification
???metadata.dc.creator???: Gonçalves, Ana Stella Freire
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/8475188788444448
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Von Pinho, Renzo Garcia
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
???metadata.dc.contributor.referee1???: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
???metadata.dc.contributor.referee2???: Pierangeli, Maria Aparecida Pereira
???metadata.dc.contributor.referee3???: Moreira, Silvino Guimarães
Keywords: Zinco na nutrição humana
Milho – Teor de zinco
Zinc in human nutrition
Corn - Zinc content
Zea mays
???metadata.dc.date.submitted???: 3-Mar-2017
Issue Date: 2-Jun-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: GONÇALVES, A. S. F. Avaliação de híbridos de milho visando à biofortificação com zinco. 2017. 57 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: A desnutrição humana por zinco (Zn) é uma preocupação crescente no cenário contemporâneo. Classificada entre as mais graves deficiências de micronutrientes, sobretudo em países em desenvolvimento, ela é considerada uma das principais causas da mortalidade infantil. Cereais como o milho (Zea mays L.), se destacam como fonte de alimento nesses países, contudo, apresenta baixa concentração de Zn, o que não contribui para minimizar o quadro de deficiência em humanos. Diante dessa situação, a biofortificação pode se tornar uma técnica promissora, a fim de aumentar o teor de micronutrientes selecionados, em alimentos básicos, melhorando a qualidade nutricional destes. Nesse contexto, este estudo selecionou híbridos de milho que estão no mercado, visando à biofortificação com o micronutriente Zn, por meio do manejo da adubação foliar. Foi quantificada a concentração de Zn nos grãos, em experimentos de campo, durante duas estações de cultivo, por meio da digestão ácida, seguida de análise via espectrofotômetro de absorção atômica. Os resultados forneceram informações para seleção de genótipos com maior potencial de absorção de Zn, visando à segurança alimentar da população, sobretudo naquela de baixa renda. De maneira geral, para as diferentes doses aplicadas, dentro de uma mesma época de cultivo, os híbridos apresentaram as maiores concentrações de Zn em grãos quando aplicada a maior dose do sulfato (10g L-1 ), atingindo concentrações médias de até 24,48 mg kg-1 , exceto o híbrido RB9077, que atingiu 27,62 mg kg-1 , quando aplicados 5g L-1 do sulfato, na segunda época de cultivo. Embora as médias apresentadas pelos híbridos para a concentração de Zn nos grãos estarem abaixo do valor alvo (40 mg kg-1 ) estabelecido pelo programa Harvest Plus, estudos relatam que a aplicação do Zn em estádios mais tardios da cultura, pode ser uma alternativa responsiva, resultando em uma maior translocação do nutriente para os grãos, posto a maior demanda durante a fase de enchimento dos mesmos.
Abstract: Human malnutrition by zinc (Zn) is a growing concern in the contemporary setting. Classified among the most serious micronutrient deficiencies, especially in developing countries, it is considered a major cause of child mortality. Cereals such as maize (Zea mays L.) stand out as a source of food in these countries, however it presents a low Zn concentration, which it does not contribute to minimize the deficiency in humans. In view of this situation, biofortification may become a promising technique, in order to increase the selected micronutrient content in basic foods, improving their nutritional quality. In this context, this study selected hybrids of maize that are on the market, aiming biofortification with the micronutrient Zn, by means the management of foliar fertilization. The concentration of Zn in the grains was quantified in field experiments during two growing seasons by means of acid digestion followed by atomic absorption spectrophotometer analysis. The results provided information for the genotypes selection with higher Zn uptake potential, aiming the food security of the population, especially in the low income population. In general, for the different doses applied, within the same growing season, hybrids presented the highest Zn concentrations in grains when the highest dose of sulfate (10g L-1 ) was applied, reaching average concentrations up to 24.48mg Kg-1 , except for the hybrid RB9077, which reached 27.62mg kg-1 , when 5g L -1 of sulfate was applied in the second growing season. Although the averages presented by the hybrids for the Zn concentration in the grains are below the target value (40 mg kg-1 ) established by the Harvest Plus program, studies report that the Zn application at later stages of the crop can be a responsive alternative, resulting in a greater translocation of the nutrient to the grains, placing the greater demand during the filling phase of the grains.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13114
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Avaliação de híbridos de milho visando à biofortificação com zinco.pdf890.92 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback