Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13137
Título: Modelagem do crescimento e da produção florestal em povoamentos de eucalipto desbastado e não desbastado
Título(s) alternativo(s): Growth and yield modelling for unthinned and thinned eucalypts stands
Autor : Silva, Gabriela Cristina Costa
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8918679599150852
Primeiro orientador: Calegario, Natalino
Primeiro coorientador: Leite, Hélio Garcia
Primeiro membro da banca: Acerbi Júnior, Fausto Weimar
Segundo membro da banca: Leite, Hélio Garcia
Palavras-chave: Eucalipto – Manejo – Modelos matemáticos
Equações de Clutter
Eucalyptus – Management – Mathematical models
Clutter’s equations
Data da publicação: 5-Jun-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SILVA, G. C. C. Modelagem do crescimento e da produção florestal em povoamentos de eucalipto desbastado e não desbastado. 2017. 129 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Técnicas que forneçam informações acerca da capacidade produtiva do local, e a predição ou projeção do crescimento e produção são essenciais para o manejo florestal. Esta estimativa é obtida por meio dos modelos de crescimento e produção, fundamentais para o planejamento florestal. Portanto, a utilização de modelos que apresentem adequada relação funcional e flexibilidade resulta em eficiência na modelagem. Demandas por toras de maior diâmetro e qualidade exigem o uso de métodos de manejo que conduzam o povoamento em ciclos mais rápidos, e que promovam maior incremento, reduzindo a pressão sobre as florestas nativas e agregando maior valor ao produto final. Com isso, o desbaste e a desrama artificial são técnicas que permitem a obtenção de madeira com essas características. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho foi realizar a classificação da capacidade produtiva dos povoamentos, a partir da qual, foram gerados os ajustes do sistema de equações de Clutter (1963), buscando a forma do modelo volumétrico, mais adequada para estimar o crescimento e a produção de povoamentos de eucalipto desbastado e não desbastado. A classificação da capacidade produtiva foi realizada por meio do método da curva-guia, para as duas bases de dados, e foi feita uma análise da trajetória longitudinal dos dados, somente na base de dados não desbastada. A seleção do modelo de Clutter foi realizada por meio do ajuste em dois estágios, de 57 relações funcionais possíveis, e o teste deste modelo modificado a partir da interpretação dos parâmetros, para selecionar a forma do modelo volumétrico mais adequada. O modelo de Chapman-Richards foi o que melhor se ajustou às duas bases de dados para a classificação da capacidade produtiva, sendo que o desbaste por baixo, não afeta o crescimento em altura dominante. Ao utilizar o modelo de Clutter (1963) selecionado, houve ganho em precisão das estimativas para as duas bases de dados, assim como o modelo modificado, comprovando a importância em sempre verificar a forma do modelo volumétrico de Clutter, que seja mais adequada e que apresente consistência biológica para realizar a projeção do crescimento e da produção florestal de povoamentos de eucalipto desbastado e não desbastado.
Abstract: Techniques that provide information about the site quality and the prediction of growth and yield are essential for forest management. This estimate is obtained through the growth and yield models, fundamental for forest planning. Therefore, the use of models with adequate functional relationship and flexibility results in modeling efficiency. Demands for logs of greater diameter and quality require the use of management methods that lead to faster cycles and that promote greater increment, reducing the pressure on the native forests and adding more value to the final product. Thus, thinning and pruning are techniques that allow wood to be obtained with these characteristics. In this context, the objective of this work was to perform the classification of the site quality stands, from which, the Clutter system of equations (1963) were fitted, seeking the most adequate form of volumetric model to estimate the growth and yield of Eucalyptus plantations, submitted and not submitted to thinning. The site quality was performed by the guide curve method for the two databases, and an analysis of the longitudinal trajectory data in the unthinned database was made. The selection of the Clutter model was performed by two-stage adjustment of 57 possible functional relationships and the analysis of the model modified from the interpretation of the parameters to select the most suitable volumetric model form. The Chapman-Richards model was the one that best fit the two databases for the classification of productive capacity, and the thinning down does not affect the growth in dominant height. Using the selected Clutter (1963) model, there was a gain in precision of the estimates for the two databases, as well as the modified model, proving the importance in always verifying the form of the Clutter volumetric model that is more adequate and Biological consistent to carry out the projection of the growth and yield of thinned and unthinned eucalyptus plantations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13137
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.