Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13158

Título: Community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae) in transitional vegetation between Cerrado and Atlantic Forest in southeastern Brazil
Título Alternativo: Comunidade de Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em área de transição entre Cerrado e Mata Atlântica no sudeste do Brasil
Autor(es): Pìres, E. P.
Morgado, L. N.
Souza, B.
Carvalho, C. F.
Nemésio, A.
Assunto: Orchid bees
Atlantic Forest - Orchid bees
Cerrado - Orchid bees
Hexapoda
Floresta atlântica - Abelhas-das-orquídeas
Abelhas-das-orquídeas
Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Data de publicação: Ago-2013
Referência: PIRES, E. P. et al. Community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae) in transitional vegetation between Cerrado and Atlantic Forest in southeastern Brazil. Brazilian Journal of Biology, São Carlos, v. 73, n. 3, p. 507-513, Aug. 2013.
Resumo: A comunidade de abelhas-das-orquídeas (Hymenoptera: Apidae: Euglossina) foi estudada em uma área de transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica, de março de 2010 a fevereiro de 2011, na região de Barroso, estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. Foram utilizadas armadilhas aromáticas utilizando-se três tipos de iscas (cineol, eugenol e vanilina) e redes entomológicas para a captura de abelhas em flores. Foram coletados 614 machos de Euglossina nas armadilhas aromáticas, pertencentes a quatro gêneros e quinze espécies, e vinte e cinco espécimes em flores, pertencentes a dois gêneros e três espécies. Eulaema (Apeulaema) nigrita Lepeletier, 1841 foi a espécie mais comum (50% dos espécimes coletados), seguida por Euglossa (Euglossa) truncata Rebêlo & Moure, 1996 (28%). O cineol foi a isca mais atrativa (66,5% dos machos e 13 espécies), seguido pelo eugenol (16% e 9 espécies) e vanilina (13,5% e 4 espécies). Eulaema (Apeulaema) marcii Nemésio, 2009 e Eufriesea auriceps (Friese, 1899) foram atraídas por todas as essências, enquanto as espécies de Euglossa foram coletadas somente em armadilhas contendo cineol ou eugenol.
Abstract: The community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae: Euglossina) was studied at an area in the transition between the Cerrado and Atlantic Forest biomes, from March, 2010 to February, 2011 in the Barroso region, state of Minas Gerais, eastern Brazil. Orchid-bee males were collected with bait traps containing three different scents (cineole, eugenol and vanillin) and with entomological nets for collecting bees on flowers. A total of 614 orchid-bee males were collected using aromatic traps, belonging to four genera and 15 species. Twenty-five female specimens belonging to two genera and at least three species were collected on flowers. Eulaema (Apeulaema) nigrita Lepeletier, 1841 was the most abundant species (50% of collected specimens), followed by Euglossa (Euglossa) truncata Rebêlo & Moure, 1996 (28%). Cineole was the most attractive compound (66.5% of males and 13 species), followed by eugenol (16% and 9 species) and vanillin (13.5% and 4 species). Eulaema (Apeulaema) marcii Nemésio, 2009 and Eufriesea auriceps (Friese, 1899) were attracted to all scents, whereas Euglossa species were collected only in cineole and eugenol.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13158
Idioma: en
Aparece nas coleções: DEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Community of orchid bees (Hymenoptera - Apidae) in transitional vegetation between Cerrado and Atlantic Forest in southeastern Brazil.pdf481,23 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback