Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13173
metadata.artigo.dc.title: Morfometria e evolução do uso do solo e da vazão de máxima em uma micro bacia urbana
metadata.artigo.dc.title.alternative: Morphometry and evolution of land use and the maximum flow in urban micro watershed
metadata.artigo.dc.creator: Menezes, João Paulo Cunha
Franco, Camila Silva
Oliveira, Luiz Fernando Coutinho de
Bittencourt, Ricardo Parreira
Farias, Matheus de Sá
Fia, Ronaldo
metadata.artigo.dc.subject: Urbanização
Escoamento superficial
Gestão de recursos hídricos
Urbanization
Runoff
Water resources management
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade de Brasília
metadata.artigo.dc.date.issued: Oct-2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: MENEZES, J. P. C. et al. Morfometria e evolução do uso do solo e da vazão de máxima em uma micro bacia urbana. Revista Brasileira de Geomorfologia, São Paulo, v. 15, n. 4, p. 659-672, out./dez. 2014.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O conhecimento dos atributos físicos de uma bacia hidrográfica é de suma importância para a identificação dos parâmetros que auxiliam no melhor gerenciamento dos recursos hídricos. Portanto, a caracterização morfométrica e a avaliação do uso do solo de uma bacia hidrográfica se torna uma ferramenta importante para gestão dos recursos hídricos, pois permite prever o grau de vulnerabilidade da bacia a fenômenos extremos como enchentes e inundações. Sendo assim, o presente trabalho pautou no uso das técnicas do geoprocessamento de imagens digitais para análise de atributos morfométricos e da mudança do uso do solo em uma micro bacia urbana no município de Lavras, MG, relacionando-os com a estimativa de vazão máxima como resposta a chuvas de alta intensidade. A análise dos dados e a interpretação dos resultados obtidos nas condições atuais da micro bacia hidrográfica permitiram concluir que o padrão de drenagem formado pelos cursos d’água caracteriza-se como dendrítico e de 4º ordem. A micro bacia do Ribeirão Vermelho possui a forma alongada, evidenciando um menor risco de cheias em condições normais de pluviosidade anual. O mapeamento e ocupação do solo de 2003 e 2013 indicou um aumento da área urbana em contraste com uma redução na área de pastagem, entretanto, não se observou alterações na vazão de pico entre estes anos.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The knowledge of physical attributes of a watershed is of paramount importance for the identifi cation of parameters that assist in better management of water resources. Therefore, the morphometric characterization and assessment of land use of a watershed becomes an important water management tool because it allows you to predict the degree of vulnerability of the basin to extreme events such as fl oods and fl oods. Thus, this study was based on the use of GIS techniques of digital images for analysis of morphometric attributes and change of land use in an urban micro watershed in Lavras, MG, relating them with the estimated maximum fl ow as response to high-intensity rainfall. Data analysis and interpretation of the results obtained in the current conditions of the watershed showed that the drainage pattern formed by the streams is characterized as dendritic and 4th order. The Ribeirão Vermelho watershed has the elongated form, showing a lower risk of fl ooding under normal annual rainfall. The mapping and land cover 2003 and 2013 showed an increase of the urban area in contrast to a reduction in grazing area, however, no changes in peak fl ow between these years was observed.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/597
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13173
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.