Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13234
Título: Fatores de virulência em amostras de Escherichia coli isoladas de mastite bovina
Título(s) alternativo(s): Virulence factors in isolates of Escherichia coli from bovine mastitis
Autor : Faria, Jamila Palhares de Jesus
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4046304U9
Primeiro orientador: Costa, Geraldo Márcio da
Segundo orientador: Carvalho e Castro, Glei dos Anjos de
Primeiro membro da banca: Mian, Gláucia Frasnelli
Segundo membro da banca: Guedes, Elizângela
Terceiro membro da banca: Piccoli, Roberta Hilsdorf
Palavras-chave: Bovinos - Doenças
Bovinos - Mastite
Genes de virulência
Escherichia coli
Cattle - Mastitis
Virulence genes
Cattle - Diseases
Data da publicação: 14-Jun-2017
Referência: FARIA, J. P. de J. Fatores de virulência em amostras de Escherichia coli isoladas de mastite bovina. 2017. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A mastite bovina é considerada uma das mais importantes e onerosas doenças infecciosas da bovinocultura leiteira. Dentre as bactérias associadas à mastite, destaca-se Escherichia coli como um dos principais agentes causadores da infecção intramamária, em rebanhos leiteiros e associada a sinais clínicos severos. Este trabalho teve por objetivo classificar isolados de E. coli, em relação ao grupo genético (B1, B2, A e D) e avaliar a frequência dos genes de virulência fliC, F17, escN, lpfA e icm de importância para E.coli mamária, em 69 isolados de mastite bovina e 31 isolados de ambiente (fezes), coletados em diferentes rebanhos leiteiros, na região de Lavras – MG. De acordo com os nossos resultados, o grupo genético B1 prevaleceu com 56,52% dos isolados de mastite, seguido pelo grupo B2 com 39,13%. Foram definidos oito perfis de virulência de acordo com a frequência dos genes estudados. O perfil 5 foi o mais frequente, destacando-se os genes fliC e escN com prevalência de 73,91% e 55,07% dos isolados de mastite, enquanto o gene lpfA foi detectado em 17,39%. Os genes icm e F17 não foram detectados. As manifestações decorrentes das infecções intramamárias por E. coli são determinadas pela expressão de diferentes fatores de virulência, destacando-se os genes fliC, escN e lpfA como os mais relevantes neste estudo.
Abstract: Bovine mastitis is considered one of the most important and costly infectious diseases of dairy cattle. Among the bacteria associated with mastitis, Escherichia coli is one of the main agents that causes intramammary infection in dairy herds and is associated with severe clinical signs. The objective of this study was to classify isolates of E. coli in relation to the genetic group (B1, B2, A and D) and to evaluate the frequency of the virulence genes fliC, F17, escN, lpfA and icm of importance for E. coli mammary in 69 bovine mastitis isolates and 31 environmental isolates (faeces) collected in different dairy herds in the region of Lavras - MG. According our results, the B1 genetic group prevailed with 56.52% of the mastitis isolates followed by the B2 group with 39.13%. Eight virulence profiles were defined according to the frequency of the genes studied. Profile 5 was the most frequent, highlighting the fliC and escN genes with prevalence of 73.91% and 55.07% of the mastitis isolates while the lpfA gene was detected in 17.39%. The icm and F17 genes were not detected. The manifestations resulting from intramammary infections caused by E. coli are determined by the expression of different virulence factors, with the fliC, escN and lpfA genes being the most relevant in this study.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13234
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Fatores de virulência em amostras de Escherichia coli isoladas de mastite bovina.pdf708,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.