Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13258

Título: Análise da sensibilidade de duas cultivares de pimentão a diferentes condições de regime hídrico
Título Alternativo: Sensibility analysis of two bell pepper cultivars to different water regimes
Autor(es): Reis, João Batista Ribeiro da Silva
Orientador: Silva, Antônio Marciano da
Membro da banca: Soares, Ângela Maria
Membro da banca: Gomes, Luís Antônio Augusto
Assunto: Pimentão – Manejo
Estresse hídrico
Bell pepper – Management
Water stress
Data de Defesa: 18-Set-2002
Data de publicação: 2002
Referência: REIS, J. B. R. da S. Análise da sensibilidade de duas cultivares de pimentão a diferentes condições de regime hídrico. 2002. 92 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
Resumo: Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a sensibilidade de duas cultivares de pimentão, uma híbrida (Fortuna Super) e outra de polinização aberta (Ikeda) a diferentes regimes hídricos, verificando o efeito destes sobre a produtividade; monitorar o estado hídrico das plantas e analisar o aperfeiçoamento da condução da cultura no ambiente protegido. Este foi conduzido em casa de vegetação na Universidade Federal de Lavras, MG. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial com oito tratamentos, consistindo de duas cultivares e quatro turnos de rega (1, 2, 3 e 4 dias), sendo quatro repetições. O manejo da irrigação foi por meio da pesagem de vasos, onde era obtida a perda de água pelas plantas e pelo solo, ou seja, o quanto foi evapotranspirado. As características avaliadas foram as seguintes: altura da planta e diâmetro de caule, produtividade total, comercial e de refugos, classificação dos frutos, número de frutos totais, comerciais e refugados, diâmetro e comprimento dos frutos, espessura da polpa e matéria seca dos frutos, e matéria seca das raízes. Também foram analisados indicadores fisiológicos como potencial hídrico foliar, transpiração, resistência estomática, temperatura foliar e a área foliar das plantas. Verificou-se que o híbrido Fortuna Super apresentou melhor performance quando comparado à cultivar Ikeda, tendo como referência as características produtividade total e comercial, classificação dos frutos, número de frutos comerciais, diâmetro e comprimento dos frutos e matéria seca das raízes. O turno de rega de 2 dias propiciou melhor performance das características altura da planta e diâmetro de caule, produtividade total e comercial, e número de frutos comerciais; e a maior sensibilidade ao estresse hídrico, identificada principalmente pelas características número de frutos comerciais e matéria seca de raízes, ocorreu para o turno de rega de 3 dias. Considerando que, somente nas características diâmetro e comprimento dos frutos, houve efeito significativo entre os turnos de rega e as cultivares, verificou-se que, para o diâmetro, a cultivar Fortuna Super apresentou maior sensibilidade ao regime hídrico de 4 dias de turno de rega e a cultivar Ikeda apresentou maior sensibilidade ao regime hídrico de 3 dias de turno de rega; e para o comprimento dos frutos, nas duas cultivares, houve uma maior sensibilidade ao regime hídrico de 2 dias de turno de rega. A espessura da polpa e a matéria seca dos frutos não foram influenciadas pelos fatores turno de rega e cultivar. Independentemente das cultivares ou do turno de rega, os valores dos indicadores fisiológicos resistência estomática e temperatura foliar foram semelhantes. Menores turnos de rega, 1 e 2 dias, ou seja, melhores condições hídricas, foram responsáveis por maiores valores da transpiração das plantas, assim como para área e potencial hídrico foliar. Quanto à condução da cultura no ambiente protegido, sugere-se uma melhor ação preventiva para controlar pragas e doenças e um sistema eficaz de controle da temperatura ambiente, evitando-se uma elevada amplitude térmica.
Abstract: The present work was accomplished with the following objectives: (i) to evaluate the sensibility to different water regime of both, a hybrid (Fortuna Super) and of open pollination (Ikeda) bell pepper cultívar;(ii) to quantify water stress effects on yield; (iii) to monitor plant water status; and (iv) to analyze the improvements induced by greenhouse cultivation. The experiment was carried out inside a greenhouse at the Universidade Federal de Lavras, MG. The experimental design was completely randomized in a factorial outline with eight treatments consisting of two cultivars and four irrigation intervals (1, 2, 3 and 4 days), and four replications. Irrigation amount was computed based on pot weight difference. Evapotranspiration was computed as the amount of water lost by plants and soil. The following characteristics were evaluated: stem diameter and plant height; plant yield (total, commercial and rejects); fruit classification; number of fruits (total, commercial and rejects), diameter and length of the fruits, pulp thickness; fruit dry matter, and root dry matter. Physiologic parameters such as leaf water potential, perspiration, stomatic resistance, leaf temperature and plant leaf area were also analyzed. When considering total and commercial yield, fruit classification, number of commercial fruits, diameter and length of the fruits, and root dry matter, the hybrid Fortuna Super presented a better performance than the cultivar Ikeda. In terms of characteristics, plant height, stem diameter, total and commercial yield and number of commercial fruits, better performance was obtained under the two-day irrigation interval. As indicated by the number of commercial fruits and root dry matter, the three-day irrigation interval provided the greatest water stress sensibility. Considering that, only in the characteristic diameter and length of the fruits, there was significant effect among irrigation intervals and cultivar, it was verified that, for the diameter, cultivar Fortuna Super presented larger sensibility to the four-days irrigation interval and cultivar Ikeda presented larger sensibility to the mree-days irrigation interval; and for the length of the fruits, in two cultivars, there was a larger sensibility to the two-days irrigation interval. None of the studied factors (irrigation interval and cultivar) affected pulp thickness and fruit dry matter. Independently of the cultivars or irrigation interval, the values of the physiologic indicators stomatic resistance and leaf temperature were similar. Smaller irrigation intervals, one and two-days, that is to say, better water conditions, were responsible for larger values of the plants perspiration, as well as for área and leaf water potential. In relation to bell pepper greenhouse cultivation, it suggests a better preventive action to control insects and diseases and an effective system of temperature control inside the greenhouse in order to avoid high temperature amplitude.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13258
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Análise da sensibilidade de duas cultivares de pimentão a diferentes condições de regime hídrico.pdf6,51 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback