Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13266

Title: Duração do teste de desempenho para avaliação genética de tilápias Oreochromis sp.
Other Titles: Duration of the performance test for genetic evaluation of tilapia fish Oreochromis sp.
???metadata.dc.creator???: Marçal, Danielle Cristina Pereira
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/2134822544528273
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Reis Neto, Rafael Vilhena
???metadata.dc.contributor.advisor-co2???: Rosa, Priscila Vieira e
???metadata.dc.contributor.referee1???: Reis Neto, Rafael Vilhena
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gaya, Leila de Gênova
Keywords: Tilápia (Peixe) – Melhoramento genético – Métodos estatísticos
Teoria bayesiana de decisão estatística
Tilapia – Breeding – Statistical methods
Bayesian statistical decision theory
Oreochromis niloticus
???metadata.dc.date.submitted???: 24-Apr-2017
Issue Date: 27-Jun-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: MARÇAL, D. C. P. Duração do teste de desempenho para avaliação genética de tilápias Oreochromis sp. 2017. 48 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: A eficiência de um programa de melhoramento genético é medida pelo seu ganho genético. Contudo, a falta de metodologias definidas quanto ao período necessário para avaliação dos animais e escolha dos pais da próxima geração implica diretamente no aumento do intervalo de geração, fator determinante nos incrementos anuais. O objetivo do estudo foi definir o tempo ideal do teste de desempenho de tilápias para avaliação genética através da estimativa de parâmetros genéticos. O conjunto de dados utilizados nas análises continham informações de 495 animais provenientes de 24 famílias de meio irmão e irmãos completos, que passaram por um período de 6 meses de teste de crescimento, em um sistema de recirculação fechado no Setor de Piscicultura da Universidade Federal de Lavras. Durante o teste de crescimento foram realizadas pesagens mensais, aos 30, 60, 90, 120 e 150 dias. Foram realizadas análises bicaracter envolvendo os diferentes pesos ao longo do teste de crescimento com o peso final, dois a dois. Os efeitos ambientais identificáveis considerados nas análises foram caixa e sexo. A idade foi utilizada como covariável. Foram estimadas as herdabilidades, efeito de ambiente comum de alevinagem, correlações genéticas e fenotípicas, utilizando procedimentos bayesianos, por meio das cadeias de Gibbs, através do programa computacional MTGSAM. A convergência das cadeias foi testada pelo método de Heidelberger e Welch. O efeito de ambiente comum de alevinagem teve o maior valor registrado na primeira pesagem (0,41) e reduziu até a última pesagem (0,32). As estimativas de herdabilidade aumentaram com o crescimento dos peixes chegando ao maior valor (0,25) aos 120 dias permanecendo neste patamar até 150 dias. As correlações genéticas entre peso aos 150 dias com as demais pesagens foram relativamente altas, e alcançaram o maior valor (0,87) entre os pesos aos 120 e 150 dias. Selecionando 10% dos animais com maiores valores genéticos na última pesagem, o ganho genético simulado será de cerca de 58 gramas para próxima geração, o que corresponde a um aumento de quase 12% na média da progênie. Ao simular a resposta correlacionada pelo processo de seleção dos 10% dos animais com maiores valores genéticos das pesagens anteriores, observa-se que o ganho genético reduz à medida que se seleciona mais precocemente os animais. A seleção para peso em tilápias perde eficiência à medida que o processo é realizado mais precocemente e torna-se interessante a seleção aos 120 dias, o que reduziria nesse estudo, 30 dias no período de avaliação, economizando tempo, recursos e mantendo ainda uma boa perspectiva de ganho genético.
Abstract: The effectiveness of a genetic improvement program is measured by its genetic gain. However, the lack of defined methodologies regarding the time needed to evaluate the animals and the choice of the parents of the next generation directly implies an increase in the generation interval, a determining factor in the annual increments. The objective of the study was to define the ideal timing of the tilapia performance test for genetic evaluation through the estimation of genetic parameters. The data set used in the analyzes contained information from 495 animals from 24 half brother and full sibling families that went through a 6 month growth test in a closed recirculation system in the Fisheries Sector of the Federal University of Lavras. During the growth test, monthly weighings were performed at 30, 60, 90, 120 and 150 days. Bicaracter analyzes were carried out involving the different weights along the growth test with the final weight, two to two. The identifiable environmental effects considered in the analyzes were fiberglass containers and genre. Age was used as covariate. The heritabilities, common nesting environment effect, genetic and phenotypic correlations were estimated using Bayesian procedures, by the Gibbs chains, through the MTGSAM computer program. The convergence of the chains was tested by the method of Heidelberger and Welch. The effect of common raising environment had the highest value recorded at the first weighing (0.41) and reduced until the last weighing (0.32). Heritability estimates increased with fish growth reaching the highest value (0.25) at 120 days, remaining at this level for up to 150 days. The genetic correlations between weight at 150 days with the other weighings were relatively high, and reached the highest value (0.87) between the weights at 120 and 150 days. Selecting 10% of the animals with the highest genetic values at the last weighing, the simulated genetic gain will be about 58 grams for the next generation, which corresponds to an increase of almost 12% in the average of the progeny. By simulating the response correlated by the selection process of the 10% of the animals with higher genetic values of the previous weighings, it is observed that the genetic gain reduces as the animals are selected earlier. The selection for weight in tilapia loses efficiency as the process is performed earlier and the selection becomes interesting at 120 days, which would reduce in that study, 30 days in the evaluation period, saving time, resources and still maintaining a good perspective of genetic gain.
Description: Arquivo retido, a pedido da autora, até junho de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13266
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback