Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13272

Título: Influência do micro-habitat e da distribuição espacial de recursos na amostragem de besouros escarabeíneos
Título Alternativo: The influence of microhabitat and spacial distribution of resources on dung beetles sampling
Autor(es): Silva, Július César Cerqueira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0103233563685933
Orientador: Louzada, Júlio Neil Cassa
Membro da banca: Korasaki, Vanesca
Membro da banca: Vieira, Letícia Maria
Assunto: Organismos bioindicadores
Monitoramento ambiental
Relação espécie-ambiente
Rola-bostas
Bioindicators
Environmental monitoring
Species-environment relationship
Dung beetles
Data de Defesa: 28-Mar-2017
Data de publicação: 27-Jun-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SILVA, J. C. C. Influência do micro-habitat e da distribuição espacial de recursos na amostragem de besouros escarabeíneos. 2017. 58 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A preocupação crescente a respeito dos impactos das ações antrópicas na biodiversidade vem tornando necessárias pesquisas onde se utilizam o monitoramento da biodiversidade como estratégia para entender os efeitos das ações humanas nos diferentes tipos de habitats. Para entender os padrões e os processos oriundos da relação entre os seres vivos e o ambiente é comum o uso de organismos bioindicadores. Besouros da subfamília Scarabaeinae, popularmente conhecidos como rola-bostas, são considerados bons bioindicadores e são amplamente utilizados em pesquisas sobre impactos antrópicos. Muito embora rola-bostas tem se mostrado de grande aplicabilidade para os diversos tipos de monitoramento ambiental, os resultados destes trabalhos podem ser influenciados por fatores ambientais e interações biológicas, o que pode resultar em conclusões enviesadas. Deste modo, este trabalho tem como objetivo verificar a influência de variáveis do micro-habitat e a distribuição espacial de recursos alimentares pré-existentes na amostragem de besouros rola-bosta. O trabalho foi realizado na Estação Ecológica do Jari, em áreas de Floresta Primária Amazônica de terra firme. Foram estabelecidos cinquenta pontos amostrais, divididos em dez transectos distantes 500 metros entre si, cada um com cinco armadilhas com espaçamento de 250 metros. Em um primeiro momento, um depósito de 100 gramas de recurso fecal que consistia de uma mistura de fezes humanas e suínas, foi disposto a uma distância variável entre 0 à 100 metros de 40 das armadilhas, deixando 10 pontos sem recurso, como controle. Após 24 horas em cada um dos pontos amostrais foi instalada uma armadilha do tipo pitfall com isca atrativa da mesma mistura de fezes usada nos depósitos, que permaneceram ativas em campo por 48 horas. Variáveis de micro-habitat, para cada ponto, foram obtidas: medidas de abertura de dossel, peso de serapilheira, biomassa acima do solo, compactação do solo e elevação. Nós verificamos que a abertura do dossel apresentou uma relação negativa com a abundância e composição de besouros, sendo ela a variável do micro-habitat mais importante. A biomassa acima do solo e compactação do solo demonstraram um efeito significativo na equitabilidade, sendo os efeitos positivo e negativo, respectivamente. O peso da serapilheira foi positivamente significativo para a biomassa média de besouros coletados nas amostras. Mesmo em ambientes naturais sem um impacto antrópico significativo, os besouros rolabostas são afetados por fatores do micro-habitat, sendo sensíveis a pequenas variações ambientais, que afetam diretamente a estrutura da comunidade. A distribuição espacial dos recursos alimentares demonstrou um efeito significativo na maioria dos descritores da comunidade, possuindo grande influência na comunidade amostrada. Esta influência pode levar a vieses nos resultados obtidos, o que poderia causar um enviesamento das conclusões de alguns trabalhos nesta área.
Abstract: The increasing concern on the negative impacts resulting of anthropogenic actions on biodiversity has made necessary to improve the biodiversity monitoring research in different habitats. In order to understand ecosystem functioning, processes and the species/environment interactions, researchers often use biological indicators. The individuals of the subfamily Scarabeinae, popularly known as dung beetles, are widely used as ecological indicators in researches focused on biodiversity and conservation. However, the results of these studies may be influenced by the spatial structure in environmental factors and resource availability, biasing or misleading results. Thus, this work aimed to verify the influence of microhabitat heterogeneity and the spatial distribution of food resources on dung beetles sampling. I carried the study out at the Estação Ecologica do Jari, in areas of primary Amazon Rain Forest. We set up fifty sampling points with a minimum distance of 250 meters between them. Prior to sampling a dung pile was placed near each sampling point, at distances ranging from 1 to 100 meters, in order to simulate a spatial structure of "natural" dung piles. We also left 10 sampling points without external fecal deposit, which were considered control treatment. At each sampling point a pitfall trap with attractive bait was installed, left in the field for 48 hours. In each of the sampling points we obtained the following microhabitat variables: canopy openness, litter weight, above-ground vegetation biomass, soil compaction and elevation. We found that the canopy openness was the most important microhabitat variable, negatively affecting community structure of dung beetles. The above-ground biomass and soil compaction showed a significant effect on equitability, with positive and negative effects, respectively. The litter weight positively affected the average biomass of beetles collected in the samples. Even in natural environments without a significant anthropogenic impact, dung beetles are affected by microhabitat factors, being sensitive to small environmental variations that directly affect the community structure. The spatial distribution of food resources greatly influences the structure of the sampled community. This influence may lead to bias in the results obtained and possibly in the conclusions of studies using dung beetles as an indicator group of disturbances.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido do autor, até junho de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13272
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback