Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13321

Título: Improvements in the micropropagation of the olive tree (Olea europaea L.)
Título Alternativo: Avanços na micropropagação da oliveira (Olea europaea L.)
Autor(es): Silva, Daniel Fernandes da
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6562731599312560
Orientador: Pio, Rafael
Coorientador: Famiani, Franco
Coorientador: Micheli, Maurizio
Membro da banca: Pasqual, Moacir
Membro da banca: Soares, Joyce Dória Rodrigues
Membro da banca: Silva, Adriano Bortolotti da
Membro da banca: Norberto, Paulo Márcio
Assunto: Oliveira - Propagação
Fitormônios
Rizogênese
Oliveira - Meio de cultura
Olive tree - Propagation
Phytohormones
Rhizogenesis
Olive tree - Culture medium
Data de Defesa: 25-Mai-2017
Data de publicação: 11-Jul-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SILVA, D. F. da. Improvements in the micropropagation of the olive tree (Olea europaea L.). 2017. 93 p. Tese (Doutorado em Botânica Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A oliveira é uma espécie mediterrânea de grande importância e sua história se confunde com as de antigas civilizações. Conhecida pelo consumo de azeitonas e azeite, o cultivo de oliveiras ainda apresenta alguns entraves a serem resolvidos, dentre estes, os problemas propagativos, pois, entre as centenas de cultivares não se pode estabelecer um padrão para propagação em função do comportamento diferenciado entre as mesmas. Assim, a micropropagação, apresenta vantagens em relação a estaquia e a enxertia, e propõe-se como uma possibilidade interessante, embora ainda tenha custo elevado, devido a demanda de zeatina e também a baixa taxa de multiplicação causada pela forte dominância apical, problemas que atualmente permanecem como foco de pesquisa como desafios a serem superados. Conhecendo esta situação, o presente estudo, objetivou avaliar o efeito da inserção de óleo de neem na multiplicação in vitro de oliveira cultivar Moraiolo e, também, estudar a interação de fatores que influenciam no enraizamento melhorando o enraizamento in vitro de brotações regeneradas da mesma cultivar. Foram realizados dois estudos no qual, no primeiro, foram adicionadas quatro concentrações de óleo de neem (0; 0,1; 0,5 e 1 ml L -1 ) ao meio de cultura OM, sendo os explantes regenerados cultivados por três sucessivas subculturas, nas mesmas condições, para comprovar os resultados. No segundo estudo, três experimentos foram estabelecidos: o experimento 1 objetivou avaliar a interação entre a concentração de sais do meio de cultura, a concentração de AIB e a realização de indução com escuro nos explantes; o experimento dois, analisou a utilização de AIB, o escurecimento do meio de enraizamento e a indução dos explantes com escuro e; o experimento 3, buscou a redução no tempo e custo de mudas micropropagadas de oliveira por meio de um enraizamento in vitro em substrato semelhante ao utilizado na aclimatização de mudas micropropagadas de oliveira, juntamente com a indução dos explantes ao enraizamento. Concluiu-se que a adição de 0,1 ml L -1 de óleo de nem, permite obter explantes de oliveira com maior vigor e qualidade. Concluiu-se também, que a concentração ideal de AIB para enraizamento de explantes de oliveira cultivar Moraiolo é 2 mg L -1 e, a indução dos explantes com 72 horas de escuro, aliada a 2 mg L -1 de AIB, melhora a qualidade das raízes formadas. O meio OM com metade da concentração de sais aumenta a massa das raízes formadas e é suficiente para o enraizamento dos explantes de oliveira Moraiolo. O escurecimento do meio de cultura com 150 mg L -1 de Brillant Black ® aumenta o número de raízes formadas e, o substrato composto por turfa e areia na proporção 3:1 (v:v) não foi eficiente para o enraizamento direto in vitro.
Abstract: The olive tree is a Mediterranean species of great importance whose your history is confused with that of ancient civilizations. Known for the consumption of table olives and olive oil, the cultivation of olive trees still presents some obstacles to be resolved, among them propagation problems, since among the hundreds of olive cultivars it is not possible to establish a standard for propagation due to the differentiated behavior between them. Micropropagation presents advantages in relation to cutting and grafting, proposing itself as an interesting possibility, although it still has a high cost due to the demand of zeatin and also low multiplication rate caused by the strong apical dominance, problems that currently remain the focus of research as challenges to be overcome. Knowing this situation, the objective of this study was to evaluate the effect of neem oil insertion on in vitro multiplication of olive cultivar Moraiolo and also to study the interaction of factors which influencing rooting through the in vitro rooting of regenerated shoots of the same cultivar. Two studies were carried out: in the first study four concentrations of neem oil (0, 0.1, 0.5 and 1 ml L -1 ) were added to the OM culture medium, being the regenerated explants cultivated by three successive subcultures in the same conditions to prove the results. In the second study three experiments were established: the experiment 1 aimed to evaluate the interaction between the concentration of salts of the culture medium, the concentration of IBA and the performance of dark induction in the explants; the experiment two analyzed the use of AIB, the darkening of the rooting medium and the induction of explants with light absence; and experiment 3 sought to reduce the time and cost of micropropagated olive seedlings by in vitro substrate rooting similar to that used in the acclimatization of micropropagated olive seedlings, together with the induction of explants to rooting. We concluded that the addition of 0.1 ml L -1 of neem oil allows to obtain olive explants with greater vigor and quality. It is also concluded that the ideal concentration of AIB for rooting of olive explants cultivar Moraiolo is 2 mg L -1 and the induction of explants with 72 hours of dark allied to 2 mg L -1 of IBA improves the quality of the roots formed. The OM medium with half of the salt concentration increases the mass of the roots formed and is sufficient for the rooting of Moraiolo olive explants. Darkening of the culture medium with 150 mg L -1 of Brillant Black ® increases the number of roots formed and the substrate composed of turf and sand in the ratio 3:1 (v:v) was not efficient for direct in vitro rooting.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido do autor, até julho de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13321
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: eng
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback