Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13362
Título: Conservation and viability of dragon fruit (Hylocereus polyrhizus Weber) pollen grains
Título(s) alternativo(s): Conservação e viabilidade de grãos de pólen de pitaia (Hylocereus polyrhizus Weber)
Autor : Fagundes, Miriã Cristina Pereira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0584422339822172
Primeiro orientador: Ramos, José Darlan
Primeiro coorientador: Cruz, Maria do Céu Monteiro
Segundo coorientador: Oliveira, Adelson Francisco de
Primeiro membro da banca: Alvarenga, Ângelo Albérico
Segundo membro da banca: Villa, Fabíola
Terceiro membro da banca: Rufini, José Carlos Moraes
Quarto membro da banca: Pasqual, Moacir
Palavras-chave: Biotechnology
Dragon fruit - Genetic improvement
Dragon fruit - Pollen grains
Dragon fruit pollen - Storage
Biotecnologia
Pitaia - Melhoramento genético
Pitaia - Pólen
Data da publicação: 13-Jul-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: FAGUNDES, M. C. P. Conservation and viability of dragon fruit (Hylocereus polyrhizus Weber) pollen grains. 2017. 48 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A pitaia é uma frutífera exótica e promissora no Brasil, principalmente devido as suas características organolépticas. Os frutos, além do sabor agradável, são ricos em vitaminas, minerais, ácidos graxos essenciais, dentre outros benefícios. Apesar de sua expansão, são poucas as pesquisas com a cultura no Brasil. Além de estudos com relação ao manejo, são necessários estudos inerentes à biologia reprodutiva, principalmente acerca da viabilidade e conservação dos grãos de pólen, importante ferramenta nos programas de melhoramento. O objetivo dessa pesquisa foi estabelecer um meio de cultura adequado para a germinação in vitro e avaliar o poder germinativo dos grãos de pólen de pitaia de polpa vermelha, após armazenamento a baixas temperaturas. No primeiro experimento, para a determinação do meio, foram instalados quatro experimentos de forma sequencial: I) Ágar (6, 8 e 10 g L -1 ) e pH (5,6 e 7); II) Sacarose (0, 25, 50, 75, 100 e 125 g L -1 ); III) Nitrato de cálcio (0, 200, 400, 600, 800 e 1000 mg L -1 ); IV) Ácido bórico (0, 200, 400, 600, 800 e 1000 mg L -1 ), todos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram avaliados comprimento do tubo polínico e porcentagem de germinação dos grãos pólen. Conclui-se que o meio para a germinação de grãos de pólen de pitaia deve ser acrescido de 100 g L -1 de sacarose, 518 mg L -1 de nitrato de cálcio e 636 mg L -1 de ácido bórico, sendo o pH aferido para 5 e o meio solidificado com 6 g L -1 de ágar. A concentração de 500 mg L -1 de ácido bórico propicia maiores comprimentos do tubo polínico. No segundo experimento, os grãos de pólen foram mantidos nas seguintes condições de armazenamento: T1, refrigerador (4 °C); T2, freezer (-20 °C) e T3, ultra-freezer (-80 °C), durante um período de oito semanas. A avaliação da viabilidade deste pólen foi realizada aos (7, 15, 30, 45 e 60 dias) por meio do teste de germinação in vitro. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3 x 5 (3 temperaturas x 5 tempo) com quatro repetições. As condições de armazenamento sob refrigerador (4 °C) e freezer (-20 °C) são recomendadas para a conservação a curto prazo, já o ultra-freezer (-80 °C), promoveu uma melhor viabilidade polínica a longo prazo.
Abstract: The dragon fruit is an exotic and promising fruit in Brazil, mainly due to its organoleptic characteristics. The fruits beyond the pleasant taste are rich in vitamins, minerals, essential fatty acids, among other benefits and advantages. However, despite its expansion, t here are only a few researches about dragon fruit in Brazil. In addition to studies on management, it is necessary to study the reproductive biology, especially about the viability and conservation of pollen grains, an important tool in breeding programs. The objective of this research was to establish a suitable culture medium for in vitro germination and to evaluate the germinative power of red pulp dragon fruit pollen grains after storage at low temperatures. In the first experiment for the determination of the medium were installed four experiments sequentially: I) Agar (6, 8 and 10 g L-1) and pH (5, 6 and 7); II) Sucrose (0, 25, 50, 75, 100 and 125 g L -1 ); III) Calcium nitrate (0, 200, 400, 600, 800 and 1000 mg L -1 ); IV) Boric acid (0, 200, 400, 600, 800 and 1000 mg L -1 ), all in a completely randomized design with four replications. Pollen tube length and percentage of germination of pollen grains were evaluated. It is concluded that the medium for the germination of dragon fruit pollen grains should be increased by 100 g L -1 sucrose, 518 mg L -1 calcium nitrate and 636 mg L -1 boric acid, the pH being measured to 5 and the medium solidified with 6 g L -1 agar. The concentration of 500 mg L -1 of boric acid gives higher pollen tube lengths. In the second experiment the pollen grains were kept under the following storage conditions: T1, refrigerator (4 °C); T2, freezer (-20 °C) and T3, ultrafreezer (-80 °C), over a period of eight weeks. The evaluation of the viability of the pollen was performed (7, 15, 30, 45 and 60 days) by in vitro germination test. The experimental design was completely randomized, in a factorial arrangement 3 x 5 (3 temperatures x 5 time) with four replications. Storage conditions under refrigerator (4 °C) and freezer (-20 °C) are recommended for short-term storage and the ultra-freezer (-80 °C) has promoted better longterm pollen viability.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até janeiro de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13362
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: eng
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.