Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13405

Title: Análise do comércio mundial de celulose e papel
???metadata.dc.creator???: Cruz, Edmilson Santos
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/6996220579003459
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oliveira, Antônio Donizette de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Scolforo, José Roberto Soares
???metadata.dc.contributor.referee2???: Rezende, José Luiz Pereira de
Keywords: Celulose
Papel
Mercado internacional
Modelo de Armington
???metadata.dc.date.submitted???: 28-Feb-2001
Issue Date: 19-Jul-2017
Citation: CRUZ, E. S. Análise do comércio mundial de celulose e papel. 2001. 145 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2001.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo analisou o mercado internacional de celulose e papel, considerando os principais países exportadores e importadores, com o objetivo de estimar, para cada mercado, a elasticidade de substituição da celulose e do papel, as elasticidades-preço e as elasticidades-renda da demanda total de importação de celulose e de papel, e as elasticidades-preçodiretas e cruzadas de demanda de celulose e de papel, diferenciada por país de origem. O modelo utilizadopressupõe que os consumidores internacionais diferenciam a celulose e, ou papel por país de origem. No estudo do mercado de celulose, os principais países importadores foram agregados em regiões importadoras, ou seja, Europa, América do Norte, Ásia e Resto do Mundo. Para o mercado de celulose, os resultados mostraram que, em geral, os valores das elasticidades de substituição foram baixos nos mercados considerados, indicando baixa substitutibilidade entre as celuloses importadas dos Estados Unidos, Canadá, Finlândia, Suécia, Portugal, Brasil e Resto do Mundo. A demanda total de importação de celulose da Europa, América do Norte, Ásia e Resto do Mundo mostrou-se pouco sensível às variações no preço da celulose e na renda per capita, o que caracteriza uma demanda inelástica nos dois casos e enquadra a celulose na condição de produto essencial ou necessário. A demanda da Europa, da América do Norte e do Resto do Mundo pela celulose dos Estados Unidos, do Canadá, da Suécia, da Finlândia, de Portugal e do Brasil foi inelástica. Já a demanda da Ásia pela celulose dos mesmos países foi elástica. A Europa e o Resto do Mundo apresentaram elasticidades cruzadas negativas, isto é, as celuloses importadas de outros países são produtos complementares. A América do Norte e a Ásia apresentaram elasticidades cruzadas positivas, ou seja, vêem a celulose produzida nos outros países como produtos substitutos. O efeito líquido da variação no preço da celulose em um país h, sobre a quantidade de celulose que vai para a região i, depende da conjugação dos valores das elasticidades de substituição e da elasticidade-preço total da demanda. Já no mercado de papel, os resultados obtidos permitiram concluir que, em geral, os valores das elasticidades de substituição foram baixos nos mercados considerados, indicando uma baixa substitutibilidade entre os papéis adquiridos dos países exportadores. A demanda total de importação de papel da Alemanha, Reino Unido, França, Holanda, Bélgica, Dinamarca, Suíça, Espanha, Japão e Austrália mostrou-se pouco sensível às variações no preço e na renda per capita, o que caracteriza uma procura inelástica nosdois casos e enquadra o papel na condição de produto essencial ou necessário. Nos Estados Unidos e no Canadá, as elasticidades-preço da demanda foram de -0,774 e -0,959, respectivamente, e as elasticidades-renda da demanda foram de 1,901 e 2,687. Portanto, nestes países, a demanda total de importação de papel mostrou-se bem mais sensível às variações na renda do que às variações no preço do produto. Na Itália, as elasticidades-preço e renda da demanda foram de -1,052 e 1,030, respectivamente, sugerindo que o papel poderia ser considerado bem superior, pois as elasticidades são superiores à unidade. A demanda de importação do Reino Unido, do Canadá, dos Estados Unidos, do Japão e da Austrália pelo papel vindo dos diversos países exportadores foi elástica. Já a demanda da Alemanha, da França, da Holanda, da Bélgica, da Itália, da Dinamarca, da Suíça e da Espanha pelo papel dos mesmos países foi inelástica. A França e a Itália apresentaram elasticidades cruzadas negativas, isto é, os papéis importados de outros países são considerados produtos complementares. A Alemanha, o Reino Unido, a Holanda, a Bélgica, o Canadá, os Estados Unidos, a Dinamarca, a Suíça, a Espanha, o Japão e a Austrália apresentaram elasticidades cruzadas positivas, ou seja, vêem o papel produzido nos outros países como produtos substitutos. O efeito líquido da variação do preço do papel em um paísh, sobre a quantidade de papel que vai do país j para o país i, depende da conjugação dos valores das elasticidades de substituição e da elasticidade-preço total da demanda.
Abstract: This study aimed at analyzing the international cellulose and paper market, taking into account the main exporting and importing countries, with the objective of estimating, for each market, the elasticity of substitution for the cellulose and paper, the own-price and cross-price elasticity in relation to the demand of such products, differenciated for country of origin. The model supposes that the international consumers separates the cellulose and/or paper according to the country of origin. In the case of the study of the cellulose market, the main importers were grouped the folowing importing regions: Europe, North America, Ásia and Rest ofWorld. For the cellulose market, the resuhs showed that the elasticities of substitution values were low for the considered markets, indicating that the imported cellulose from the United States, Canada, Finland, Sweeden, Portugal, Brazil and Rest ofWorld, presented a low substitutability. The total cellulose import demand of Europe, North America, Ásia and the Rest of the World was not sensibilyzed neither by the cellulose price nor byÚieper capita income variations, characterizing a inelastic demand in both cases, thus classifuing cellulose as na essential or necessary product. The demand fromEurope, North America andthe Rest fo the Worldfor the cellulose from the United States, Canada, Sweeden, Finland, Portugal and Brazil was inelastic. The Asian demand for this same cellulose was elastic. Europe and the Rest of the World showed negative cross-price elasticity, in other words, the imported cellulose from other countries are complementar/ products. North America and Ásia showed positive crow-price elasticity, in other words, they consider the cellulose produced in othercountries as substitute products. The net effect ofthe variation on theprice ofcellulose inanh country, over theamount ofcellulose thatgoes tothe region i depends onthe matching of values related to the elasticity ofsubstitution and the price elasticity of the total demand. The elasticity ofsubstitutionvalues were low for the markets taken into consideration. This showed a low substitutability among the papers adquired from the exporting countries. The total paper import demand of countries such as Germany, the United Kingdon, France, Belgium, Denamark, Switzerland, Spain, Japan and Austrália presented low sensibility towards the variations on the price andper capita income. This characterizes an inelastic demand for both cases ranking paper into thecondition ofbeing anessential ornecessary product.In the United States and Canada, the demand's price elasticity were of-0.774 and -0.959, respectively, and the demand's income elasticity were of1.901 and 2.687. therefore, for these two countries, the paper's total import demand showed far better sensibility in relation to the products income variations than to their price variations. In Italy, the price and income elasticity fo demand were of -1.052 and 1.030, respectively, implyingthat paper can be considered a superior product, forthe elasticities are superiorin relationto the unity. lhe paper import demand ofthe United Kingdon, Canada, the United States, Japan and Austrália was elastic. This demand was inelastic for Germany, France, Netherlands, Belgium, Italy, Denamark, Switzerland and Spain. France and Italy presented negative cross-elasticity, i.e., the imported paper is considered complementary products. Germany, the United Kingdon, Netherlands, Belgium, Canada, the United States, Denamark, Switzerland, Spain, Japan and Austrália showed positive cross-elasticity, in other words, they consider the foreign paper as a substitute product. The net effect ofthe paper price variation in an h country, over the amount ofpaper that goes from country j to country i, depends on the matching matching ofvalues relatedto the elasticity ofsubstitution and the price elasticity ofthe total demand.
Description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13405
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Análise do comércio mundial de celulose e papel.pdf8.11 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback