Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13412

Title: Ambiência e consumo de energia em galpões Dark house para criação de frangos de corte: uso de diferentes tipologias e materiais de fechamento lateral
Other Titles: Environment and energy consumption in dark house galphes for the creation of cutting broiler: use of different types of side closure materials
???metadata.dc.creator???: Ferreira, Jacqueline Cardoso
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/6543714823198081
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Campos, Alessandro Torres
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Ferreira, Sílvia Costa
???metadata.dc.contributor.advisor-co2???: Yanagi Junior, Tadayuki
???metadata.dc.contributor.referee1???: Silva, Joaquim Paulo da
???metadata.dc.contributor.referee2???: Ferreira, Sílvia Costa
???metadata.dc.contributor.referee3???: Cecchin, Daiane
Keywords: Frangos - Criação
Qualidade do ar
Construções Rurais
Instalações para aves
Broiler - Breeding
Air quality
Rural brildings
Poultry facilities
???metadata.dc.date.submitted???: 7-Apr-2017
Issue Date: 19-Jul-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: FERREIRA, J. C. Ambiência e consumo de energia em galpões Dark house para criação de frangos de corte: uso de diferentes tipologias e materiais de fechamento lateral. 2017. 70 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Os objetivos do presente trabalho foram a avaliação do ambiente térmico, da qualidade do ar, avaliação do consumo de energia e da eficiência produtiva em dois galpões Dark House com vedação lateral feita por diferentes materiais. A coleta de dados foi realizada em nove pontos equidistantes, em dois galpões comerciais da Granja Agroavicultura Ferreira e Chagas, no município de Prados, MG. Os galpões possuem vedação lateral de materiais diferentes e foram identificados em GFC (galpão com vedação lateral de fibrocimento) e GIP (galpão com vedação de Iso Painel). As variáveis ambientais, temperatura, umidade e velocidade do ar foram subsídios para os cálculos de índices que predizem o conforto no ambiente de criação para frangos de corte: Índice de Temperatura e Umidade (ITU), Índice de Temperatura do Globo e Umidade (ITGU) e Entalpia (H). Foram feitas medições das concentrações instantâneas de amônia (NH 3) e dióxido de carbono (CO2) ao nível das aves na última semana de crescimento, fase onde níveis altos de concentração desses gases afetam diretamente a produtividade. O consumo de energia de todo o lote foi mesurado com auxílio de equipamento acoplado na entrada da caixa de distribuição de energia em cada galpão. Calculou-se a eficiência produtiva com bases nos dados de peso médio semanal e consumo de ração e a produtividade obtida através do kg de carne produzida. Observou-se que o galpão GFC manteve a variável temperatura acima da recomendada como ideal para a última semana. A umidade relativa do ar no galpão GIP se mostrou abaixo da recomendada para última semana. Embora tenham ocorrido variações entre a temperatura e umidade relativa, todos os índices calculados para os dois galpões se encontram dentro das faixas ideais de desenvolvimento recomendas pela literatura na última semana. Os níveis dos gases amônia e dióxido de carbono presentes dentro das instalações foram baixos, indicando adequada renovação do ar dentro dos galpões. Um baixo fator de potência foi observado no galpão GFC, indicando a presença de muitos motores com distribuição irregular de carga. O galpão GIP apresentou maior fator de potência, porém ainda abaixo do fator normatizado. O consumo de energia elétrica foi maior para o galpão GFC. Apesar de os dois galpões se mostrarem dentro das faixas de conforto ideais para a sexta semana, foi possível observar que a massa de carne produzida (kg m-2) foi maior para o galpão GIP.
Abstract: The objectives of this study were to evaluate the thermal environment, air quality, energy consumption and efficiency evaluation in two Dark House sheds with lateral sealing made by different materials. Data was collected at nine equidistant points in two commercial warehouses of Granja Agroavicultura Ferreira e Chagas, in the municipality of Prados, MG. The sheds have lateral sealing of different materials, and were identified in GFC (shed with fiber cement side seal) and GIP (siding with Iso Panel seal). The variables environment, temperature, humidity and air velocity were subsidies for calculations of indexes that predict comfort in the breeding environment for broiler chickens: Temperature and Humidity Index (ITU), Globe Temperature and Humidity Index (ITGU), and Enthalpy (H). Measurements of the instantaneous concentrations of ammonia (NH3) and carbon dioxide (CO2) at bird level were taken in the last week of growth, where high concentrations of these gases directly affected yield. The energy consumption of the whole batch was measured with the aid of equipment coupled to the entrance of the energy distribution box in each shed. Production efficiency was calculated based on the data of average weekly weight and feed consumption, and productivity was obtained through the kg of meat produced. It was observed that the GFC shed kept the temperature variable above that recommended as ideal for the last week. Relative air humidity in the GIP shed proved to be below that recommended for the last week. Although variations have occurred between temperature and relative humidity, all the indices calculated for the two sheds are within the ideal developmental ranges recommended by the literature for last week. The levels of ammonia and carbon dioxide present within the facilities were low, indicating adequate air renewal within the handling sheds with the bed used. A low power factor was observed in the GFC shed, indicating the presence of many motors with irregular load distribution. The GIP shed had a higher power factor, but still below the normalized factor. Electricity consumption was higher for the GFC. Despite the fact that the two sheds were within the comfort zones for the sixth week, it was possible to observe that the mass of meat produced (kg m -2 ) was higher for the GIP shed. This can be due to the batch being divided between males and females, and these were housed on the side where higher temperature and low humidity occur, indicating that there was no comfort uniformity in the GFC shed.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13412
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Ambiência e consumo de energia em galpões Dark house para criação de frangos de corte: uso de diferentes tipologias e materiais de fechamento lateral.pdf997.5 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback