Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1421

Título: Seleções em teste de origem e progênie de Toona ciliata M. Roemer var. australis para densidade da madeira em avaliações destrutivas e não destrutivas
Autor(es): Farias, Elias de Sá
Orientador: Rosado, Sebastião Carlos da Silva
Membro da banca: Hein, Paulo Ricardo Gherardi
Carvalho, Samuel Pereira de
Área de concentração: A Madeira como Matéria-Prima
Assunto: Cedro australiano - Melhoramento genético
Cedro australiano - Madeira - Densidade
Resistógrafo
Australian red Cedar
Resistograph
Breeding
Data de Defesa: 23-Mai-2013
Data de publicação: 21-Nov-2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)
Referência: FARIAS, E. de S. Seleções em teste de origem e progênie de Toona ciliata M. Roemer var. australis para densidade da madeira em avaliações destrutivas e não destrutivas. 2013. 93 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O cedro australiano (Toona ciliata M. Roemer var. australis) é uma espécie exótica com grande potencial de fornecimento de madeira, em período curto de tempo. Sua madeira é descrita como possuindo característica intermediária entre o mogno (Swietenia macrophylla) e o cedro brasileiro (Cedrella odorata). Devido à introdução recente dessa espécie no Brasil, há carência de informações sobre a sua madeira e necessidade de seleção de materiais genéticos superiores para fins tecnológicos. Objetivou-se, no presente estudo, avaliar os dados dendrométricos de árvores vivas de Cedro Australiano, aos cinco anos de idade; obter a densidade básica real e estimada da madeira de progênies, em programa de melhoramento genético da espécie e selecionar materiais genéticos superiores quanto às características florestais e tecnológicas. Assim, por meio do teste de procedência/progênie de Toona ciliata, implantado na cidade de Campo Belo, no estado de Minas Gerais-Brasil, avaliaram-se 78 progênies de polinização aberta, provenientes de 16 procedências distintas da Austrália. A primeira seleção, com base no diâmetro à altura do peito (DAP), altura e forma do fuste das árvores, destacou 155 indivíduos superiores. Esses indivíduos foram ensaiados por resistografia juntamente com outros 276, selecionados por DAP próximo aos da primeira seleção. Desse segundo grupo foram obtidas em laboratório as densidades básicas médias da madeira e ajuste de modelos lineares e não lineares, em função da amplitude obtida pela resistografia. Utilizaram-se modelos mistos pelo método REML/BLUP, para avaliação genética dos indivíduos do teste de procedência e progênie. As densidades básicas médias das madeiras de Toona Ciliata, aos cinco anos, variaram de 0,2055 a 0,3755 g/cm³, a média geral foi 0,2917g/cm³ e o desvio padrão obtido de 0,0283g/cm³, de acordo com Melo, Coradin e Mendes (1990), é classificada como madeira leve. Os modelos lineares e não lineares ajustados para estimativa da densidade básica da madeira, com base na amplitude obtida pela resistografia apresentaram baixa precisão, portanto não respondem bem aos valores de densidade básica, observada em laboratório. A metodologia REML/BLUP, aplicada na análise do experimento, mostrou-se adequada para avaliação de Toona ciliata. As predições dos valores genéticos aditivos para diâmetro à altura do peito (DAP) e densidade básica, observada em laboratório (DBobs) possibilitaram a indicação de indivíduos para cruzamentos controlados e obtenção de material genético de segunda geração. Foram observados elevados valores de herdabilidade para DAP ( =0,35±0,0624) e DB ( =0,71), sendo uma referência consistente para Toona ciliata.
Australian cedar (Toona ciliata M. Roemer var. Australis) is an exotic species with great potential for wood supply in a short period of time. Its wood is described as having characteristics intermediate between mahogany (Swietenia macrophylla) and Brazilian cedar (Cedrella odorata). Due to the recent introduction of this species in Brazil there is a lack of information on its wood and need for selection of genetically superior material for technological purposes. The present study aimed to evaluate the dendrometric data of Australian Cedar living trees at five years old; get the basic density of actual and estimated wood progenies in the breeding program of the species and select genetically superior material concerning the forest and technological characteristics. Thus, through the test of provenance/progeny of Toona ciliata implemented in Campo Belo city, state of Minas Gerais-Brazil, we evaluated 78 open-pollinated progenies from 16 different provenances from Australia. The first selection, based on diameter at breast height (DBH), height and stem form of trees, 155 individuals were superior. These individuals were tested by resistograph along with 276 others, selected by DAP next to the first selection. For this second group we obtained in the laboratory the basic average density of the wood and adjustment of linear and nonlinear function of the amplitude obtained by resistograph. We used mixed models by REML/BLUP for genetic evaluation of the subjects from provenance and progeny test. The basic average densities of Toona Ciliata woods at five years old ranged from 0.2055 to 0.3755 g/cm³, the overall average was 0.2917g/cm³ and the standard deviation obtained was 0.0283g/cm³. According Melo et al. (1990), it is classified as a softwood. The linear and nonlinear models adjusted for estimated wood density based on the amplitude obtained by resistograph showed low accuracy, so do not respond well to basic density values observed in the laboratory. The methodology REML / BLUP applied in the analysis of the experiment was adequate for evaluation of Toona ciliata. The predicted additive genetic values for diameter at breast height (DBH) and basic density observed in the laboratory (DBobs) enabled the appointment of individuals to controlled crossings and obtaining genetic material from the second generation. We observed high heritability values for DAP ( =0,35±0,0624) and DB ( =0,71), being a consistent reference to Toona ciliata.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da Madeira, área de concentração em A Madeira como Matéria-Prima, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1421
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Seleções em teste de origem e progênie de Toona ciliata M. roemer var. australis, para....pdf1,49 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback