Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1424

Título: Uso de ardósia na construção de celas de maternidade para suínos: II - Ambiente térmico e avaliação dos ruídos
Título Alternativo: Use of slate to built swine nursery cells: II - Thermal environment and noise evaluation
Autor(es): Castro, Jaqueline de O.
Ferreira, Rony A.
Campos, Alessandro T.
Yanagi Junior, Tadayuki
Tadeu, Hugo C.
Assunto: Ambiência
Ruído
Divisórias
Maternidade de suínos
Environment
Noisy
Partition walls
Farrowing house
Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Data de publicação: 2013
Referência: CASTRO, J. de O. et al. Uso de ardósia na construção de celas de maternidade para suínos: II - Ambiente térmico e avaliação dos ruídos. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.33, n.1, p.37-45, jan./fev. 2013.
Resumo: Este trabalho teve o objetivo de avaliar o ambiente térmico e o ruído em celas de maternidade para suínos com divisórias de alvenaria ou com rochas de ardósia. Para as medidas das variáveis de conforto térmico e de ruídos, utilizaram-se de termômetros e decibelímetro. No interior das celas e para a análise estatística, foram usados doze matrizes e cento e trinta e nove leitões, distribuídos em delineamento em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas. Os resultados mostraram que, no período da manhã, em ambos os tratamentos, as condições de conforto térmico foram mais adequadas para as matrizes, enquanto no período da tarde, mais adequadas para os leitões; com relação ao ruído, este foi menor nas celas de alvenaria. De forma geral, o ambiente no interior das celas construídas em ardósia apresentou umidade relativa mais baixa, e ITGU e temperatura mais elevada que as celas construídas em alvenaria. O nível de ruídos permaneceu dentro dos limites considerados ideais para suínos em ambos os tratamentos.
Abstract: The aim of the present study was to evaluate the thermal environment and noise levels in swine farrowing cells built with masonry or slate. Thermometers and sound level meter equipment were used to measure the thermal comfort variables. Inside the cells and for the statistical analysis, twelve sows and one hundred thirty-nine piglets were used, distributed in a randomized blocks design in a split-plot arrangement. The results showed that in the morning, in both treatments, the thermal comfort conditions were more suitable for sows, while in the afternoon it was more suitable for piglets. The noise was lower in the masonry cells. Overall, the environment inside in the cells built with slate presented lower relative humidity and, higher BGHI and temperature than those built with masonry. The noise level remained within the thresholds considered as ideal for swine in both treatments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1424
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEG - Artigos publicados em periódicos
DZO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Uso de ardósia na construção de celas.pdf325,56 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback