Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1450

Título: Fragmentação e isolamento: estudo de caso em Ocotea odorifera Vell. Rohwer
Autor(es): Ribeiro, Rute Maria
Orientador: Carvalho, Dulcinéia de
Membro da banca: Magalhães, Allan de Freitas
Borém, Rosângela Alves Tristão
Cabral, Vivette Appolinário Rodrigues
Área de concentração: Ecologia e Conservação de Recursos Naturais em Ecossistemas Fragmentados e Agrossistemas
Assunto: Canela-sassafrás
Correlação de Mantel
Análise circular
Mantel correlation
Circular analysis
Data de Defesa: 24-Mai-2013
Data de publicação: 28-Nov-2013
Referência: RIBEIRO, R. M. Fragmentação e isolamento: estudo de caso em Ocotea odorifera Vell. Rohwer. 2013. 95 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: A fragmentação florestal é a transformação de uma grande extensão de hábitat em manchas menores com consequências para a conservação de diversas espécies arbóreas. Nesta situação se encontra a espécie Ocotea odorifera Vell. Rohwer, de importância ecológica e econômica e que está sob ameaça de extinção. O acompanhamento fenológico de indivíduos componentes das áreas remanescentes à fragmentação é um dos meios pelo qual alterações do meio biótico e abiótico podem ser avaliadas. Objetivou-se no presente estudo analisar e comparar, além do padrão fenológico, a estrutura populacional bem como os padrões biométricos de frutos de duas populações naturais da espécie, uma população formada por indivíduos isolados pelo processo de fragmentação (condição isolada) e outra formada por indivíduos em um contínuo de mata estacional semidecidual (condição contínua). Para as análises biométricas, tomaram-se valores de comprimento, largura e peso fresco de frutos maduros e, para a análise da estrutura populacional, os valores de DAP. As avaliações fenológicas foram realizadas entre fevereiro de 2010 e março de 2012, utilizando-se os índices de atividade e intensidade de Fournier e por meio de análises estatísticas circulares. Para verificar a correlação entre a distância geográfica e a sincronia populacional de eventos fenológicos, foi realizado o teste de Mantel. Dados climatológicos foram, ainda, correlacionados aos dados fenológicos. Não houve diferença estatística entre as condições, isolada e contínua, em relação ao padrão biométrico de frutos maduros. Em condição isolada ocorreu baixo estabelecimento de indivíduos de regeneração natural. A população da condição contínua, entretanto, apresentou a curva do J invertido. Maiores intensidades de eventos reprodutivos ocorreram em geral na condição isolada. Mesmo com a alta produção de frutos imaturos na condição isolada, episódios de predação têm acometido os frutos desta condição, antes mesmo da maturação, não se diferenciando o evento fruto maduro estatisticamente da condição contínua. Em contraste aos eventos de floração, para o evento fruto imaturo quanto maior a distância entre os indivíduos com este evento maior foi a ocorrência de sincronia entre eles, indicando que a espécie possui um mecanismo de aborto e/ou de auto-incompatibilidade entre indivíduos próximos. O. odorifera apresentou um padrão de floração e frutificação subanual intercalados entre períodos de floração e frutificação principal, de padrão supra anual. O estímulo para o desencadeamento de eventos reprodutivos está relacionado à variável temperatura mínima. A condição contínua amorteceu a incidência das variáveis ambientais sobre os indivíduos desta condição.
Forest fragmentation consists of the transformation of a great habitat extension into smaller patches, with consequences to the conservation of several arboreal species. The Ocotea odorifera Vell Rohwer species, of ecological and economic importance and, also, under threat of extinction, is in this situation. The phenologic accompaniment of component individuals from the remaining fragmentation areas is one of the means by which alterations of the biotic and abiotic mediums can be evaluated. The objective of the present study was to analyze and compare, in addition to the phenologic pattern, the population structure, as well as the biometrics patterns of fruits of two natural populations of the species, one population formed of individuals isolated by the fragmentation process (isolated condition) and another formed of individuals in a continuous of seasonal semidecidual forest (continuous condition). For the biometrics analyses we collected length, width and fresh weight values of ripe fruits and, in order to analyze the population structure, the DAP values. The phenologic evaluations were performed between February of 2010 and March of 2012 being used the Fournier activity and intensity indexes and circular statistical analyses. To verify the correlation between the geographical distance and the population synchrony of phenologic events, we performed the Mantel test. Climatological data were still correlated to the phenologic data. There was not statistical difference between the conditions, isolated and continuous, in relation to the biometric pattern of ripe fruits. In isolated condition, a low establishment of the individuals` natural regeneration occurred. The population of the continuous condition, however, presented an inverted J curve. Larger intensities of reproductive events occurred, in general, in the isolated condition. Even with the high production of immature fruits in the isolated condition, predation episodes have befallen the fruits in this condition even before maturation, not statistically differing from the ripe fruit event in the continuous condition. In contrast to the flowering events, for the immature fruit event, the larger the distance between individuals with this event, the higher the synchrony between them, indicating that the species possesses an abortion and/or of self-incompatibility mechanism between close individuals. O. odorifera presented a sub annual flowering and fruiting pattern inserted between main flowering and fruiting periods, of supra annual pattern. The stimulus for unchaining the reproductive events is related to the minimum temperature variable. The continuous condition softened the incidence of the environmental variables on the individuals in this condition.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada, área de concentração em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1450
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Fragmentação e isolamento estudo de caso em Ocotea odorifera Vell. Rohwer.pdf27,06 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback