Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1470

Título: Micropropagação de sempre-vivas Syngonanthus elegans e Syngonanthus eleganthulus
Autor(es): Pêgo, Rogério Gomes
Orientador: Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Membro da banca: Nery, Fernanda Carlota
Alves, João Maurício Cavalcante
Área de concentração: Micropropagação de Plantas Ornamentais
Assunto: Cultivo in vitro
Propagação in vitro
Multiplicação
Aclimatação
Floricultura
Multiplication
Acclimatization
Floriculture
In vitro cultivation
Data de Defesa: 28-Jul-2009
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: PÊGO, R. G. Micropropagação de sempre-vivas Syngonanthus elegans e Syngonanthus eleganthulus. 2009. 50 p. Dissertação (Mestrado em Micropropagação de Plantas Ornamentais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: As espécies S. elegans e S. eleganthulus são importantes plantas comercializadas como flor de corte no estado de Minas Gerais, conhecidas popularmente como sempre-vivas. Por isso, objetivou-se estabelecer metodologias para a propagação in vitro dessas espécies. Avaliou-se a germinação de sementes, testando-se meios constituídos 0%, 25%, 50%, 75% e 100% da concentração de sais do meio WPM. Para o estabelecimento de plântulas estudou-se o meio MS com 50% e 100% e o meio de cultura WPM com 50% e 100% da concentração de sais. O nível de sacarose mais adequado para o desenvolvimento de plântulas foi avaliado em meio WPM, o qual foi acrescido de 0, 5, 10, 15, 20, 25, 30 g L-1 de sacarose. Para a multiplicação in vitro de sempre-vivas foram inoculadas plântulas em meio WPM acrescidos de 0,0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mg L-1 de TDZ e 0,0; 0,5; 1,0 mg L-1 de ANA em todas as combinações possíveis. Foi avaliado o efeito da pré-aclimatização de plântulas obtidas da germinação das sementes in vitro, utilizando os substratos areia, plantmax e vermiculita. Os resultados indicam que a germinação não é afetada pelas concentrações de sais do meio, mas a velocidade de germinação diminui com o aumento da concentração de nutrientes. O meio WPM em sua composição original proporcionou melhor estabelecimento in vitro dessas espécies, assim como a adição de 17 g L-1 de sacarose que promoveu o melhor desenvolvimento das plântulas in vitro. A maior indução de calos ocorre na ausência de TDZ e adição de 0,5 e 1,0 mg L-1 de ANA em ambas as espécies. As espécies respondem diferentemente à adição de TDZ e ANA quanto à formação de brotos. Não há diferença entre os substratos ou a realização de pré-aclimatização em S. elegans, no entanto, para S. eleganthulus maior sobrevivência de plantas ocorreu em aclimatização direta utilizando areia.
The species S. elegans and S. eleganthulus, which are important plants commercialized as cut flowers in Minas Gerais state, are popularly known as star flowers. For this reason, this research aimed at establishing methodologies for in vitro propagation of these species. It was evaluated the seed germination, by testing culture media made up 0%, 25%, 50%, 75% and 100% of salt concentration in the WPM culture medium. For the plantlet establishments it was studied the MS culture medium with 50% and 100% and the WPM culture medium with 50% and 100% of salt concentration. The most suitable sucrose level for plantlets growing was evaluated in WPM culture medium, adding 0, 5, 10, 15, 20, 25, 30 g L-1 of sucrose. For star flower in vitro multiplication, plantlets were inoculated in WPM culture medium to which was added with 0.0; 0.5; 1.0; 2.0 and 4.0 mg L-1 of TDZ and 0.0; 0.5; 1.0 mg L-1 of ANA in all possible combinations. The pre-acclimatization effect of plantlet obtained from in vitro seed germination was evaluated by using the sand substrate sand, plantmax and vermiculite. The results show that germination is not affected by the concentrations of culture medium salts, but the germination rate decreases as the nutrients concentration increases. The WPM culture medium in its original composition provided a better in vitro establishment of these species, as well as the addition of 17 g L-1 of sucrose which promoted the best growing of in vitro plantlets. The highest induction of callous occurs in the absence of TDZ and addition of 0.5 and 1.0 mg L-1 of ANA in both species. The species respond differently to the addition of TDZ and ANA regarding sprout formation. There is no difference between the substrates and the pre-acclimatization in S. elegans, but, for S. eleganthulus a higher survival of plants occurred in direct acclimatization with the use of sand.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal, área de concentração em Micropropagação de Plantas Ornamentais, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1470
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Micropropagação de sempre-vivas Syngonanthus elegans e Syngonanthus eleganthulus.pdf2,25 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback