Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1482

Título: Carbon and biomass stocks in a fragment of cerradão in Minas Gerais state, Brazil
Título Alternativo: Estoque de carbono e biomassa em um fragmento de cerradão em Minas Gerais, Brasil
Autor(es): Morais, Vinícius Augusto
Scolforo, José Roberto soares
Silva, Carlos Alberto Silva
Mello, José Márcio de
Gomide, Lucas Rezende
Oliveira, Antonio Donizette
Assunto: Estoque de carbono
Biomassa
Inventario Florestal
Manejo Florestal
Mudanças climáticas
Savannah
Cerrados
Data de publicação: 6-Dez-2013
Referência: MORAIS, V. A. et al. Carbon and biomass stocks in a fragment of cerradão in Minas Gerais state, Brazil. Cerne, Lavras, v. 19, n. 2, p. 237-245, abr./jun. 2013.
Resumo: Este trabalho foi desenvolvido para quantificar o estoque de carbono (C) e biomassa presente na parte aérea lenhosa, serrapilheira, raízes e solos, num fragmento de cerradão com 158,5 ha, em Minas Gerais. As quantificações foram realizadas por meio de medidas dendrométricas tomadas durante o inventário florestal e de coleta de amostras de serrapilheira, raízes e solo. No solo, foram perfuradas trincheiras de 100 cm de comprimento, 50 cm de largura e 100 cm de profundidade, onde foram coletadas as raízes, nas profundidades de 0 a 30, 30 a 50 e 50 a 100 cm, amostras de solo, nas camadas de 0 a 10, 10 a 20, 20 a 40, 40 a 60, e 60 a 100 cm, bem como toda serrapilheira da superfície da trincheira. As análises dos teores de C, nas matrizes mencionadas, foram realizadas no Laboratório de Estudo da Matéria Orgânica, DCS/UFLA, utilizandose um analisador Elementar modelo Vario TOC Cube. Os maiores teores e estoques de C e a menor densidade são notados nas camadas superficiais de solo. No cerradão, a parte aérea arbórea é a matriz que mais contribui para a produção de biomassa, seguida pelas raízes e serrapilheira. O estoque de carbono no fragmento de cerradão foi de 139,7 Mg ha-1 ; o solo é matriz que mais contribui para esse C armazenado (64,8%), seguido pela parte arbórea lenhosa (26,3%), raízes (5,2%) e serrapilheira (3,7%).
Abstract: This study aimed at quantifying carbon (C) and biomass stocks in shoot portion, leaf litter, roots and soil within a fragment of dense savanna ‘cerradão’, 158.5 ha in area, located in Minas Gerais state. Measures were quantified using dendrometric parameters obtained during the forest inventory and collection of leaf litter, root and soil samples. Furrows were dug in the soil each 100 cm long, 50 cm wide and 100 cm deep in order to collect root samples at depths of 0-30 cm, 30-50 cm and 50-100 cm, and soil samples from the layers 0-10 cm, 10-20 cm, 20-40 cm, 40-60 cm and 60-100 cm, as well as any leaf litter from the surrounding surface. Analyses were performed in the Organic Matter Study Laboratory (DCS/UFLA) to determine C contents in the above matrices, using an Elementar analyzer model Vario TOC Cube. Higher C contents and stocks and lower density were noted in topmost soil layers. In cerradão, shoot portion was found to be the matrix contributing the most to biomass production, followed by roots and leaf litter. Carbon stock in the fragment was 139.7 Mg ha-1. Soil was the matrix contributing the most to stocked C (64.8%), followed by the shoot portion (26.3%), roots (5.2%) and leaf litter (3.7%).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1482
Idioma: en
Aparece nas coleções: DCF - Artigos publicados em periódicos
DCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Carbon and biomass stocks in a fragment of...pdf927,91 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback