Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1495

Título: Fosfitos no manejo do míldio da videira: eficácia e modo de ação
Título Alternativo: Phosphites in the management of downy mildew of grapevine: effectiveness and mode of action
Autor(es): Pereira, Vanessa Foresti
Orientador: Resende, Mário Lúcio Vilela de
Membro da banca: Abreu, Mário Sobral de
Regina, Murillo Albuquerque
Área de concentração: Fisiologia do Parasitismo
Assunto: Plasmopara viticola
Fosfito
Resistência induzida
PR-proteina
Feno solúvel
Lignina
Plasmopara viticola
Fenol solúvel
Induced resistance
PR-protein
Soluble phenol
Lignin
Phosphite
Data de Defesa: 29-Jul-2009
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: PEREIRA, V. F. Fosfitos no manejo do míldio da videira: eficácia e modo de ação. 2009. 69 p. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: The present study was aimed at evaluating alternative products, based on plant extracts, phosphorilated mannan-oligosaccharides, phosphites and acibenzolar-S-methyl (ASM) for the protection of grapevine against downy mildew, as well as the influence of these treatments on the quality of grape cultivar Merlot. Potassium phosphites and acibenzolar-S-methyl toxic effects on Plasmopara viticola an on the activation of defense enzymes peroxidase, polyphenoloxidase, chitinases, β-1,3-glucanase and on the contents of total soluble phenolics and lignin were assessed. In field trials, phosphites provided protection against downy mildew similarly to fungicides. Treatments based on phosphorylated mannan oligosaccharides, acibenzolar-S-methyl and plant extracts showed no effective control of downy mildew. Treatments did not influence the analytical quality of the berries. In glasshouse and lab trials, phosphites provided the lowest incidence of disease on leaves and had direct toxicity, inhibiting the germination of sporangia. Major activities of peroxidase, polyphenoloxidase and chitinases were detected after phosphite applications, which, in general, did not increase lignin content. ASM was not effective for the control of downy mildew on leaves and for the inhibition of germination of sporangia; however, increased the activity of peroxidase and promoted the accumulation of lignin.
O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar produtos alternativos, a base de extratos vegetais, manano-oligossacarídeos fosforilados, fosfitos e ASM na proteção da videira contra o míldio, bem como a influência destes na qualidade de uvas da cultivar Merlot, além de avaliar fosfitos de potássio e acibenzolar-S-metil, no efeito tóxico direto à Plasmopara viticola, e na ativação das enzimas de defesa peroxidase, polifenoloxidase, quitinase, β-1,3-glucanase e nos teores de fenóis solúveis totais e de lignina. Os fosfitos testados, no campo, em folhas e cachos proporcionaram proteção do míldio da videira semelhante ao tratamento com fungicidas, não afetando a qualidade analítica das bagas. Os tratamentos baseados em manano- oligossacarídeos fosforilados, acibenzolar-S-metil e extratos vegetais não foram eficazes no controle do míldio e também não influenciaram na qualidade analítica das bagas. Os fosfitos, em casa de vegetação, proporcionaram menor incidência da doença nas folhas de videira, além de apresentarem toxidez direta, inibindo a germinação de esporângios, e proporcionaram maiores atividades de peroxidase, polifenoloxidase e quitinase, e, em geral, não proporcionaram maior teor de lignina. O ASM não foi eficiente para o controle do míldio nas folhas e para inibição da germinação de esporângios, mostrando que não apresenta efeito direto sobre o patógeno, porém, foi eficiente para induzir respostas de defesa nas plantas de videira, uma vez que após a pulverização, proporcionou aumento da atividade de peroxidase e no teor de acúmulo de lignina.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, área de concentração em Fisiologia do Parasitismo, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1495
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Fosfitos no manejo do míldio da videira - eficácia e modo de ação.pdf697,94 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback