Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15067

Title: Política pública de regionalização do turismo em Minas Gerais: o caso do Circuito Vale Verde e Quedas D’água
Other Titles: Public policy regionalization of tourism in Minas Gerais: the case of the Vale Verde Circuit and Water Falls
???metadata.dc.creator???: Silva, Geiziana das Dores Nunes da
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/0718193270054285
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Silva, Wânia Rezende
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Silva, Sabrina Soares da
???metadata.dc.contributor.referee1???: Viegas, Luciana Pinheiro
???metadata.dc.contributor.referee2???: Oliveira, Maria de Lourdes Souza
Keywords: Regionalização do turismo
Circuitos turísticos mineiros
Associativismo
Regionalization of tourism
Mineiros tourist circuits
Associativism
???metadata.dc.date.submitted???: 23-May-2017
Issue Date: 28-Jul-2017
Citation: SILVA, G. das D. N. da. Política pública de regionalização do turismo em Minas Gerais: o caso do Circuito Vale Verde e Quedas D’água. 2017. 84 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo teve como preocupação central a política pública de regionalização do turismo em Minas Gerais, tendo como referência o caso da Associação turística do Circuito Vale Verde e Quedas D’Água. Objetivou-se descrever e analisar os contextos da fundação e organização da Associação, analisar sua trajetória e funcionamento no contexto da política pública estadual regionalização do turismo, entre os anos de 2001 e 2016, discutir as interações da Associação com o poder público, outras instituições e sociedade, bem como os desafios enfrentados e resultados alcançados neste período. Para isso, foi feito uma análise qualitativa com abordagem exploratória em forma de estudo de caso e descritiva. As técnicas utilizadas foram análise documental e entrevistas. A Associação Turística do Circuito Vale Verde e Queda D’água foi criada no dia 19 de julho de 2001 no município de Lavras. Após a fundação houve um período de inatividade sem registros documentais, posteriormente em 2005 houve o retorno e registro das atividades. Observou-se que os maiores ganhos e atividades que tiveram maior intensidade estão ligados aos períodos em que houve uma gestão estadual com orientação de atividades mais técnica, com maior investimento financeiro para o setor. A pesquisa identificou que o fato de o Estado criar uma política pública e não dar amparo técnico, não garante a exequibilidade ou sucesso da mesma. Por fim, quanto à necessidade da política de turismo ser descentralizada e regionalizada entendeu-se que no contexto dos circuitos, no caso pesquisado, com todas as dificuldades práticas, ainda assim houve contribuições pontuais ao longo dos 15 anos de existência da associação.
Abstract: This study had as a central concern the public policy of tourism regionalization in Minas Gerais, taking as reference the case of the Tourist Association of the Vale Verde and Quedas D'Água circuit. The objective of this study was to describe and analyze the contexts of the foundation and organization of the Association, to analyze its trajectory and operation in the context of the state’s public policy regionalization of tourism, in the Association between 2001 and 2016, to discuss the interactions of the Association with the public power, other institutions and society, as well as the challenges faced and results achieved in this period. For this, a qualitative analysis with exploratory approach was done in the form of descriptive and case study. The techniques used were documental analysis and interviews. The Tourist Association of the Vale Verde and Quedas D'Água circuit was created on July 19, 2001 in the municipality of Lavras. After the foundation there was a period of inactivity without documentary records, later in 2005 there was the return and records of the activities. It was observed that the highest gains and activities that had the greatest intensity are related to the periods in which there was a state management with orientation of more technical activities, with greater financial investment for the sector. The research identified that the fact that the State creates a public policy and doesn’t give technical support, doesn’t guarantee the feasibility or success of it. Finally, as to the need for tourism policy to be decentralized and regionalized, it was understood that in the context of the circuits, in the case studied, with all practical difficulties, there were nevertheless occasional contributions over the 15 years of the association's existence.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15067
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Política pública de regionalização do turismo em Minas Gerais - o caso do Circuito Vale Verde e Quedas D’água.pdf914.59 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback