Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15070

Title: Farinha de barata de Madagascar (Gromphadorhina portentosa) em dietas para calopsitas (Nymphicus hollandicus) mantidas em cativeiro
Other Titles: Meal cockroach of Madagascar (Gromphadorhina portentosa) in diets for cockatiels (Nymphicus hollandicus) maintained in captivity
???metadata.dc.creator???: Carvalho, Thatijanne Santos Gonzaga de
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/1522983584242834
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Zangeronimo, Márcio Gilberto
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Saad, Carlos Eduardo do Prado
???metadata.dc.contributor.advisor-co2???: Alvarenga, Renata Ribeiro
???metadata.dc.contributor.referee1???: Zangeronimo, Márcio Gilberto
???metadata.dc.contributor.referee2???: Saad, Carlos Eduardo do Prado
???metadata.dc.contributor.referee3???: Alvarenga, Renata Ribeiro
???metadata.dc.contributor.referee4???: Sousa, Raimundo Vicente de
???metadata.dc.contributor.referee5???: Faria, Peter Bitencourt
Keywords: Calopsitas - Nutrição
Farinha de barata de Madagascar
Calopsitas - Reprodução
Calopsitas - Nutrition
Madagascar cockroach meal
Calopsitas - Reproduction
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Jul-2017
Issue Date: 3-Aug-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: CARVALHO, T. S. G. de. Farinha de barata de Madagascar (Gromphadorhina portentosa) em dietas para calopsitas (Nymphicus hollandicus) mantidas em cativeiro. 2017. 66 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo desse trabalho foi avaliar o uso de farinha de barata de madagascar (Gromphadorhina portentosa) na alimentação de calopsitas (Nymphicus hollandicus) em cativeiro e sua influência nas características reprodutivas e no crescimento e desenvolvimento de filhotes. Dois experimentos foram realizados. No primeiro experimento doze casais foram utilizados durante um período experimental de 130 dias, dividido em quatro fases: postura, incubação, criação dos filhotes até 30 dias de idade e retorno à nova postura. Os casais foram divididos em dois grupos, sendo um controle, que recebeu uma ração comercial para psitacídeos + uma mistura de sementes, e o grupo teste que recebeu a mesma dieta do grupo controle, porém adicionada da farinha de barata de madagascar na proporção de 14g de ração comercial para 1g de farinha de barata. Após a eclosão, os filhotes permaneceram com os pais até os 30 dias de vida, quando foram transferidos para uma outra sala e acompanhados até o 90° dia de vida. No segundo experimento foram utilizados 28 filhotes de calopsitas durante o período experimental de 90 dias, dividido em duas fases: criação dos filhotes até 30 dias e criação dos filhotes de 31 a 90 dias. Os filhotes receberam a mesma dieta da gaiola dos pais durante todo o período experimental. O desenvolvimento corporal das aves foi avaliado a cada três dias do primeiro até o 30º dia de idade e a cada 15 dias do 31º ao 90º dia de idade. A inclusão de farinha de barata não influenciou (P>0,05) o consumo de ração comercial e de sementes durante as fases reprodutivas avaliadas dos casais, com exceção do consumo de ração na fase de retorno à reprodução, porém, aumentou (P<0,05) o teor de colesterol na gema, a largura dos ovos, índice de forma, o número de filhotes viáveis com 1 dia de vida e reduziu o número de dias para o retorno à postura. Não houve influência (P>0,05) na porcentagem de eclosão, nos teores da maioria dos ácidos graxos presentes na gema e na taxa de sobrevivência dos filhotes aos 30 e 90 dias de idade. A farinha de barata não influenciou (P>0,05) a taxa de sobrevivência, o peso, o comprimento total e os comprimentos do bico, da asa e da cauda dos animais, porém, aumentou o consumo de sementes do 31º ao 90º dia de idade. Conclui-se que a inclusão de farinha de barata de madagascar (Gromphadorhina portentosa) na dieta melhora as características reprodutivas de calopsitas (Nymphicus hollandicus), sendo que na dieta dos filhotes não causou prejuízos no crescimento e desenvolvimento dessa espécie em cativeiro e pode ser utilizada como fonte alternativa de proteína para essa espécie em substituição à ração comercial em 6,6%.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the use of madagascar cockroach meal (Gromphadorhina portentosa) in the feeding of calopsitas (Nymphicus hollandicus) in captivity and its influence on the reproductive characteristics and the growth and development of pups. Two experiments were performed. In the first experiment twelve couples were used during an experimental period of 130 days, divided in four phases: posture, incubation, rearing of the pups until 30 days of age and return to the new posture. The couples were divided into two groups, one control, which received a commercial feed for psittacids + a mixture of seeds, and the test group that received the same diet as the control group, but added the madagascar cockroach meal in the ratio of 14g of feed for 1g of cockroach meal. After hatching, the pups remained with the parents until the 30 days of life, when they were transferred to another room and accompanied until the 90th day of life. In the second experiment, 28 pups were used during the experimental period of 90 days, divided in two phases: rearing pups up to 30 days and rearing pups from 31 to 90 days. The pups received the same diet from their parents' cage throughout the experimental period. The body development of the birds was evaluated every three days from the first to the 30th day of age and every 15 days from the 31st to the 90th day of age. The inclusion of cockroach meal did not influence the consumption of commercial and seed rations during the evaluated reproductive phases of the couples (P> 0.05), with the exception of feed consumption in the return to reproductive phase, however, the cholesterol content in the yolk increased (P <0.05), the width of eggs, shape index and the number of viable pups with 1 day of life. There was no influence (P> 0.05) on the percentage of hatching, on the contents of most of the fatty acids present in the yolk and on the survival rate of the pups at 30 and 90 days of age. The cockroach meal did not influence (P> 0.05) the survival rate, weight, total length and length of the beak, wing and tail of the animals, however, increased the consumption of seeds from the 31st to the 90th day of age. It is concluded that the inclusion of madagascar cockroach meal (Gromphadorhina portentosa) in the diet improves the reproductive characteristics of Nymphicus hollandicus, and in the diet of the pups did not cause damage to the growth and development of this species in captivity and can be used as an alternative source of protein for this species to replace commercial feed by up 6.6%.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15070
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Farinha de barata de Madagascar (Gromphadorhina portentosa) em dietas para calopsitas (Nymphicus hollandicus) mantidas em cativeiro.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback