Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Artigos publicados em periódicos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15074

Title: Estratégia em negócios internacionais: evidência em uma trading company que atua entre economias emergentes
Other Titles: International business strategy: evidence from a trading company that operates in emerging economies
???metadata.dc.creator???: Thomé, Karim Marini
Medeiros, Janann Joslin
Calegário, Cristina Lélis Leal
Keywords: Negócios internacionais
Trading company
Economias emergentes
Comércio internacional
International business
Emerging economies
Publisher: Escola de Administração da UFRGS
Issue Date: Jan-2013
Citation: THOMÉ, K. M.; MEDEIROS, J. J.; CALEGÁRIO, C. L. L. Estratégia em negócios internacionais: evidência em uma trading company que atua entre economias emergentes. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, v. 19, n. 1, p. 219-246, jan./abr. 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: No presente estudo retomam-se os questionamentos de Peng (2004; 2003) a respeito do que direciona a estratégia da firma e do que determina o sucesso ou o fracasso em negócios internacionais. Mais especificamente, investiga-se o que direcionou a estratégia de uma trading company e o que determinou o seu sucesso em negócios internacionais. O referencial teórico é dividido em duas partes. A primeira diz respeito ao negócio da trading company, pautada na atuação triangular de relacionamento entre trading company, clientes e fornecedores. Na segunda parte versa-se sobre as distintas abordagens ou bases da estratégia em negócios internacionais: competição industrial, recursos e capacidades da firma e condições e transições institucionais. O estudo é de natureza descritiva e qualitativa. Na coleta dos dados primários foram utilizados roteiro de entrevistas em profundidade, observação direta não participativa e análise documental, ao longo dos meses de julho de 2010 a janeiro de 2011. O caso selecionado para estudo é uma trading company que apresenta elevado volume transacionado entre economias emergentes. Os resultados evidenciaram que não há direcionador único na estratégia da trading company estudada. O que se observou foi uma variedade de estratégias baseadas ora em competitividade industrial, ora em recursos e capacidades da firma, ora em condições institucionais. Cada direcionador correspondeu, assim, a um determinado momento na trajetória da trading company estudada. Da mesma maneira, não foi observada uma ordem cronológica linear entre os direcionadores, tampouco a obsolescência dos direcionadores. Ao contrario, as evidências apontam que os direcionadores são cumulativos e cíclicos, e necessitam ser revisados e, até mesmo, repensados, em função de atributos organizacionais e de contexto ambiental que se modificam. O determinante de sucesso da trading company estudada em negócios internacionais entre economias emergentes foi identificado como a capacidade da firma em gerenciar as interfaces entre os recursos e capacidades da firma, as demandas de competitividade industrial e as condições e transições institucionais. Esta capacidade possibilitou à firma estudada se sobressair à dificuldade e a explorar oportunidades de negócios em diferentes partes do globo.
Abstract: This case study revisits the questions raised by Peng (2004; 2003) with respect to what drives firm strategy and the determinants of success or failure in international business. Specifically, the study investigates what drives the strategy of a trading company and determines its success in international business. The theoretical framework focuses on trading companies and the triangular relationships between these companies, their clients and their suppliers and on three approaches or bases of strategy in international business, those of industrial competitiveness, firm resources and capabilities, and institutional contexts and transitions. The study, descriptive and qualitative in nature, collected data by means of in-depth interviews, document analysis and non-participant observation during the period from July, 2010 to January, 2011. The firm selected for study is a trading company conducting a large percentage of its total transactions between emerging economies. Results demonstrate that there is no single driver of this trading company strategy. Rather, there was evidence of the use of a variety of strategies, driven at times by the demands of industrial competitiveness, at times by firm resources and capabilities, and at times by institutional conditions. Each driver corresponded to a specific moment in the trajectory of the trading company studied. In addition, there was no evidence neither of a linear chronological order for these drivers, nor of driver obsolescence. On the contrary, the evidence of the study suggests that drivers are cumulative and cyclical, requiring review and even re-thinking when organizational and environmental characteristics undergo change. The determinant of success for the trading company studied was identified as the firm capability to manage the interfaces among firm resources and capabilities, the demands of industrial competitiveness, and institutional conditions and transitions. It is the capability to manage these interfaces that has permitted the firm to overcome the adversities and exploit the business opportunities in emerging economies around the world.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15074
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ARTIGO_Estratégia em negócios internacionais - evidência em uma trading company que atua entre economias emergentes.pdf171.29 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License
Creative Commons

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback