Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15076
Título : Análise da estrutura, conduta e desempenho da indústria processadora de soja no Brasil no período de 2003 a 2010
Autor: Sediyama, Aline Fumie
Castro Júnior, Luiz Gonzaga de
Calegario, Cristina Lelis Leal
Siqueira, Paulo Henrique de Lima
Palavras-chave: Soja - Indústria
Soja - Processamento
Processadoras de soja - Desempenho
Soybean - Industry
Soybean - Processing
Soybean Processors - Performance
Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Data da publicação: Jan-2013
Referência: SEDIYAMA, A. F. et al. Análise da estrutura, conduta e desempenho da indústria processadora de soja no Brasil no período de 2003 a 2010. Revista de Economia e Sociologia Rural, Piracicaba, v. 51, n. 1, p. 161-182, jan./mar. 2013.
Resumo : Baseando-se no arcabouço teórico da Economia Industrial, o presente estudo teve como objetivo analisar a estrutura da indústria processadora de soja, bem como a conduta das empresas e o desempenho do setor no Brasil. Considerando-se o mercado relevante da indústria processadora de soja, foram analisados os índices de concentração das processadoras de acordo com o valor em vendas e as estratégias determinantes da localização das unidades processadoras de soja das principais empresas (Bunge, Cargill, ADM e Louis Dreyfus), verificando as transformações que ocorreram de 1990 a 2010. Para analisar o desempenho do setor no País, foram realizadas análises estatísticas, como matriz de correlação e o método da regressão múltipla por Mínimos Quadrados Ponderados. De maneira geral, no Brasil, ainda há uma tendência de aumento na quantidade de unidades processadoras de soja. Porém, em 2010, o número de unidades paradas foi maior, indicando que não são todas as processadoras que estão utilizando plenamente os recursos. Verificou-se que a concentração das processadoras de soja, de certa forma, não tem limitado o desempenho do setor, mas os custos não estão sendo plenamente repassados pelos produtores de soja aos preços.
Abstract: Based on the Industrial Economics theory, this study aimed to analyze the soybean processing industry structure, corporate conduct and performance in Brazil. Considering the relevant market of soybean processing industry, it was analyzed the concentration index of soybean processors with sales and strategies determinants of the plants location of major companies that process soybean (Bunge, Cargill, ADM and Louis Dreyfus), analyzing changes from 1990 to 2010. To analyze the sector performance in Brazil, matrix correlation and multiple regression method of weighted least squares statistical analyses were used. Overall, in Brazil, there is still an increase trend in the number of soybeans processing plants. However, in 2010, the number of non-operating plants was higher, showing that not all processors are fully using resources. It was found that the concentration of soybean processors is not limiting the performance of the sector, but the costs have not been fully transferred by soybean producers to prices.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15076
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Artigos publicados em periódicos



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons