Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15204
metadata.artigo.dc.title: “Senhora está no céu!” Estudo sobre o uso do pronome de tratamento em lojas de vestuário feminino
metadata.artigo.dc.title.alternative: "Lady is in heaven!" Study on the treatment pronoun use in clothing stores' female
metadata.artigo.dc.creator: Antonialli, Fabio
Vieira, Kelly Carvalho
Antonialli, Luiz Marcelo
Rezende, Daniel Carvalho
metadata.artigo.dc.subject: Atendimento no varejo
Vestuário feminino
Pronomes de tratamento
Retail service
Women's clothing
Treatment pronouns
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Nove de Julho
metadata.artigo.dc.date.issued: Apr-2015
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ANTONIALLI, F. et al. “Senhora está no céu!” Estudo sobre o uso do pronome de tratamento em lojas de vestuário feminino. Revista Brasileira de Marketing, São Paulo, v. 14, n. 2, p. 193-207, abr./jun. 2015.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O atendimento pessoal é essencial para a satisfação dos clientes, visto que os consumidores estão buscando por um atendimento cada vez menos formal. O setor de vestuários está ligado às modificações nas relações sociais, é rico em conteúdo simbólico, permitindo a observação dos aspectos expressivos da cultura material, assim como o uso dos pronomes de tratamento principalmente 'você' e 'senhora'. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi identificar a opinião das consumidoras em relação ao pronome de tratamento usado pelos funcionários em lojas de vestuário feminino. Os dados foram tabulados e processados por meio do software SPSS. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva (distribuição de frequência e tabulações cruzadas), testes não-paramétricos (teste qui-quadrado) e técnicas multivariadas, como a análise de cluster e análise discriminante. Observou-se que, principalmente para o grupo de mulheres com idade entre 30 e 40 anos o uso do pronome 'senhora' pode acarretar insatisfação e até desistência de compra. Ademais, o trabalho contribui no sentido de direcionar os gestores e equipes de treinamento.
metadata.artigo.dc.description.abstract: An important factor for customer satisfaction is the quality of service. In the context of small businesses, such as small clothing shops, this importance is not always taken into account. The clothing sector is connected to the changes in social relations, is rich in symbolic content, allowing the observation of expressive aspects of material culture, as well as the use of treatment pronouns mainly 'you' and 'madam'. In this sense, the aim of this study was to identify the consumers opinion in relation to the treatment pronoun used by employees in female clothing stores. Data were computed and processed using SPSS software. Techniques of descriptive statistics (frequency distribution and cross tabulations), nonparametric tests (chi-square) and multivariate techniques such as cluster analysis and discriminant analysis were used. It was observed that, especially for the group of women aged between 30 and 40 years the use of the pronoun 'madam' can lead to dissatisfaction and even purchase abandonment. Also, clothing can be seen as means of status and age, conveying meanings and allowing visual identification of the class and age of the wearer. Moreover, the paper contributes in order to instruct managers and training teams.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15204
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons