Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1535
Título: Amostragem de cupins subterrâneos em plantios de eucalipto e persistência de resíduos de fipronil em substrato de mudas e na calda inseticida
Autor : Santos, Alexandre dos
Primeiro orientador: Bonetti Filho, Ronald Zanetti
Primeiro membro da banca: Moraes, Jair Campos de
Zanuncio, José Cola
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Palavras-chave: Cupins subterrâneos
Monitoramento de cupins
Fipronil
Pragas florestais
Data da publicação: 2013
Referência: SANTOS, A. dos. Amostragem de cupins subterrâneos em plantios de eucalipto e persistência de resíduos de fipronil em substrato de mudas e na calda inseticida. 2008. 34 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivos desenvolver um plano de amostragem para cupins subterrâneos em plantios de eucalipto na região de cerrado; conhecer as espécies de cupins subterrâneos coletados com iscas de papelão; e verificar sua distribuição espacial nesses plantios; assim como quantificar a concentração de fipronil no substrato e raízes de mudas tratadas e submetidas à irrigação por, até, 56 dias antes do plantio e quantificar a concentração de fipronil em calda sem agitação contínua durante 120 minutos. O desenvolvimento do plano de amostragem foi realizado nos municípios de João Pinheiro e Paraopeba, Minas Gerais; e a análise de resíduos de fipronil no Departamento de Entomologia da Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais. A área de cada talhão foi parcialmente, dividida em parcelas de 50x50m, com aparelho GPS (Global Position System). Uma isca de papelão corrugado foi enterrada no centro de cada parcela e os cupins presentes foram contados após 30 dias. Além disso, foram contados os orifícios de saída de cupins subterrâneos do gênero Syntermes spp. na mesma parcela. A determinação quantitativa do fipronil na muda e na calda foi determinada com sistema de cromatografia líquida de alta eficiência, com detector de ultravioleta. Foram encontradas nas iscas seis espécies de cupins no município de João Pinheiro e uma em Paraopeba. A distribuição espacial de cupins subterrâneos no eucaliptal foi agregada, ajustando-se ao modelo binomial negativo. O número médio de parcelas para a amostragem de cupins subterrâneos com iscas de papelão variou de quatro a 62; e para a amostragem de Syntermes variou de um a dois. Não houve redução significativa da concentração de fipronil nas mudas com irrigação por 56 dias e a ausência de agitação na calda de imersão reduz a concentração do produto.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Entomologia, área de concentração em Entomologia Agrícola, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1535
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.