Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1538
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSantos, Alisson Moura-
dc.date.accessioned2013-12-27T13:17:31Z-
dc.date.available2013-12-27T13:17:31Z-
dc.date.copyright2011-
dc.date.issued2013-
dc.date.submitted2011-
dc.identifier.citationSANTOS, A. M. Melhoramento genético do cedro australiano (Toona ciliata M. Roemer var. australis). 2011. 64 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1538-
dc.descriptionTese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, área de concentração em Ciências Florestais, para obtenção do título de Doutor.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRASpt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectMelhoramento florestalpt_BR
dc.subjectParâmetros genéticospt_BR
dc.subjectREML/BLUPpt_BR
dc.subjectProcedência/Progêniept_BR
dc.subjectTeste clonalpt_BR
dc.subjectTree improvementpt_BR
dc.subjectGenetics parameterspt_BR
dc.subjectProvenance/progenypt_BR
dc.subjectForestry clonalpt_BR
dc.titleMelhoramento genético do cedro australiano (Toona ciliata M. Roemer var. australis)pt_BR
dc.title.alternativeGenetic improvement of australian red cedar (Toona ciliata M. Roemer var. australis)pt_BR
dc.typetesept_BR
dc.contributor.advisor-coCarvalho, Dulcinéia de-
dc.publisher.programDCF - Programa de Pós-graduaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countryBRASILpt_BR
dc.description.concentrationCiências Florestaispt_BR
dc.contributor.advisor1Rosado, Sebastião Carlos da Silva-
dc.contributor.referee1Carvalho, Samuel Pereira de-
dc.contributor.referee1Gonçalves, Flávia Maria Avelar-
dc.contributor.referee1Calegario, Natalino-
dc.contributor.referee1Lima, José Luis-
dc.description.resumoCom o objetivo de estudar a variabilidade genética, estimar os parâmetros genéticos e avaliar o desempenho inicial dos indivíduos no teste clonal e teste de procedência/progênie instalou-se dois experimentos em Campo Belo, MG. Por meio do teste de procedência/progênie de Toona ciliata avaliou-se 78 progênies de polinização aberta, provenientes de 16 procedências distintas da Austrália. O experimento foi instalado em janeiro de 2008 no delineamento de blocos ao acaso, com 3 repetições e 16 plantas por parcela em espaçamento de 3,0 x 2,0 m. Foram obtidos os dados de diâmetro e altura aos 6, 16 e 31 meses de idade. O teste clonal, implantado em fevereiro de 2010, foi composto por 40 clones no delineamento látice com 30 repetições e uma planta por parcela, em espaçamento de 3,0 x 2,0 m. Obtiveram-se os dados de diâmetro e altura aos 2 e 9 meses de idade. Estimaram-se os parâmetros genéticos e realizou a predição dos valores genotípicos, tanto no teste de procedência/progênie quanto no teste clonal. Observou-se grande variabilidade genética entre e dentro de procedências, constituindo numa importante fonte de genótipos promissores para o melhoramento. Pelos caracteres avaliados, nos dois experimentos, constataram-se herdabilidades de alta magnitude nas diferentes idades. Verificou-se ainda alta correlação genética entre as características avaliadas e entre as idades em ambos os experimentos, sugerindo a eficiência na seleção indireta. Observou-se alta coincidência entre as procedências selecionadas no teste clonal e teste de procedência/progênie.pt_BR
dc.description.resumoThe aim of this study was to essay the genetic variability, estimate the parameters genetic and evaluate the silvicultural performance of Toona ciliata in the provenance/progeny test and clonal forestry in Campo Belo, south of Minas Gerais. Seventy eight open-pollinated progenies from sixteen locations in Australia, were assessed in a provenance/progeny test established in January 2008. The experimental design was a randomized block with 3 replicates and 16 plants per plot, in a 3.0 x 2.0 m spacing. Data diameters and height were taken at the ages of 6, 16 and 31 months. Clonal forestry was established in February 2010 with 40 clones in the lattice design with 30 replications and single tree plot in a 3.0 x 2.0 m spacing. The measured traits were data diameter and height at 2 and 9 months of age. Were estimated parameters genetics and performed the prediction of breeding values for both experiments. Significant differences among and within provenances were detected for data diameter, constituting an important source of promising genotypes for improvement. In both experiments showed high heritability at different ages. There was high genetic correlation age-age and between traits in both experiments, suggesting the efficiency indirect selection. There was a high coincidence between the provenances selected in a clonal forestry and test provenance/progeny.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ_NÃO_INFORMADOpt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.