Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15409
Título: Análise de risco aplicada a rotação e a reforma de povoamentos de eucalipto
Título(s) alternativo(s): Risk analysis applied to the rotation and reform of eucalyptus peoples
Autor : Antunes, Andressa Francini Fonseca
Primeiro orientador: Oliveira, Antônio Donizette de
Primeiro membro da banca: Silva, Simão Corrêa da
Segundo membro da banca: Andrade, Ivonise Silva
Palavras-chave: Eucalipto – Rotação de cultivos
Produtividade florestal – Medição – Métodos estatísticos
Povoamento florestal
Simulação de Monte Carlo
Eucalyptus – Crop rotation
Forest productivity – Measurement – Métodos estatísticos
Tree crops
Monte Carlo simulation
Data da publicação: 19-Set-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES)
Referência: ANTUNES, A. F. F. Análise de risco aplicada a rotação e a reforma de povoamentos de eucalipto. 2017. 98 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A definição do momento adequado para cortar e reformar povoamentos de eucalipto é importante quando o manejador florestal tem como meta maximizar o lucro desta atividade. Este trabalho teve como objetivo determinar a rotação econômica e o momento ótimo de substituir povoamentos de eucalipto, em três sítios diferentes, em condições de risco. Na análise econômica foram considerados vários fatores ou variáveis de risco que afetam a rotação econômica e a reforma, e também, diversas possibilidades para a venda de madeira para a produção de carvão. O indicador financeiro ou variável de saída utilizado foi o Valor Presente Líquido, calculado para um horizonte de planejamento infinito. As principais conclusões do estudo foram: a rotação econômica foi de 6, 7 e 8 anos nos sítios I, II e III, respectivamente; agregar mais valor ao preço da madeira não afetou a rotação econômica, mas influenciou a viabilidade econômica e o risco da atividade florestal; antecipar ou postergar a rotação econômica implicou em reduzir a lucratividade e aumentar o risco de inviabilizar economicamente a atividade florestal; as variáveis preço da madeira e taxa de juros causaram os maiores impactos direto e inverso na lucratividade da atividade florestal, respectivamente; a reforma dos povoamentos dos sítios II e III deve ser feita após três cortes; no sítio I a reforma deve ser feita após três cortes, se a madeira for vendida em pé, e após dois cortes, se ela for vendida no local em que foi colhida ou no pátio da planta de carbonização; em sítios mais produtivos a agregação de valor à madeira tendeu a reduzir o número de cortes a ser feito nos povoamentos de eucalipto antes da reforma; o preço da madeira causou o maior efeito direto na lucratividade da atividade florestal, enquanto que a taxa de juros causou o maior efeito inverso.
Abstract: The definition of the proper time to harvest and reform Eucalyptus stands is important when the forest manager aims maximum profit in the activity. This document goal is to determine the economic rotation and the optimal time to replace Eucalyptus stands at three different sites, under risk conditions. In the economic analysis were considered several factors or risk variables that affect the economic rotation and reform, also, several possibilities of wood sales for charcoal production. The financial indicator or output variable assessed was Net Present Value, calculated in an infinite planning horizon. The main conclusions of the study were: the economic rotation was six, seven and eight years for sites I, II and III, respectively; adding value to wood did not affect the economic rotation but did influence the economic viability and activity risk; anticipating or postponing the economic rotation reduced profits and increased the risk of turning the activity economically infeasible; The variables wood price and interest rate caused the greatest direct and inverse impacts on the profitability of the forest activity, respectively. The stand reform must be done after three harvests in sites II and III; The reform must be done after three harvests in site I only if the wood is sold by stumpage, and after two harvests if sold in the stand or carbonization plant; in more productive sites the value added to wood tended to reduce the number of cuts to be made in Eucalyptus stands before reform; the price of wood had the greatest direct effect on the profitability of forestry activity, while the interest rate caused the greatest inverse effect.
URI: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15409
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Análise de risco aplicada a rotação e a reforma de povoamentos de eucalipto.pdf1,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.