Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1558

Título: Fitoextração de Cd e Zn e atividade de enzimas antioxidantes em ecótipos de Gomphrena elegans
Autor(es): Carvalho, Mina Tomaz Villafort
Orientador: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
Membro da banca: Chalfun Junior, Antônio
Soares, Cláudio Roberto Fônseca Sousa
Abreu, Cleide Aparecida de
Área de concentração: Recursos Ambientais e Uso da Terra
Assunto: Elementos traços
Amarantaceae
Fitorremediação
Mineração
Planta hiperacumuladora
Phytoremediation
Trace elements
Data de Defesa: 6-Ago-2010
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: CARVALHO, M. T. V. Fitoextração de Cd e Zn e atividade de enzimas antioxidantes em ecótipos de Gomphrena elegans. 2010. 95 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Ambientais e Uso da Terra) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: As atividades humanas, como a extração e o beneficiamento de metais, têm contribuído para a poluição do ambiente com metais pesados que, atualmente, é um dos mais sérios problemas ambientais. A fitorremediação, uma técnica emergente de baixo custo que usa a habilidade de plantas em concentrar ou tolerar metais pesados, pode ser utilizada para remediar áreas contaminadas. Nestas áreas impactadas negativamente pela atividade de mineração podem ser encontradas espécies apropriadas para a fitorremediação. Este trabalho foi realizado com os objetivos de: i) avaliar o potencial fitoextrator para cádmio e zinco da espécie Gomphrena elegans em concentrações crescentes destes elementos em solução nutritiva e ii) investigar a atividade de enzimas antioxidantes para neutralização do efeito dos elementos cádmio e zinco na espécie Gomphrena elegans em concentrações crescentes destes elementos em solução nutritiva. O estudo foi conduzido em casa de vegetação, na Universidade de Lavras, em Lavras, MG, Brasil. As plantas foram cultivadas em vasos com solução de Clark com concentrações crescentes e combinadas de Cd e Zn. Após o período de exposição, raízes e parte aérea foram coletadas e obtidas a matéria seca e a concentração de Cd e Zn da planta. Os resultados mostraram que essa espécie tolera e acumula altas concentrações desses elementos na sua parte aérea. Através da obtenção do extrato protéico foliar, foram avaliadas as enzimas antioxidantes, superóxido dismutase, catalase e glutationa redutase. As enzimas superóxido dismutase e glutationanredutase apresentaram relação direta com o incremento de metais na solução, sendo utilizadas por essa espécie como mecanismo de proteção aos efeitos negativos dos metais. Entretanto, a enzima catalase não é utilizada na via principal de neutralização da ação desses elementos na espécie Gomphrena elegans. Os resultados evidenciaram que Gomphrena elegans é uma planta hiperacumuladora de Cd e Zn, apresentando potencial para ser utilizada em programas de fitorremediação de áreas contaminadas com esses elementos.
Human activities such as extraction and smelter of metals, have contributed to environmental pollution with heavy metals which is currently one of the most serious environmental problems. Phytoremediation, an emerging and low-cost technology that uses plants in the ability to concentrate or tolerate heavy metals, can be used to remediate contaminated areas. In these areas impacted by mining activity, you can find species suitable for phytoremediation. Our objectives were i) evaluate cadmium and zinc phytoextraction in potential specie Gomphrena elegans increasing concentrations of these elements in nutrient solution, ii) to investigate the activity of antioxidant enzymes to neutralize the effect of the elements cadmium and zinc in specie Gomphrena elegans increasing concentrations of these elements in nutrient solution. The study was conducted in a greenhouse at the University of Lavras, Brazil. Plants were grown in pots with a solution of Clark with combined and increasing concentrations of Cd and Zn. After the exposure period, the roots and shoots were collected and obtained the dry matter and the concentration of Cd and Zn from the plant. Through the protein leaf extract antioxidant enzymes were evaluated. The results showed that the specie tolerated and accumulate high concentrations of these elements in their shoots. The enzymes superoxide dismutase and glutathione reductase showed a direct relation to the increase of metals in the solution being used by this specie as a protective mechanism for the negative effects of metals. However the enzyme catalase is not used on the main road to neutralize the action of these elements in specie Gomphrena elegans. The results showed that plant Gomphrena elegans is a hyperaccumulator of Cd and Zn, with potential to be used in phytoremediation programs in areas contaminated with these elements.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Recursos Ambientais e Uso da Terra, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1558
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Fitoextração de Cd e Zn e atividade de enzimas antioxidantes em ecótipos de Gomphrena elegans.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback