Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15599
metadata.teses.dc.title: Interação de Colletotrichum lindemuthianum com o feijoeiro e a detecção do patógeno em sementes por PCR
metadata.teses.dc.title.alternative: Interaction of Colletotrichum lindemuthianum with common bean and pathogen detection in seeds by PCR
metadata.teses.dc.creator: Gadaga, Stélio Jorge Castro
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9835839934972265
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Machado, José da Cruz
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Figueira, Antônia dos Reis
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Siqueira, Carolina da Silva
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Pozza, Edson Ampélio
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Pereira, José Maurício
metadata.teses.dc.subject: Feijão – Doenças e pragas
Feijão – Sementes – Qualidade
Antracnose – Transmissão
Beans – Disseases and pests
Beans – Seeds – Quality
Anthracnose – Transmission
Colletotrichum lindemuthianum
metadata.teses.dc.date.issued: 27-Oct-2017
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: GADAGA, S. J. C. Interação de Colletotrichum lindemuthianum com o feijoeiro e a detecção do patógeno em sementes por PCR. 2017. 72 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
metadata.teses.dc.description.resumo: O feijão é uma cultura de grande importância para muitos países, podendo sua produtividade ser afetada por diversos fatores bióticos e abióticos. Entre os fatores bióticos, as doenças causadas por fungos destaca-se a antracnose causada por Colletotrichum lindemuthianum. O fungo tem a semente como um dos principais meios de disseminação a curta ou longas distâncias, sendo transmitido eficazmente por esta via. Sendo assim, existe uma necessidade de métodos mais rápidos e precisos na diagnose deste patógeno em lotes de sementes. Foram objetivos neste trabalho avaliar o efeito do C. lindemuthianum em sementes e plantas de feijoeiro, estudar a transmissão do fungo de sementes para plantas e sua detecção em amostras de sementes por técnicas moleculares, PCR convencional e PCR em tempo real (cPCR e qPCR) usando-se primers específicos descritos na literatura. Sementes de feijão cv. Pérola foram inoculadas por diferentes períodos de tempo 0, 36, 72, 108 e 144 horas correspondentes aos diferentes potenciais de inóculo denominados de P0, P36, P72, P108 e P144 horas. Também foram usadas sementes sadias e com diferentes níveis de incidência do fungo em relação ao número total de sementes. Para avaliar os efeitos do fungo em sementes e plantas de feijoeiro, foram considerados: germinação, índice de velocidade de emergência, estandes inicial e final, peso fresco e seco da parte aérea, incidência e a condutividade elétrica em dois ambientes de cultivo (20 e 26 °C). Já para os testes da transmissão avaliaram-se as taxas de transmissão em plantas assintomáticas, sintomáticas e transmissão total. Para os testes de detecção molecular quantificou-se o DNA de C. lindemuthianum nas amostras de sementes nos diferentes potenciais de inóculo e níveis de incidência. Observou-se que o fungo foi capaz de provocar efeitos negativos sobre o vigor de sementes e sua qualidade. Os outros parâmetros foram influenciados negativamente por maiores potenciais de inóculo. As taxas de transmissão foram mais elevadas no P144 em plantas que foram cultivadas a temperatura de 20 °C. Os métodos moleculares foram eficazes na detecção do fungo nas amostras de sementes desde os menores potenciais de inóculo, assim como, nas menores incidências do fungo em amostras de sementes demonstrando assim que essas técnicas podem ser usadas com segurança em laboratórios de rotina de análise de sementes.
metadata.teses.dc.description.abstract: Common bean is a crop of great importance to many countries and their population. However, the productivity of the crop is affected by several biotic and abiotic factors. Among the biotic factors, the anthracnose caused by Colletotrichum lindemuthianum is known to lead to considerable losses of production. The fungus has the seed as one of the major means of transmission and dissemination to short or long distances. Thus, there is a need for faster and more accurate methods in the diagnosis of seed lots. The objective of this work was to evaluate the effect of C. lindemuthianum on seeds and common bean plants, to study the transmission of fungi from seeds to plants and their detection in seed samples by molecular techniques, conventional and real time PCR (cPCR and qPCR) using specific primers. Seeds of bean cv. Pearl were inoculated for different periods (P0, P36, P72, P108 and P144 hours). Healthy seeds with different levels of fungus incidence were also used in relation to the total number of seeds. Germination, emergency speed index, initial and final stands, fresh and dry weight, incidence and electrical conductivity in two growing environments (20 and 26 °C) were evaluated to study the fungus effects on both seeds and plants. Transmission tests were evaluated in asymptomatic and symptomatic plants. For the molecular detection tests, C. lindemuthianum DNA was quantified in seed samples at different potentials and incidence levels. It was observed that the fungus has an effect on seed vigor and its quality. The variables were negatively influenced by the higher inoculum potential. Transmission rates were higher in P144 in plants growing at 20 °C. The molecular methods were effective in detecting the lowest inoculum levels in both seed and plant samples, demonstrating that these techniques can be used in routine seed laboratory analysis.
metadata.teses.dc.identifier.uri: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15599
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.