Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1587

Título: Bandeamento cromossômico em Lippia alba
Título Alternativo: Chromosome banding in Lippia alba
Autor(es): Souza, Saulo Marçal de
Orientador: Torres, Giovana Augusta
Coorientador(es): Viccini, Lyderson Facio
Membro da banca: Davide, Lisete Chamma
Área de concentração: Citogenética Vegetal
Assunto: Lippia alba
Bandeamento cromossômico
Verbenaceae
Chromosome banding
Data de Defesa: 2006
Data de publicação: 2014
Referência: SOUSA, S. M. de. Bandeamento cromossômico em Lippia alba. 2006. 65 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: The Lippia alba specie, Verbenaceae, has chemotypes with different activities. Cytogenetics studies have been done between these chemotypes and different numbers has been account for these plants. However, little information about heterochromatin organization is available about this specie. The aim of this study, was characterize 5 accesses of Lippia alba with 2n= 30 chromosomes, by chromosome banding. Metaphases were obtained from root tips and submitted to DAPI, CMA3, AgNOR and C banding. Accesses showed 10 median and 5 sub-median chromosomes (1- 10 and 11-15 pairs respectively). Pairs 2, 5 and 11 showed satellites and their constrictions were CMA3+. On the other hand, only 2 pairs were positive for AgNOR (pairs 5 and 11). The maximum of 4 nucleolus was observed in interphases and the only two bivalents associated with the nucleolus in diakinesis denote only two pairs of NORs with activity in Lippia alba. This specie showed C and DAPI coincident bands in telomers and centromers of all chromosomes (these were coincident in the sites). No polymorphisms were observed C bands, although, any bands have been lost due to the chromosome degradation in C banding method. In addition it was observe that the chromosome number was not associated to chemical composition of essencial oil and may be a consequence of a genetic mechanism control.
A espécie Lippia alba, Verbenaceae, caracteriza-se por apresentar quimiotipos com diferentes princípios ativos. Estudos citogenéticos têm sido realizados entre estes e têm demonstrado que os mesmos apresentam diferenças com relação ao número cromossômico. Apesar de tais estudos, pouco se sabe sobre a organização da heterocromatina nesta espécie. O presente trabalho teve por objetivo caracterizar 5 acessos de Lippia alba com 2n= 30 cromossomos por técnicas de bandeamento cromossômico. Para isso foram obtidas metáfases de meristemas radiculares de cada acesso com subseqüente aplicação das técnicas de bandeamento com fluorocromos DAPI e CMA3, bandeamento C e bandeamento com o nitrato de prata. Todos os acessos apresentaram a seguinte fórmula cariotípica: 10m e 5sm. Destes, 3 pares apresentaram constrições secundárias (pares 2, 5 e 11 ), os quais são CMA3+ . Em contrapartida, apenas 2 pares (5 e 11) apresentaram atividade nucleolar quando submetidos à coloração com o nitrato de prata. Tal fato, mais a observação de um número máximo de quatro nucléolos na intérfase, indicam que na espécie estudada, existem dois pares de RONs ativas. O bandeamento C e a coloração com DAPI demonstraram um padrão coincidente de bandas, sendo as bandas observadas com o fluoro cromo DAPI maiores que as bandas C em alguns acessos. Apesar dos acessos terem apresentado uma grande semelhança cariotípica, foram encontrados números diferentes de bandas em cada um deles, assim como diferentes percentuais de heterocromatina. Muito destas diferenças se deve a degradação dos cromossomos devido aos tratamentos utilizados com o bandeamento C. Alguns polimorfismos observados, no entanto, parecem não ser devido à técnica. Além dos resultados obtidos com os estudos citogenéticos, através da análise química conseguimos observar que dois dos acessos são diferentes com relação aos seus compostos majoritários. A partir de tais observações concluímos que o número cromossômico não está relacionado com quimiotipos específicos e que esta variação química provavelmente ocorre por meio de algum mecanismo de controle genético.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Citogenética Vegetal, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1587
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Bandeamento cromossômico em Lippia alba.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback