Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1593

Título: Características anatômicas e fisiológicas de aguapé e índice de fitorremediação de alface d´água cultivados na presença de arsênio, cádmio e chumbo
Título Alternativo: Anatomical and physiological characteristics of water hyacinth and phytoremediation index of water lettuce cultivated in the presence of arsenic, cadmium and lead
Autor(es): Pereira, Fabrício José
Orientador: Castro, Evaristo Mauro de
Membro da banca: Paiva, Renato
Alves, José Donizeti
Polo, Marcelo
Faquin, Valdemar
Assunto: Fitorremediação
Phytoremediation
Metais pesados
Heavy metals
Data de Defesa: 27-Ago-2010
Data de publicação: 2014
Referência: PEREIRA, F. J. Características anatômicas e fisiológicas de aguapé e índice de fitorremediação de alface d´água cultivados na presença de arsênio, cádmio e chumbo. 2010. 116 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fisiologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: A contaminação do ambiente por elementos tóxicos é um problema crescente no mundo inteiro, sendo a fitorremediação uma tecnologia limpa e de baixo custo para remover os poluentes do solo e da água. Esse trabalho teve como objetivo verificar o potencial de Eichhornia crassipes para tolerar cinco níveis diferentes de contaminação por As, Cd e Pb, e quais mecanismos estão envolvidos com essa tolerância ao estresse, além de explorar um modelo matemático para explicar a fitorremediação. As plantas de E. crassipes foram cultivadas em solução de Hoagland em casa de vegetação sob cinco concentrações de As, Cd e Pb. Foram avaliadas as trocas gasosas a atividade as enzimas do sistema antioxidante e as modificações anatômicas das raízes e folhas. As plantas demonstraram aumento na fotossíntese, na condutância estomática, na transpiração e na relação Ci/Ca, um aumento na atividade das enzimas do sistema antioxidante principalmente nas folhas em relação às raízes nos tratamentos contendo As, Cd e Pb. As características anatômicas nas folhas exibiram aumento na densidade estomática, no índice estomático, e no parênquima esponjoso. A anatomia das raízes não demonstrou evidências de toxidez por As, Cd e Pb e demonstraram melhorias nas características do xilema e floema. O As, Cd e Pb nas concentrações testadas não promoveram efeitos tóxicos em E. crassipes, e os mecanismos de tolerância demonstram alto potencial dessa espécie para a fitorremediação. O modelo matemático foi testado em plantas de Pistia stratiotes, cultivadas nas mesmas condições descritas para o aguapé. O índice de fitorremediação foi capaz de detectar as diferenças entre os tratamentos e de predizer o tempo necessário para a fitorremediação.
Environment contamination by toxic elements is a growing problem worldwide, and the phytoremediation is a clear and low cost technology to remove soil and water pollutants. This work aimed to verify the potential of Eichhornia crassipes to cope with five levels of As, Cd and Pb and what mechanisms are involved to the stress tolerance, and to explore a mathematical model that explain the phytoremediation. Plants of E. crassipes were grown in Hoagland nutrient solution in greenhouse under five As, Cd and Pb concentrations. Gas exchanges, antioxidant system, and modifications on the leaf and root anatomy were evaluated. Plants exhibited increase in photosynthesis, stomatal conductance, transpiration rate, Ci/Ca rate and in all antioxidant system enzymes with higher activities on leaves compared to roots in all As, Cd and Pb treatments. Anatomical traits in leaves showed increase in stomatal density, stomatal index and spongy parenchyma. Root anatomy showed no toxic effects of As, Cd, and Pb and improvement of xylem and phloem characteristics. Arsenic, cadmium and lead in the tested levels don´t promoted toxic effects on E. crassipes, and the tolerance mechanisms showed large potential of this specie to phytoremediation. The mathematic model was tested Pistia stratiotes plants grown under the same conditions described to water hyacinth. Phytoremediation index was able to detect differences between treatments and to predict the time need to phytoremediation.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fisiologia, para obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1593
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Características anatômicas e fisiológicas de aguapé e índice de fitorremediação de alface d´água cultivados na presença de arsênio, cádmio e chumbo.pdf833,02 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback