Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1622

Título: Caracterização ambiental e análise da estrutura da paisagem da área de proteção ambiental de Coqueiral, Minas Gerais
Título Alternativo: Environmental characterization and landscape structure analysis of the environmental protection area in Coqueiral, Minas Gerais
Autor(es): Souza, Carolina Gusmão
Orientador: Carvalho, Luis Marcelo Tavares de
Coorientador(es): Borém, Rosângela Alves Tristão
Membro da banca: Volpato, Margarete Marin Lordelo
Ramirez, Gláucia Miranda
Área de concentração: Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas
Assunto: Environmental diagnosis
Sistemas de informação geográfica
Simulações da paisagem
Fragmentação florestal
Diagnóstico ambiental
Landscape simulation
Forest fragmentation
Geographic information systems
Data de Defesa: 2011
Data de publicação: 2014
Referência: SOUZA, C. G. Caracterização ambiental e análise da estrutura da paisagem da área de proteção ambiental de Coqueiral, Minas Gerais. 2011. 119 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Este trabalho objetivou realizar a caracterização ambiental e analisar a estrutura da paisagem da Área de Proteção Ambiental do município de Coqueiral, Sul de Minas Gerais. A análise dos parâmetros físicos da área foram obtidos por meio de técnicas de sistemas de informação geográfica e sensoriamento remoto e a análise da estrutura da paisagem foi realizada através do software Fragstats. Os mapas temáticos foram elaborados a partir de uma imagem de satélite SPOT 5 e diferentes bancos de dados: cartas topográficas do IBGE e SRTM - NASA. A análise da paisagem foi realizada através de métricas da paisagem com o mapa de usos e ocupação da terra e com o mapa de vegetação natural da área. Para as simulações da paisagem foram utilizadas mapas com buffer de 1 e 5 metros e restauração das Áreas de Preservação Permanente. Os resultados da caracterização ambiental mostraram que a classe pastagem foi considerada como matriz da paisagem e ocupa cerca de 50% da área total, enquanto a classe floresta estacional semidecidual ocupa menos de 30% da área e está distribuída em pequenos e médios fragmentos. A extensão da rede hidrográfica foi avaliada em 154,47 km e a densidade de drenagem foi considerada alta (22,59 m/ha). A malha viária foi contabilizada em 81,52 km. A variação de altitude foi quantificada em 306 metros. A área mostrou relevo fortemente ondulado, e a classe de declive que prevaleceu foi "ondulado", que ocupou mais de 50% da área. Cerca de 55 % das Áreas de Preservação Permanente estão condizentes com o código florestal brasileiro e a pastagem foi a classe que ocupou, indevidamente, 37% das áreas destinadas a APP. A análise da estrutura da paisagem mostrou que a paisagem é dominada por atividades agropastoris com uma área de 4273,13 ha, ocupando 62,49% da área. A paisagem apresenta 704 manchas. O tamanho médio e a densidade de manchas da pastagem foram: AREA_MN = 25,99; PD = 1,01 fragmentos/100 ha e floresta estacional semidecidual: AREA_MN = 6,96; PD = 2,06 fragmentos/100 ha. As classes de usos apresentaram formas mais complexas com um valor superior a 2. A classe que apresentou menor isolamento médio foi a pastagem com 21,02 m. A vegetação natural é representada por 360 fragmentos e 137 deles são menores que 1 ha. Os modelos de simulação feitos na paisagem mostram que a área de vegetação aumentou de 1943,13 (Vegetação natural) para 2299,02 (Vegetação/APP). O tamanho médio dos fragmentos aumentou em relação a vegetação natural, passou de 7,66 para 15,75(Vegetação/APP). A paisagem Vegetação/APP mostrou o menor valor de forma (1,93), com formas mais simples. Os valores de isolamento não apresentaram muita diferença nas simulações 38,9 (Vegetação natural); 40,64 (Buffer 1m); 42,89 (Buffer 5m) e 39,75 (Vegetação/APP). O índice de conectividade para todas as simulações ficaram acima de 99%. Estes dados são relevantes para subsídio de tomada de decisão para gestão e planejamento da área, permitindo a indicação de áreas prioritárias para conservação.
Abstract: This study aimed at performing an environmental characterization and analyzing the landscape structure of the Coqueiral Environmental Protection Area, located in Coqueiral, southern Minas Gerais. The analyses of the physical parameters were carried out using geographical information systems and remote sensing techniques. Landscape structure analysis was performed using Fragstats. Thematic maps were developed using a SPOT 5 satellite image and different databases: IBGE topographic maps and SRTM - NASA. The landscape analysis was performed by landscape metrics with a land use map and with a natural vegetation map of the area. We simulated a 1 meter buffer and a 5 meters buffer around forest fragments, as well as the restoration of degraded permanent preservation areas (APP) for evaluating the effects of different scenarios on landscape metrics. The environmental characterization results show that the "pasture" class was considered the landscape matrix and occupies about 50% of total area, as the "semideciduous forest" class occupies less than 30% of area and are distributed in small and medium fragments. The extension of the water bodies was 154.47 km and the drainage density was considered high (22.59 m/ha). The road network totalized 81.52 km. The altitude variation was quantified at 306 meters. The Environmental Protection Area shows relief tightly curled. The class "corrugated" prevailed and occupied more than 50% of the area. About 55% of conservation areas are consistent with the forest code Brazilian, being that the pasture class is the dominant use class, and occupies 37% of the permanent preservation areas - APP. The landscape structure analysis shows that the landscape is dominated by agropastoral activities with an area of 4273.13 ha (62.49%). The landscape presented 704 patches. The patch size average and the patch density of semideciduous forest were: AREA_MN = 6.96; PD = 2.06 patch/100ha. Land-use classes show more complex forms with a value higher than 2 in all classes. Pasture had the lower isolation values (21.02 m). Natural vegetation is represented by 360 patches and 137 of them are smaller than 1 ha. The simulations show that the area of vegetation increases from 1943.13 (natural vegetation) to 2299.02 (Vegetation/APP). The patch size average increased from 7.66 to 15.75 to natural vegetation. The Vegetation/APP simulated landscape shows the lowest value of average shape (1.93), with forms simpler and less susceptible to edge effect. The isolation values did not show much difference in simulations 38.9 (natural vegetation) 40.64 (buffer 1m), 42.89 (buffer 5m) and 39.75 (Vegetation/APP). The connectivity index for all simulations was above 99%. These data are relevant for decision making and environmental planning of the Coqueiral Protection Area, allowing indication of priority areas for conservation.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada, área de concentração em Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1622
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Caracterização ambiental e análise da estrutura da paisagem da área de proteção ambiental de Coqueiral, Minas Gerais.pdf3,18 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback