Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1655
Título: Dinâmica do Fomesafen no solo e impacto de Tiametoxam e Fomesafen sobre três espécies de macrófitas aquáticas
Título(s) alternativo(s): Dynamics of fomesafen in soil and impact of thiamethoxam and fomesafen on three freshwater macrophytes
Autor : Oliveira, Vitória de Souza de
Primeiro orientador: Lima, José Maria de
Primeiro membro da banca: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
Magriotis, Zuy Maria
Silva, Carlos Alberto
Marchi, Giuliano
Área de concentração: Recursos Ambientais e Uso da Terra
Palavras-chave: Dissipação
Lixiviação
Carryover
Microcosmo
Dissipation
Leaching
Microcosm
Data da publicação: 13-Fev-2014
Referência: OLIVEIRA, V. de S. de. Dinâmica do Fomesafen no solo e impacto de Tiametoxam e Fomesafen sobre três espécies de macrófitas aquáticas. 2011. 102 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Pesticides are very important to the modern agriculture. However, nowadays, with their increasing use, sometimes indiscriminately, there is also an increasing concern about their soil and water contamination. Fomesafen (herbicide) and thiamethoxam (insecticide) are organic compounds with very different physicochemical properties, but both are used in crops of great importance in Brazilian agriculture. Fomesafen, can have some residual effect in soils, and it can cause injury to sensitive crops in areas where it has been previously used, or even in areas that have been contaminated by drifting during application in some adjacent area. On the other hand, thiamethoxam, used as an insecticide, has also been suggested as a growth-promoter to some cultures. Therefore, the objectives of this study were: i) to evaluate the sorption, dissipation, leaching and residual effect of fomesafen in samples of a dystrophic Red-Yellow Latosol (LVAd) and a distroferric Red Latosol (LVdf) amended with vinasse, sewage sludge and phosphate. ii) to evaluate the dissipation of fomesafen and thiamethoxam and their effect on three freshwater macrophytes in aquatic environments. Both LVAd and LVdf presented moderate sorption of fomesafen. Organic matter and pH played important role in sorption of fomesafen by these Latosols. Sewage sludge addition increased the rate of fomesafen dissipation in both Latosols, whereas phosphate had no effect on dissipation. Fomesafen did not cause injuries (carryover effect) to corn, based on plant dry weight at these experimental conditions. While phosphate and sewage sludge decreased leaching, adding vinasse to the LVAd increased leaching of fomesafen. Concentrations of thiamethoxam in the aquatic environment at all treatment levels decreased rapidly, with half-life values less than 5 days for all treatment concentrations. On the other hand, fomesafen had a slow rate of dissipation during the course of this study. The half-life of fomesafen in the water ranged between 42 and 80 days. As related to macrophyte response, there was no effect of fomesafen and thiamethoxam on Lemna minor and Elodea canadensis. However, at 35 and 49 days after treatment, there was a small trend towards increased wet and dry mass of the shoot and roots of M. spicatum, despite drastic declines in waterborne thiamethoxam concentrations. In contrast to thiamethoxam, wet and dry mass of shoot and roots of M. spicatum plants decreased significantly with increasing fomesafen concentration in the water.
Os benefícios da utilização dos pesticidas, no sentido de garantir maiores produções agrícolas a custos menores, são inquestionáveis. Porém, com aumento do uso desses produtos, algumas vezes de forma indiscriminada, aumentaram-se também as preocupações com a contaminação de solos e águas superficiais e subterrâneas, com efeitos danosos sobre os ecossistemas. O herbicida fomesafen e o inseticida tiametoxam são compostos orgânicos com propriedades físico-químicas bem distintas, mas que possuem um aspecto em comum: são utilizados em culturas de grande importância na agricultura brasileira. O fomesafen, por apresentar efeito residual no solo, pode provocar injúrias a culturas mais sensíveis que venham a ser cultivadas em local onde tenha sido utilizado anteriormente ou até mesmo em local contaminado por processo de deriva durante sua aplicação. Já o tiametoxam, além de inseticida pode exercer função promotora do crescimento em algumas culturas, favorecendo o desenvolvimento das plantas. Portanto, o presente estudo teve como objetivos: i) avaliar a sorção, dissipação, lixiviação e efeito residual do herbicida fomesafen em um Latossolo Vermelho Amarelo distrófico (LVAd) e um Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf) submetidos a aplicação de vinhaça, lodo de esgoto e fosfato; ii) avaliar a dissipação do fomesafen e tiametoxam em ambiente aquático e seus efeitos sobre três espécies de macrófitas aquáticas. O fomesafen apresentou sorção moderada nas amostras do LVAd e LVdf, sendo o pH e o teor de matéria orgânica do solo os principais atributos do solo relacionados com sua sorção. O lodo de esgoto acelerou a dissipação do fomesafen nas amostras do LVAd e LVdf, enquanto a fosfatagem não alterou a cinética de dissipação do composto. O fomesafen não apresentou efeito deletério na produção de massa seca da parte aérea do milho na dose de 250 g ha-1, considerando-se o intervalo de 60 dias entre aplicação do pesticida e o plantio adotado neste estudo para milho. A adição de vinhaça aumentou a lixiviação do fomesafen em LVAd, enquanto o fosfato e lodo de esgoto diminuíram sua lixiviação. O tiametoxam apresentou rápida dissipação nos macrocosmos aquáticos em condições naturais, com valores de meia-vida abaixo de 5 dias. Em contraste, o fomesafen apresentou lenta dissipação durante o experimento, com valores de meia-vida variando de 42 a 80 dias. Os pesticidas estudados não influenciaram o desenvolvimento das espécies de Lemna minor and Elodea canadensis. Aos 35 e 49 dias após o tratamento, houve uma pequena tendência de aumento na massa seca de raízes e parte aérea da espécie M. spicantum, apesar da drástica diminuição da concentração de tiametoxam na água. Por outro lado, a massa seca e úmida das raízes e parte aérea dessa espécie decresceu drasticamente com o aumento da concentração do fomesafen na água.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Recursos Ambientais e Uso da Terra, para obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1655
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.