Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1781

Título: Produção e composição do leite ovino de diferentes grupos genéticos
Título Alternativo: Production and composition of milk sheep of different genetic groups
Autor(es): Greca, Silas Pinto
Orientador: Perez, Juan Ramon Olalquiaga
Membro da banca: Garcia, Iraides Ferreira Furusho
Pereira, Idalmo Garcia
Gerassev, Luciana Castro
Área de concentração: Nutrição e Produção de Ruminantes
Assunto: Ovino
Leite ovino
Produção
Leite ovino - Composição físico-química
Physico-chemical composition
Milk production
Sheep
Data de Defesa: 25-Set-2013
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: GRECA, S. P. Produção e composição do leite ovino de diferentes grupos genéticos. 2013. 53 p. Dissertação (Mestrado em Nutrição e Produção de Ruminantes) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Além de ser altamente valorizado, esse leite é um componente nutritivo importante no sustento da família, para milhões de pessoas em diferentes regiões do mundo. Com o objetivo de obter informações básicas sobre a produção do leite ovino, foram mensuradas as produções diárias para descrever a curva de lactação e realizadas análises a fim de descrever a composição físico-química do leite de grupos genético adaptados às condições do Estado de Minas Gerais. O experimento foi conduzido no Setor de Ovinocultura de Leite do Departamento de Zootecnia e no Laboratório de Qualidade do Leite do Departamento de Ciências dos Alimentos da Universidade Federal de Lavras. Foram estudadas as lactações de 17 fêmeas Santa Inês, 9 Bergamácias e 6 Mestiças (Santa Inês x Lacaune). Diariamente, as ovelhas foram ordenhadas e o leite foi pesado. Uma vez por semana, foram aplicadas 7,5 UI de ocitocina por via intramuscular e amostras de leite foram coletadas para serem analisadas. Realizou-se análises de densidade, acidez titulável, gordura, proteína bruta e sólidos totais. A raça Santa Inês apresentou produção semanal de 3021,7 mL de leite, seguida pela Mestiça (2641,4 mL/semana) e pela Bergamácia (1793,7 mL/semana). As produções leiteiras diária e total estiveram abaixo dos valores encontrados na literatura. Os teores médios encontrados na composição físico-química do leite demostram seu potencial para fabricação de produtos láticos e não diferiram entre as raças. Conclui-se então, que animais da raça Santa Inês e Mestiça apresentaram maior produção de leite e os três grupos genéticos produziram leite de boa qualidade com características favoráveis à produção de derivados.
Besides being highly valued, this milk is an important nutritional component in family support, for millions of people in different regions of the world. In order to obtain basic information about the production of sheep milk production were measured daily to describe the lactation curve and performed analysis to describe the physical and chemical milk composition from genetic groups adapted to the conditions of the Minas Gerais State. The experiment was conducted at the Sheep Milk Sector of the Department of Animal Science in the Milk Quality Laboratory of the Department of Food Sciences, Federal University of Lavras. Lactations of 17 females Santa Inês, 9 Bergamácias and 6 Crossbreds (Santa Inês x Lacaune) were studied. Every day, the sheep were milked and the milk was weighed. Once a week, 7.5 IU of oxytocin were applied via intramuscularly and milk samples were collected for analysis. It was conducted analyzes of density, titratable acidity, fat, crude protein and total solids. The Santa Inês breed showed weekly production of 3021.7 mL of milk, followed by Crossbred (2641.4 mL/week) and Bergamácia (1793.7 mL/week). The daily milk production and total were below of the values found in the literature. The average levels found in the physical-chemical composition of milk demonstrate its potential for the fabrication of lactic products and did not differ among the breeds. It is concluded that animals Santa Inês and Crossbreds showed higher milk production and three genetic groups produced good quality milk with favorable characteristics for the derivatives production.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Nutrição e Produção de Ruminantes, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1781
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Produção e composição do leite ovino de diferentes grupos genéticos.pdf4,53 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback