Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1799

Título: Avaliação de parâmetros metabólicos em ratos suplementados com glicerol na dieta e submetidos a exercício aeróbio
Título Alternativo: Evaluation of metabolic parameters in rats supplemented with glycerol in diet and submited to exercise aerobic
Autor(es): Andrade, Eric Francelino
Orientador: Pereira, Luciano José
Coorientador(es): Zangeronimo, Márcio Gilberto
Membro da banca: Napimoga, Juliana Trindade Clemente
Bonjardim, Leonardo Rigoldi
Rogatto, Gustavo Puggina
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Assunto: Glicerina
Nutrição animal
Fenômeno fisiológico
Atividade motora
Alimento para praticante de atividade física
Hiper-hidratação
Glycerin
Animal nutritional physiological phenomena
Motor activity
Hyperhydration
Foods for persons engaged in physical activities
Data de Defesa: 21-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ANDRADE, E. F. Avaliação de parâmetros metabólicos em ratos suplementados com glicerol na dieta e submetidos a exercício aeróbio. 2014. 144 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: O glicerol tem sido utilizado como suplemento alimentar para animais e humanos. Além disso, a suplementação com essa substância é feita por atletas devido às suas propriedades osmóticas que promovem hiper-hidratação. No entanto pouco foi relatado quanto aos efeitos metabólicos do consumo crônico de glicerol concomitante ao treinamento físico. Objetivou-se, com o presente estudo, verificar os efeitos de quatro semanas de suplementação com glicerol na dieta concomitante ao treinamento físico em ratos. Foram utilizados 30 ratos Wistar, adultos, que foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3 (com ou sem exercício e três substratos – glicose, glicerol e salina). Os animais foram submetidos a seis semanas de treinamento aeróbio em meio aquático, com carga relativa a 5 % do peso corporal. Nas quatro últimas semanas de experimento, os animais foram suplementados com um dos substratos de acordo com o grupo, por via oral (gavagem). Os dados foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA) e as médias comparadas pelo teste SNK, a 5 %. O consumo de glicerol provocou diminuição na ingestão alimentar, tanto nos animais treinados, quanto nos não treinados, não influenciando a variação do peso corporal e consumo de água. Os animais não treinados e suplementados com glicerol apresentaram maior porcentagem de proteínas na carcaça. O consumo de glicerol aumentou os níveis de colesterol total e triacilgliceróis (TAG), sendo observada diminuição nesses parâmetros quando associada ao treinamento. A suplementação associada ao treinamento provocou diminuição nos níveis de low-density lipoprotein + very-low-density lipoprotein (LDL+VLDL-C) dos animais. O consumo isolado de glicerol aumentou a área e diâmetro de adipócitos, sendo que, associado ao treinamento, isso não foi observado. A suplementação com glicerol em ambos os grupos aumentou o peso relativo de adrenal, não alterando esse parâmetro no coração, rins, fígado ou timo. Não foram observadas alterações histopatológicas hepáticas, renais ou pancreáticas. Os animais suplementados com glicerol tiveram menor variação nos níveis de lactato e aspartato aminotransferase (AST) pós-exercício. Conclui-se que, em ratos, a suplementação com glicerol não promoveu efeitos deletérios quando concomitante ao treinamento. Observou-se melhora no perfil de lipoproteínas plasmáticas, de parâmetros de degradação tecidual (AST) e redução dos níveis de lactato, retardando o tempo de fadiga. No entanto, a suplementação com glicerol sem treinamento aumentou a área e o diâmetro de adipócitos, bem como os níveis de TAG e colesterol total.
Glycerol has been used as a food supplement for animals and humans. Furthermore, supplementation with this substance is made by athletes due to their osmotic properties that promote hyperhydration. However only a few studies have reported the effects of chronic consumption of glycerol concomitant to physical training. Thus, the aim of this study was to verify the metabolic effects of four weeks of dietary supplementation with glycerol concomitant to physical training in rats. Thirty male adult Wistar rats, which were distributed in a completely randomized 2x3 factorial scheme (with or without exercise and three substrates - glucose, glycerol and saline) were used. The animals were subjected to six weeks of aerobic training in water with load relative to 5 % of body weight. In the last four weeks of the experimental period, the animals were orally supplemented with one of the substrates (gavage). Data were subjected to analysis of variance (ANOVA) and means were compared by SNK test at 5 %. The consumption of glycerol caused a reduction in food intake in both trained or not groups, not influencing the variation in body weight and water consumption. The untrained animals supplemented with glycerol showed a higher percentage of protein in the carcass. Alone, the consumption of glycerol increased levels of total cholesterol and triacylglycerols (TAG), and a decrease was observed in these parameters when associated with training. In addition, concomitant supplementation to training led to a decrease in low-density lipoprotein + very-low-density lipoprotein (LDL + VLDL-C) levels. The use of glycerol alone increased the area and diameter of adipocytes, and when associated with training that fact was not observed. Supplementation with glycerol alone or concomitantly with the training increased the relative weight of adrenal, not changing the heart, kidneys, liver and thymus relative weight. Nor histopathological changes in liver, kidney and pancreatic tissues were observed. The animals supplemented with glycerol had less variation in the levels of lactate and aspartate aminotransferase (AST) after exercise. It was conclude that in rats, supplementation with glycerol did not cause deleterious effects when concurrent with training. Improvement was observed in the plasma lipoproteins, tissue degradation parameters (AST) and reduced the levels of lactate profile, delaying fatigue time. However supplementation with glycerol in untrained animals increased adipocytes diameter and area, as well as the levels of TAG and total cholesterol.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Ciências Veterinárias, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1799
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Avaliação de parâmetros metabólicos em ratos suplementados com glicerol na dieta e submetidos a exercício aeróbio.pdf3,7 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback