Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1807

Title: Intensidade da mancha de Phoma em mudas de cafeeiro em função de doses de cálcio e de potássio
???metadata.dc.creator???: Catarino, Aricléia de Moraes
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pozza, Edson Ampélio
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Pfenning, Ludwig Heinrich
???metadata.dc.contributor.referee1???: Souza, Paulo Estevão de
Pozza, Adélia Azis Alexandre
???metadata.dc.description.concentration???: Fitopatologia
Keywords: Epidemiologia
Mancha de Phoma
Cafeeiro
Nutrição mineral
Epidemiology
Phoma leaf spot
Coffee
Mineral nutrition
???metadata.dc.date.submitted???: 18-Feb-2011
Issue Date: 30-Jul-2014
Citation: CATARINO, A. de M. Intensidade da mancha de Phoma em mudas de cafeeiro em função de doses de cálcio e de potássio. 2011. 52 p. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia) - Universidade Federal de Lavras, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente trabalho teve como objetivo, avaliar a intensidade da mancha de Phoma do cafeeiro e a nutrição em mudas supridas com doses de Ca e de K em solução nutritiva. O ensaio foi repetido duas vezes, sob as mesmas condições, para confirmar os resultados. Utilizou-se um isolado de Phoma tarda, proveniente da Coleção Micológica de Lavras - 720. Mudas da cultivar Catuaí Vermelho IAC 62, foram submetidas à solução de adaptação a 20%, 50%, 75% e 100% da força iônica, permanecendo por 15 dias em cada uma. Posteriormente, foram transferidas para a solução completa que constou de cinco doses de K (3, 4, 5, 6 e 7 mmol.L-1) e cinco doses de Ca (2, 4, 6, 8 e 10 mmol.L-1). O pH foi mantido entre 5,0 e 5,5. O delineamento foi em blocos casualizados, com 25 tratamentos, três repetições e duas plantas/unidade experimental. Inoculou-se as mudas com uma suspensão de 2 x 106 conídios.mL-1 na face adaxial dos folíolos, realizando-se sete avaliações para a incidência e severidade da doença, a cada sete dias e, ao término, encaminhou-se a parte aérea das mudas ao Departamento de Ciência dos Solos, para determinar os teores de macro e micronutrientes. O suprimento de Ca e de K apresentou interação significativa para a área abaixo da curva da incidência (AACPI) e da severidade (AACPS) da mancha de Phoma do cafeeiro, para a matéria seca total (MST) e para o teor de nutrientes na mudas de cafeeiro. Na menor dose de Ca (2 mmol.L-1) e maior de K (7 mmol.L-1), houve menor AACPI. Nas menores doses de Ca e de K, houve menor AACPS e maior produção de MST. O aumento das doses de K na solução nutritiva, promoveu aumento significativo nos teores de K e Mn e redução significativa de P, Ca, Mg, S, Cu, Zn, B e Fe. Com o aumento das doses de Ca, houve aumento significativo nos teores de N, K, Ca e Zn e redução significativa de P, Cu, Mn, B e Fe.
This study aimed to evaluate the intensity of Phoma leaf spot of coffee and nutrition in seedlings supplied with doses of Ca and K in nutrient solution. The test was repeated two times under the same conditions, to confirm the results. We used an isolate of Phoma tarda, from the Collection Micologica of Lavras - 720. Seedlings of IAC 62, were subjected to solution adaptation to 20%, 50%, 75% and 100% ionic strength, staying for 15 days each. Later they were transferred to the solution that consisted of five K (3, 4, 5, 6 and 7 mmol.L-1) and five doses of Ca (2, 4, 6, 8 and 10 mmol.L- 1). The pH was maintained between 5.0 and 5.5. The design was a randomized block with 25 treatments and three replications and two plants per experimental unit. Seedlings was inoculated with a suspension of 2 x 106 conidia.mL-1 of the leaflets adaxially, performing seven ratings for the incidence and severity of the disease, every seven days, at the end, he walked up the seedling to the Department of Soil Science, to determine the levels of macro and micronutrients. The supply of Ca and K showed significant interaction for area under incidence progress curve (AUIPC) and severity (AUSPC) Phoma leaf spot of coffee, for total dry matter (TDM) and the nutrient content in seedlings coffee. The lowest dose of Ca (2 mmol.L-1) and larger K (7 mmol.L-1) had smaller AUIPC (1235,85). The lowest dose of Ca and lower K, was smaller AUSPC (27,19) and larger TDM (4,20g). Increasing levels of K in nutrient solution caused a significant increase of K and Mn and significant reduction of P, Ca, Mg, S, Cu, Zn, B and Fe. Increasing levels of Ca, a significant increase on N, K, Ca and Zn and a significant reduction of P, Cu, Mn, Fe and B.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1807
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Intensidade da mancha de Phoma em mudas de cafeeiro em função de doses de cálcio e de potássio.pdf917.99 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback