Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1846

Title: Impacto do fipronil sobre a comunidade de cupins (Insecta: Isoptera) em áreas cultivadas com eucalipto no cerrado
Other Titles: Impact of fipronil on the termite community (Insecta: Isoptera) in areas cultivated with eucalyptus on the savanna
???metadata.dc.creator???: Evangelista, André Luiz
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bonetti Filho, Ronald Zanetti
???metadata.dc.contributor.referee1???: Louzada, Júlio Neil Cassa
Passamani, Marcelo
???metadata.dc.description.concentration???: Manejo Integrado de Pragas
Keywords: Cupim
Fipronil
Composição
Diversidade
Eucalipto
Termites
Fipronil
Composition
Diversity
Eucalyptus
???metadata.dc.date.submitted???: 31-Jul-2009
Issue Date: 30-Jul-2014
Citation: EVANGELISTA, A. L. Impacto do fipronil sobre a comunidade de cupins (Insecta: Isoptera) em áreas cultivadas com eucalipto no cerrado. 2009. 50 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: A implantação de florestas com espécies exóticas de Eucalyptus vem crescendo substancialmente nos últimos anos. No entanto, a utilização desta monocultura provoca impactos no ambiente, alterando os habitats naturais, com efeitos sobre a riqueza e a composição de espécies. Uma das práticas silviculturais comumente utilizadas no plantio é o tratamento prévio das mudas com fipronil (fenilpirasol, 0,4%). Esse procedimento garante a proteção dessas mudas contra cupins subterrâneos (Isoptera: Termitidae) por um período de até seis meses. No entanto, não se sabe quais os efeitos dessa prática de manejo sobre a diversidade local de cupins, o que levou os certificadores florestais a restringirem o uso dessa substância nessa cultura. Sendo assim, este estudo foi realizado com os objetivos de: comparar a diversidade de cupins entre as áreas cultivadas e não cultivadas com eucalipto; verificar os possíveis efeitos do tratamento prévio de mudas de eucalipto com fipronil sobre a composição, estrutura e riqueza de espécies de cupins no tempo, assim como avaliar o tempo de resiliência dessa comunidade de cupins, em uma região de cerrado de Minas Gerais. O trabalho foi realizado no município de João Pinheiro, MG, no período de nove meses. Os tratamentos analisados foram compostos por áreas onde seriam cultivadas mudas de eucalipto tratadas e não tratadas previamente com fipronil e por áreas não cultivadas em processo de regeneração e por áreas de reserva com vegetação nativa de cerrado "stricto sensu". A metodologia de amostragem utilizada foi a disposição de transectos de coleta nas áreas, seguindo protocolo adaptado, com avaliações aos 90 dias antes e aos 90 e 180 dias após o plantio das mudas. O material coletado foi triado e, posteriormente, identificado. Foram encontradas 53 espécies de cupins pertencentes às famílias Termitidae (96%) e Rhinotermitidae (4%). A composição de espécies foi bastante semelhante entre as áreas com e sem tratamento prévio das mudas com fipronil. Ocorreu alta similaridade entre as espécies presentes nessas áreas, diferindo das áreas não cultivadas. A riqueza de espécies dentro dos grupos funcionais variou no tempo, mas não foi afetada pelo tratamento com fipronil na dosagem utilizada. A riqueza de espécies de cupins diferiu entre as áreas cultivadas e não cultivadas. Não houve diferença significativa entre às áreas tratadas e não tratadas com fipronil e nem entre as áreas não cultivadas, mas houve variação da riqueza no tempo dentro de cada tratamento. Pode-se concluir que o produto testado não afeta negativamente a comunidade de cupins nesta região de cerrado em Minas Gerais e, por isso, não foi possível determinar o tempo de resiliência dessa comunidade em função da aplicação desse produto.
The establishment of forest with exotic species of Eucalyptus has been growing markedly in the latest years. Nevertheless, the use of that plantation provokes impacts upon environment, altering the natural habitats with effects on the richness and composition of species. On the silvicultural practices commonly used in planting is the previous treatment of the seedlings with fipronil (fenilpirasol, 0.4%). This procedure warrants the protection of these seedlings against subterranean termites (Isoptera: Termitidae) for a period of up to six months. Nevertheless, it is not known the effects of this management practice on the local diversity of termites, which caused the forest certifiers to restrict the use of this chemical in that plantation. Thus, the objectives of this study were: to compare the diversity of termites between the cultivated and uncultivated areas with eucalyptus; to verify the possible effects of the previous treatment of eucalyptus seedlings with fipronil on the composition, structure and richness of termite species in time, as well as to evaluate the resilience time of that termite community in a savanna region of Minas Gerais. The work was conducted in the municipality of João Pinheiro, MG in the period of nine months. The treatments studied were composed of areas where eucalyptus seedlings previously treated and untreated with fipronil and of recovering native vegetation and reservation areas with “stricto sensu” native savanna vegetation. The sampling methodology utilized was through of the collecting transect arrangement in the areas by following adapted protocol, with evaluations at 90 days before and at 90 and 180 days after the planting of the seedlings. The collected material was separated and later identified. Fifty-three termite species belonging to the families Termitidae (96%) and Rhinotermitidae (4%) were found. The species composition was quite similar between the areas with and without previous treatment of the seedlings with fipronil. High similarity occurred among the species present in those areas, differing from the uncultivated areas. The species richness within the functional groups ranged in time, but it was not affected by the fipronil treatment at the dosage utilized. The richness of termite species differed between the cultivated and non-cultivated areas. There was no significant difference between the areas treated and untreated with fipronil and neither among the uncultivated areas, but there was variation of richness in time within each treatment. One can conclude that the chemical tested does not affect negatively the termite community in the savanna region in Minas Gerais, and therefore, it was not possible to determine the resilience time of this community as related to the application of that chemical.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1846
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Impacto do fipronil sobre a comunidade de cupins (Insecta Isoptera) em áreas cultivadas com eucalipto no cerrado.pdf692.12 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback