Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1876

Título: Capacidade combinatória e heterose em híbridos de pimentão com resistência múltipla a doenças
Autor(es): Nogueira, Danilo Gustavo
Orientador: Maluf, Wilson Roberto
Membro da banca: Gomes, Luiz Antônio Augusto
Resende, Luciane Vilela
Menezes, Mariney de
Azevedo, Sebastião Márcio de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Nematoide
Potyvirus
Phytophthora capsici
Resistência genética
Nematode
Genetic resistance
Data de Defesa: 19-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: NOGUEIRA, D. G. Capacidade combinatória e heterose em híbridos de pimentão com resistência múltipla a doenças. 2014. 81 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: O pimentão é a terceira solanácea mais cultivada, ocupando uma área de cerca de 12.000 hectares com produção de, aproximadamente, 350 mil toneladas. A produção nacional concentra-se nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Nos últimos anos, tem sido observado um aumento significativo na produtividade, principalmente após a utilização de cultivares híbridas e a intensificação do uso de estufas. Um dos principais problemas do cultivo do pimentão no Brasil é a ocorrência de doenças, destacando-se a requeima, as viroses e os nematoides. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de: (i) inferir sobre a capacidade combinatória de linhagens de pimentão resistentes a um ou mais patógenos (Pepper yellow mosaic virus, Phytophthora capsici e Meloidogyne.incognita); (ii) estimar a heterose e suas componentes em híbridos entre estas linhagens e (iii) desenvolver híbridos de pimentão com resistência múltipla a doenças e identificar os que venham a ser competitivos com as testemunhas comerciais. Os trabalhos foram realizados em casa de vegetação na área experimental da empresa HortiAgro Sementes S.A. Foram utilizadas dez linhagens e trinta híbridos experimentais; vinte desses híbridos foram obtidos a partir do cruzamento de dois grupos de genitores (grupo I - genitores femininos: 1=PIX-044B-01-01, 2=PIX-044B-13-01, 3=PIX-045B-27-02, 4=PIX-045B-32-03 e 5=PIX-052B-06-01; grupo II - genitores masculinos: 1'=Carolina Wonder, 2'=Charleston Belle, 3'=MYR-29-09-05 e 4'=MYR-29-11-08) e dez foram híbridos experimentais adicionais. Foram ainda utilizados seis híbridos comerciais como testemunhas (Konan-R, Magali-R, Martha-R, Stephany, Mallorca, Magnata Super), além do acesso (Criollo de Morellos-334). Foram conduzidos dois grupos de experimentos: no primeiro (em que foram testados os 30 híbridos experimentais e 6 híbridos comerciais) avaliaram-se as características agronômicas, enquanto um segundo conjunto consistiu de 3 experimentos independentes, cada um deles destinado a avaliar as reações a um dos três patógenos (PepYMV, P. capsici, M. incognita). As heteroses e suas componentes foram avaliadas para os caracteres percentagem de plantas assintomáticas a PepYMV e a P.capsici, índice de reprodução (IR) e fator de reprodução (FR) de M. incognita. Para capacidade combinatória avaliaram-se os seguintes caracteres: produção total de frutos, massa média de fruto total, produção precoce de frutos, espessura do pericarpo, profundidade de inserção do pedúnculo floral e relação comprimento/diâmetro. Os efeitos gênicos aditivos foram importantes para todos os caracteres avaliados e, para percentagem de plantas resistentes a PepYMV e Phytophthora capsici, os não aditivos foram também de importância. Quanto à capacidade geral de combinação destacaram-se as linhagens 2= PIX-044B-13-01, 1'= Carolina Wonder, 2'= Charleston Belle, e 3'= MYR-29-09-05 para os caracteres da produção (total e precoce) de frutos. Entre os híbridos experimentais destacaram-se os híbridos 2x1' = F1(PIX-044B-13-01 x Carolina Wonder), 2'x3' = F1(Charleston Belle x MYR-29-09-05), 4x1' = F1(PIX-045B-32-03 x Carolina Wonder) e 5'x3' = F1(PIM-013 x MYR-29-09-05), que têm resistência múltipla a doenças e apresentaram desempenho agronômico médio superior ou equivalente ao das testemunhas.
Abstract: Sweet pepper ranks third among the most cultivated solanaceous vegetables, and occupies in Brazil an área of ca. 12000 ha with a total yearly production of 350 thousand metric tonnes. In the past few years there has been a significant increase in pepper yields, especially after the more widespread use of hybrid cultivars and of protected cultivation. One major problem of the sweet pepper crops is the incidence of diseases, especially the Phytophthora capsici blight, viral diseases and root knot nematodes. The continuous search for new hybrids with multiple disease resistance is thus a major research priority. The objectives of the present work were therefore: (i) to estimate the combining ability of sweet pepper lines with resistance to one or more pathogens (Pepper yellow mosaic virus, Phytophthora capsici, Meloidogyne incognita); (ii) to estimate heterosis and its components in hybrids between these lines; (iii) to develop multiple-disease resistant hybrids and to identify those that are competitive with current commercial hybrid checks. The experiments were carried out in plastic houses at the experimental farm of HortiAgro Sementes S.A. Ten sweet pepper breeding lines and thirty experimental hybrids were used in the study; 20 of these hybrids were obtained by crossing two groups of parental lines (group I= seed parents 1=PIX-044B-01-01, 2=PIX-044B-13-01, 3=PIX-045B-27-02, 4=PIX-045B-32-03 and 5=PIX-052B-06-01; group II – pollen parents: 1'=Carolina Wonder, 2'=Charleston Belle, 3'=MYR-29-09-05 and 4'=MYR-29-11-08), and 10 were additional experimental hybrids. In addition, six commercial hybrids (Konan-R, Magali-R, Martha-R, Stephany, Mallorca, Magnata Super) and the accession Criollo de Morellos-334 were used as checks. Two sets of experiments were carried out: one (which included the 30 experimental hybrids and the 6 hybrid checks) evaluated agronomic traits, and the second set was comprised of three diferente trials for evaluation the reaction to each of the three pathogens (PepYMV, P. capsici, M. incognita). Estimates of heterosis and their components were obtained for the traits total fruit yield, mean fruit mass, early yield, pericarp thickness, depth of insertion of fruit peduncle, and fruit lengh/diameter ratio. Additive gene effects were important in the expression of all traits under evaluation. Non-additive effects were also of importance in the expression of percent of plants without symptoms of PepYMV or Phytophthora capsici. Lines Carolina Wonder, Charleston Belle, PIM-013 e MYR-29-03-02 were found to have good general combining ability for traits total and early fruit yield. The experimental hybrids 2x1' = F1(PIX-044B-13-01 x Carolina Wonder), 2'x3' = F1(Charleston Belle x MYR-29-09-05), 4x1' = F1(PIX-045B-32-03 x Carolina Wonder) and 5'x3' = F1(PIM-013 x MYR-29-09-05) were considered promising as putative commercial releases, because they present both multiple disease resistance and horticultural traits comparable to the commercial checks.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1876
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Capacidade combinatória e heterose em híbridos de pimentão com resistência múltipla a doenças.pdf456,66 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback