Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1950

Title: Análise físico-química e avaliação da presença do cobre em aguardente de cana por aluminossilicatos
Other Titles: Physicochemical analysis and evaluation of presence of copper in sugar-cane brandies for aluminossilicate
???metadata.dc.creator???: Cantão, Fabiane de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Melo, Walclée de Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Cardoso, Maria das Graças
???metadata.dc.contributor.referee1???: Oliveira, Antônio Carlos de
Magriotis, Zuy Maria
???metadata.dc.description.concentration???: Agroquímica e Agrobioquímica
Keywords: Aguardente - Propriedade físico-química
Adsorção
Cobre
???metadata.dc.date.submitted???: 21-Feb-2006
Issue Date: 1-Aug-2014
Citation: CANTÃO, F. de O. Análises físico-químicas e avaliação da presença do cobre em aguardentes de cana por aluminossilicatos. 2006. v, 62 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006
???metadata.dc.description.resumo???: A cachaça, bebida genuinamente nacional, é um produto de grande aceitação nos mercados interno e externo. Portanto, é necessário que se conheça sua composição química, pois durante o processo de produção há alguns pontos críticos devido à presença de microrganismos contaminantes e de substâncias indesejáveis que podem afetar a qualidade da bebida. Com este trabalho objetivou-se: i) verificar a conformidade de algumas marcas de aguardente em relação aos padrões de identidade e qualidade previstos pela legislação vigente por meio de análises físico-químicas; ii) comparar a técnica de análise de cobre proposta pelo MAPA, com o método de espectrometria de absorção atômica; iii) comparar o comportamento do cobre, quando presente em etanol (40%, simulando uma cachaça industrial que não contém cobre) e quando presente em aguardente, com o uso de aluminossilicatos zeólita ZSM-5, e a argila bentonita; iv) verificar se o uso de aluminossilicatos como adsorventes alterou os congêneres da bebida após a adsorção do cobre. Pelos resultados, verificou-se que apesar de a maioria das marcas terem se enquadrado nos limites estabelecidos pela legislação, das dez marcas estudadas, três apresentaram-se com algum componente fora do padrão. As concentrações de cobre obtidas pela metodologia oficial (espectrofotometria na região visível) e pela espectrometria de absorção atômica apresentaram valores concordantes entre si e de acordo com o permitido pela legislação. A zeólita e a bentonita adsorveram mais cobre quando estiveram presentes em etanol - 40%, do que quando em aguardente; infere-se que na aguardente o cobre se liga a moléculas volumosas. Quando os aluminossilicatos estiveram presentes na aguardente impregnada com cobre em alambique, a bentonita foi mais eficiente na remoção do cobre do que a zeólita, mas ambas reduziram as concentrações dos componentes secundários das aguardentes. Nesse caso, a zeólita é mais recomendada na remoção de cobre, pois a redução das concentrações dos componentes secundários foi menor.
The "cachaça" a genuine native drink, is a product of great acceptance in the national and foreign outside market. Therefore, it is necessary to know its chemical composition, because during the production process there are some critical points due to the presence of contamining microorganism and undesirable substances which can affect its quality. This work was aimed to: i) verify the consistence of some marks of the sugar-cane brandies in relation to the quality and identity patterns established by law through physicochemical analysis; ii) compare the copper analysis technique, proposed by MAPA, with the atomic absorption spectometer method; iii) compare the behavior of copper when present in ethanol (40%, simulating an industrial spirit which doesn´t contain copper) and when present in sugar-cane brandy, using the zeolite aluminossilicates ZSM-5 and bentonite argil; iv) verify if the use of aluminossilicates as adsorbents has altered the drink congenerics after the copper adsorption. The results have shown that despite most of marks had been into the limits, established by legislation in the ten studied marks, three have shown some compound out pattern. The copper concentration, obtained by official method (spectrofotometry in the seen region) and by atomic absorption spectrometry have show values, similar to each other, and in accordance to legislation. The zeolite and betonite adsorbed more copper when were present in ethanol - 40%, than when were in the beverage; it is suggest that in sugar-cane brandy copper links to voluminous molecules. When the aluminossilicates were present in sugar-cane brandy infused with copper in the shell still, the bentonite was more efficient to remove copper than zeolite, but both reduced the concentrations of secondary compounds of of the sugar-cane brandies. In the case, the zeolite is more recomended to remove copper, because the reduction of the concentration of secondary compounds was less.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1950
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Análise físico-química e avaliação da presença do cobre em aguardente de cana por aluminossilicatos.pdf247.06 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback