Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1971

Título: Relações hídricas, bioquímicas e anatômicas de mudas de café (Coffea arabica L) Catuaí e Siriema submetidas à defict hídrico
Título Alternativo: Water relations, biochemical and anatomical changes in coffee (Coffea arabica L.) Catuaí and Siriema seedlings submitted to water deficit
Autor(es): Grisi, Fernanda Almeida
Orientador: Alves, José Donizeti
Membro da banca: Carvalho, Carlos Henrique Siqueira de
Soares, Angela Maria
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Assunto: Coffea arabica L.
Déficit hídrico
Seedling
Water deficit
Data de Defesa: 14-Fev-2006
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: GRISI, F. A. Relações hídricas, bioquímicas e anatômicas de mudas de café (Coffea arabica L.) 'Catuaí' e 'Siriema' submetidas a déficit hídrico. 2006. ii, 59 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006
Resumo: Objetivou-se verificar a existência de características de resistência à seca em mudas do material genético Siriema em relação à cv. Catuaí, comparando tratamentos irrigados e não irrigados. O experimento foi conduzido em março/abril-2005, em viveiro com sombrite e plástico na área experimental do DBI/UFLA,MG. Foram utilizadas mudas de cafeeiros com seis meses de idade, seis a oito pares de folhas, provenientes do viveiro da Fundação Procafé, em Varginha, MG. Antes da indução dos tratamentos, as mudas foram irrigadas diariamente; depois, os tratamentos foram estabelecidos da seguinte forma: um grupo continuava sendo irrigado, outro grupo foi submetido à suspensão de rega e um terceiro grupo era reirrigado a cada dois dias. As mudas reirrigadas foram avaliadas 24 horas e 48 horas após a irrigação, para avaliação a capacidade de recuperação. O período experimental foi 20 dias e a unidade experimental foi composta por uma planta, quatro repetições, dispostas em DIC. Não houve diferença entre os cafés para o potencial hídrico. Para condutância estomática, o ´Siriema´ demonstrou possuir uma melhor estratégia de resposta ao estresse hídrico, impedindo que perdesse água mais rapidamente que a cv. Catuaí. Observou-se similaridade de comportamento da transpiração com a condutância estomática. Ao décimo quarto dia, o ´Siriema´ manteve a atividade estomática funcional, diferentemente da cv. Catuaí. Para os carboidratos, de forma geral, houve decréscimo nas concentrações com o aumento do déficit. Para a epiderme adaxial e abaxial, índice estomático e razão PP/LF não houve diferenças significativas em nenhuma situação estudada. Para o parênquima esponjoso no tratamento irrigado, o ´Siriema´ apresentou maior espessura em relação à cv. Catuaí. Para o parênquima paliçádico, não houve diferença entre os cafés. O limbo foliar do ´Siriema´ foi mais espesso que a cv. Catuaí, independentemente do tratamento. Para o diâmetro polar e equatorial houve diferenças entre os tratamentos irrigados e não irrigados de cada café e, entre estes, os diâmetros polar e equatorial foram maiores no tratamento não irrigado para o ´Siriema´. Para a relação DP/DE e densidade estomática, o ´Siriema´ não irrigado apresentou-se maior em relação à cv. Catuaí não irrigada. Na condição deste experimento, os parâmetros avaliados permitiram discriminar satisfatoriamente os dois cafés estudados em termos de tolerância diferencial à seca, a favor do material ´Siriema´.
This paper aimed to verify the existence of the these drought characteristics in seedlings during coffee developmente, the material Siriema was compared with Catuaí cultivar, in conditions of irrigation and without irrigation. The experiment was conducted in greenhouse during March-April/2005 covered, with mesh screen and plastic in experimental area of DBI/UFLA,MG. There were used coffee seedlings of ´Siriema´ and ´Catuaí´ with six months age, containing six to eight pairs of leaves, from the nursery house of the Fundação Procafé in Varginha, MG. Before the treatments induction, the seedlings were irrigated daily, after the treatments were estabilished in the following: one group continued to be irrigated, another group was submitted to irrigation suspension and a third group was irrigated again for two days. The seedlings reirrigated were evaluated with 24 and 48 hs, in order to evaluate the recovery capacity. The experimental period lasted 20 days, the experimental unit was composed by one plant with 4 replicates, disposed in frilly randomized desing. There were no differences among the coffee genotypes for water potential. The stomatic conductance from ´Siriema´ showed the best strategy to water stress, hindering the water more quickly than Catuaí cv. At fourteen day the ´Siriema´ hept the stomatec activity functional, differently from ´Catuaí´ cultivar. In a broad sense, for carbohydrates, occured a decrease in concentrations with the increase in days of water suspension. For the adaxial and abaxial epidermis, stomatic index and PP/LF ratio, there were no significative differences found. Considering the spongy perenchym in irrigated treatment, the ´Siriema´ showed higler thickness than Catuaí cv. For the palissadic parenchym, there no difference between the coffee genotypes. The ´Siriema´ leaf blade was thicker than ´Catuaí´ independent of the treatment. For the polar diameter e equatorial it was found differences between irrigated and non irrigated for each coffee genotype and between them. The polar and equatorial diameters were higher in no irrigated treatment for ´Siriema´. For the DP/DE ratio for stomatic density the non irrigated ´Siriema´shouwed higher in relation non irrigated Catuaí cv. In this experiment conditions, the evaluated parameters allowed to discriminale satisfactory the both coffee genotype studied in relation of differential tolerance, favouring the material Siriema.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1971
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Relações hídricas, bioquímicas e anatômicas de mudas de café (Coffea arabica L) Catuaí e Siriema submetidas à defict hídrico.pdf531,47 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback