Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1991

Título: Controle genético e químico de doenças foliares e grãos ardidos em milho
Título Alternativo: Chemical and genetic control of the leaf diseases and rotten grains in corn
Autor(es): Brito, André Humberto de
Orientador: Von Pinho, Renzo Garcia
Membro da banca: Nunes, José Airton Rodrigues
Juliatti, Fernando César
Pozza, Edson Ampélio
Davide, Lívia Maria Chamma
Área de concentração: Produção vegetal
Assunto: Zea mays
Cercospora zeae maydis
Resistência à doenças
Fungicidas
Disease tolerance
Fungicide
Data de Defesa: 3-Abr-2010
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: BRITO, A. H. de. Controle genético e químico de doenças foliares e grãos ardidos em milho. 2010. 88 p. Tese (Doutorado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Esse trabalho foi realizado durante a safra agrícola de 2007/2008 e 2008/2009, em três ambientes do estado de Minas Gerais, visando obter informações referentes aos patossistemas milho/Cercosporiose, milho/Mancha-Branca e milho/Complexo grãos ardidos. Para isso, foram conduzidos três trabalhos distintos. O primeiro objetivou estudar a natureza e a magnitude dos efeitos gênicos da resistência a Cercosporiose (Cercospora zeae maydis), a partir da avaliação das linhagens parentais e gerações F1, F2, RC11 e RC21 de dois cruzamentos, avaliados em duas épocas de semeadura, novembro e dezembro de 2008, em Lavras, MG. Constatou-se que o controle genético da resistência a Cercosporiose é um caráter poligênica, com predominância dos efeitos aditivos no controle; apresenta dominância em poucos locos de pequeno efeito e alta herdabilidade, condição essa favorável a seleção. O segundo trabalho foi conduzido visando avaliar os efeitos da aplicação de fungicida em doenças foliares (Cercosporiose e Mancha-Branca) do milho na produtividade de grãos e na incidência de grãos ardidos e também estabelecer a relação existente entre a produtividade de grãos e a severidade de doenças foliares. Observou-se que a aplicação de fungicida é eficiente no controle de doenças foliares e proporciona a obtenção de maiores produtividades de grãos, em média 12% superior do que quando não se utilizou fungicida. O uso de fungicida em aplicação foliar possibilita a redução da incidência de grãos ardidos. As doenças foliares Cercosporiose e Mancha-Branca reduzem a produtividade de grãos de milho e essa redução é maior quando as doenças ocorrem mais precocemente, e a Cercosporiose provoca maior redução na produtividade de grãos quando comparada com a Mancha-Branca. Finalmente, na terceira parte do trabalho, foram conduzidos experimentos visando avaliar o nível de resistência de híbridos comerciais de milho às doenças foliares Cercosporiose e Mancha-Branca e comparar a eficiência das estimativas da área abaixo da curva de progresso das doenças e da estabilidade fenotípica, na avaliação da resistência a esses patógenos. Observou-se que, no caso das doenças foliares Cercosporiose e Mancha-Branca, ambas as metodologias utilizadas mostraram-se eficientes na discriminação do nível de resistência dos híbridos, permitindo a classificação de modo semelhante. Os híbridos mais resistentes às doenças foliares (Cercosporiose e Mancha-Branca) são o AG7088, AG 7010 e 2B707 e os mais suscetíveis, o P30F44, P30F53 e AG8021. Os híbridos 30K64, DKB177, DKB390 e Impacto variam seu comportamento em função dos locais, isto é, a relação patógeno-hospedeiro é distinta entre locais.
Three different pieces of work were carried out in the agricultural years of 2007/2008 and 2008/2009 in three environments in the regions of Minas Gerais state aiming at obtaining information concerning the patossystem corn/gray leaf spot, corn/ maize white spot and corn/rotten grains. The first was carried out with the purpose of determining the genetic control of resistance to the gray leaf spot in maize through the assessment of the parental lines and the F1, F2, RC11 e RC21 generations of two crosses in two sowing dates, October and November, 2008 at Lavras Federal University - UFLA, Lavras, Minas Gerais, Brazil. It was found that the genetic control of resistance to gray leaf spot is poligenic with the predominance of the additive effects, showing dominance in few minor effect loci and high heritability values. The second work was aimed at evaluating the effects of fungicide application on the grain yield and the incidence of rotten grains in maize while at the same time establishing the existing relationship between the damages and the severity of the disease. It was found that fungicide application is effective in the control of maize leaf diseases, and the experiments without control of the diseases had grain yield lower than that of the experiments with control, there being a reduction of 1.2 t.ha-1 (12.3%) on average. The fungicide use presents an effect in the control of rotten grains, there being a reduction of 2.6% on average. Maize gray leaf spot and maize white spot reduces the maize grain yield, the largest part of the damage being ascribed to gray leaf spot. Finally, in the last part of this work, experiments were carried out with the purpose of evaluating the resistance level of commercial corn hybrids and comparing the efficiency of the estimates of the area under the disease progress curve (AUDPC) and that of the phenotypical stability parameters in the evaluation of resistance of these pathogens. It was found that in the case of maize white spot and maize gray leaf spot, both methodologies used proved to be effective in the discrimination of the resistance level of the hybrids, enabling ranking them in a similar way. The most resistant hybrids to maize white spot and maize gray leaf spot were AG7088, AG 7010 and 2B707 and the most susceptible were P30F44, 30F53 and AG8021. The 30K64, DKB177, DKB390 and Impacto hybrids vary their resistance, i.e., the pathogen-host relationship is also different between environments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1991
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Controle genético e químico de doenças foliares e grãos ardidos em milho.pdf512,11 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback