Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1995

Título: Eficiência produtiva e econômica da atividade leiteira em Minas Gerais
Título Alternativo: Economic and productive efficiency of dairy activity in Minas Gerais
Autor(es): Lima, André Luis Ribeiro
Orientador: Reis, Ricardo Pereira
Membro da banca: Veiga, Ruben Delly
Yamaguchi, Luiz Carlos Takao
Área de concentração: Gestão Social, Ambiente e Desenvolvimento
Assunto: Eficiência econômica
Produção
Leite
Milk
Production
Economic production
Production frontier
Fronteira de produção
Data de Defesa: 15-Dez-2006
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: LIMA, A. L. R. Eficiência produtiva e econômica da atividade leiteira em Minas Gerais. 2006. 65 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: O presente trabalho pesquisou os níveis de eficiência econômica dos produtores de leite do estado de Minas Gerais, adotando-se uma função fronteira de produção estocástica como método de análise. O modelo estimado preservou as leis fundamentais da economia da produção. Estimou-se a eficiência dos produtores de leite provenientes de 11 mesorregiões de Minas Gerais, num total de 614 produtores. Os mesmos foram agrupados em três níveis tecnológicos, A, B e C, sendo A o dos produtores com maior uso de tecnologia; B, intermediário e C o de menor presença tecnológica. Gastos com produtos veterinários tiveram comportamento inverso ao valor da produção para os níveis A e B, o que dá indícios do uso irracional desse fator ou de problemas de sanidade dos animais. O valor do rebanho, operacionalizado pelo seu custo de oportunidade, indicou que aumentos em seus valores geram incrementos do valor das receitas dos pecuaristas para os três níveis tecnológicos. Quanto às médias de eficiência econômica, a maior média, 76,0%, foi obtida no estrato tecnológico C, indicando que unidades produtivas com menor grau tecnológico otimizam seus custos para a geração de maiores receitas. Já os produtores do estrato B alcançaram a menor média, 68,0%, fato que pode ter como causa a subutilização da tecnologia disponível. Quando separados por volume de produção de leite, os produtores com maiores volumes apresentaram as maiores médias de eficiência econômica, enquanto os de menor produção tiveram a pior média, corroborando a associação entre escala e eficiência econômica. Dentre as mesorregiões de Minas Gerais, destacaram-se a Central Mineira e o Jequitinhonha, com as maiores médias de eficiência econômica. Como variáveis que explicam a eficiência econômica, destacaram-se aquelas relacionadas com o volume de produção e produtividade, bem como o valor dos animais dos sistemas de produção. Já a variável que indicou relação inversa com os índices de eficiência econômica, o gasto com produtos veterinários, pode ser um indicador de que a sanidade dos rebanhos tem comprometido a eficiência econômica dos sistemas de produção.
This work researched the levels of economic efficiency of dairy farmers in the state of Minas Gerais, Brazil; it was adopted a frontier function of estocastic production as the method of analysis. The estimated model kept the fundamental laws of production economy. The efficiency of milk producers from 11 regions of Minas Gerais was estimated, totaling 614 producers. They were grouped in three technologic levels, A, B and C; A being the one with producers with the highest level of technology; B, intermediate and C the level with little technologic presence. Expenditures with veterinarian products had an inverse behavior with the value of production for levels A and B, what indicates an irrational use of this factor or problems with the health of the animals. The value of the herd, operated by its opportunity cost, indicated that increases in its values generate increments of the value of dairy farmers´ revenues for the three technologic levels. With regard to the economic efficiency averages, the highest average, 76 percent, was obtained in the technologic level C, indicating that productive unities with little technology optimize their costs to generate higher revenues. The producers of level C, notwithstanding, reached the smallest average, 68 percent, what may have been caused by the sub-utilization of the available technology. When separated by volume of milk production, the producers with the highest volumes presented the most elevated averages of economic efficiency, whereas the ones with the smallest outputs had the worst average, corroborating the association between scale and economic efficiency. Among the regions of Minas Gerais, Central Mineira and Jequitinhonha stood out as the ones with the highest averages of economic efficiency. As variablesn explaining economic efficiency, those related to productivity and output volume as well as the value of animals of the production system stood out. The variable that indicated an inverse relationship with the economic efficiency indexes, the expenditures with veterinarian products, may indicate that the health condition of the herds has endangered the economic efficiency of the production systems.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1995
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Eficiência produtiva e econômica da atividade leiteira em Minas Gerais.pdf333,13 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback