Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1996
Título: Gestão das incubadoras tecnológicas de cooperativas populares: uma análise comparativa
Título(s) alternativo(s): Administration of technological incubators of popular cooperatives: a comparative analysis
Autor : Guerra, Ana Carolina
Primeiro orientador: Pereira, José Roberto
Primeiro membro da banca: Castro, Cleber Carvalho de
Área de concentração: Gestão Social, Ambiente e Desenvolvimento
Palavras-chave: Gestão
Economia solidária
Incubadora tecnológica
Cooperativas populares
Administration
Social economic
Technological Incubators
Popular cooperatives
Data da publicação: 1-Ago-2014
Referência: GUERRA, A. C. Gestão de incubadoras tecnológicas de cooperativas populares: uma análise comparativa. 2008. 91 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: As Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares - ITCPs buscam articular multidisciplinarmente áreas de conhecimento de universidades brasileiras com grupos populares interessados em gerar trabalho e renda, visando a contribuir na formação de cooperativas populares e/ou empresas autogestionárias A atuação das ITCPs se dá em um duplo sentido, na formação dos estudantes por meio da vinculação do ensino, da pesquisa e da extensão e na geração de trabalho e renda Dentro deste contexto, esta dissertação tem como objetivo principal analisar o modelo de gestão das incubadoras da Universidade Federal de Juiz de Fora e da Universidade Federal de São João Del Rei ambas pertencentes à rede de ITCPs Para a identificação do modelo de gestão foram criadas seis categorias analíticas comparativas: objetivos múltiplos e potencialmente competitivos/cooperativos entre os membros e as instituições; estrutura organizacional; parcerias; gestão dos recursos físicos e financeiros; metodologia de incubação; democracia interna. Essas categorias foram classificadas de acordo com três modelos de gestão: heterogestão gestão social e autogestão A metodologia utilizada foi o grupo focal tendo como base do roteiro as categorias analíticas referenciadas de modo que se pudesse avaliar qual o modelo de gestão que está sendo exercido pelas duas incubadoras estudadas Ao final do trabalho pôde-se verificar que tanto a INTECOOP/UFJF quanto a ITCP/UFSJ possuem um modelo de gestão híbrido com características dos três modelos estudados a heterogestão a gestão social e a autogestão embora com um predomínio por características da gestão social A conclusão final é de que as incubadoras devem adotar e aperfeiçoar o modelo de gestão social considerado nesta pesquisa o mais apropriado para as incubadoras
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1996
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Gestão das incubadoras tecnológicas de cooperativas populares.pdf354,08 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.