Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1997

Título: Agricultura familiar e economia solidária: as experiências em gestão de bens comuns e inserções nos mercados por organizações rurais do estado de Minas Gerais
Título Alternativo: Family agricultural and partnership economy: the experiences of ordinary goods management and insertion on markets by ruralorganizations in the state of Minas Gerais
Autor(es): Ribeiro, Aureo Eduardo Magalhães
Monte-Mór, Roberto Luis de Melo
Lima, Juvêncio Braga de
Assunto: Agricultura familiar
Economia solidária
Gestão de bens comuns
Inserção
Family agricultural
Partnership economy
Ordinary goods management
Insertion
Data de publicação: 1-Ago-2014
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Referência: MELO, A. P. G. de. Agricultura familiar e economia solidária: as experiências em gestão de bens comuns e inserções nos mercados por organizações rurais do estado de Minas Gerais. 2005. 127 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: Esta pesquisa consiste em um estudo sobre a economia solidária que se desenvolve no âmbito da agricultura familiar do estado de Minas Gerais. Procurou-se compreender as trajetórias e concepções próprias dos agricultores e agricultoras familiares sobre suas experiências de empreendimentos coletivos. Direciona maior atenção às formas historicamente construídas de lidar com a gestão de bens comuns, mas há também a preocupação em compreender as formas de inserção nos mercados, a relação estabelecida com as organizações mediadoras e avaliar os ganhos econômicos ou não econômicos - resultados materiais e imateriais - advindos das experiências coletivas. Trata-se de um estudo multicaso, no qual foram pesquisadas 15 experiências de empreendimentos coletivos nas regiões mineiras do alto Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Noroeste, regiões de atuação do Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica, da Associação Regional do Mucuri de Cooperação de Pequenos Agricultores e Cáritas Diocesana de Paracatu, respectivamente. Observou-se que as características das relações sociais, os laços de solidariedade e confiança preexistentes nos grupos influem na elaboração de critérios e normas de gestão, assim como na elaboração de mecanismos de participação interna e na relação com organizações externas. Além disso, pôde-se perceber que, em decorrência destas experiências coletivas, os(as) camponeses(as) têm alcançado diversos ganhos, tanto materiais, que se referem à sua inserção nos mercados e à geração de renda às famílias, quanto imateriais, que são os resultados em termos de formação de redes e conquista de parcerias, de influência nas políticas públicas, de capacitação, de sociabilidade, de auto-estima, etc.
The present research consists in a study about the partnership economy which develops in the family agricultural extent in the state of Minas Gerais. It also seeks to understand the ways and concepts of farmers on their experiences in collective undertaking. The present work also directs its attention to the historical forms built to deal with the ordinary goods management, as well as the concern in understanding the insertion forms on the market, the established relation among the mediator organizations and in estimating the economical and non economical profits - material and non material outcome - resulted from collective experiences. It is a multi-case study, in which 15 collective undertaking experiences were researched on the Alto Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri and Noroeste, regions of CAV - Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica, ARMICOPA - Associação Regional do Mucuri de Cooperação dos Pequenos Agricultores and Cáritas Diocesana de Paracatu, respectively. It was observed that the social relation characteristics, the solidarity links pre-existent on the groups influence on working out the criteria and management norms, as well as the elaboration of internal participation mechanisms and on the relation with external organizations. Moreover, it could realize that due to collective experiences farmers have reached various profits, as much as materials, regarding to the insertion on the markets and production of income to the families, as non-materials, that are the outcomes in terms of network formation and partnership achievement and influence on public policy, on empowerment, on sociability and self-affection.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1997
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Agricultura familiar e economia solidária.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback