Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2003

Título: Prebiótico e probiótico para leitões experimentalmente desafiados com Escherichia coli K88+
Título Alternativo: Evaluation of prebiotic and probiotic in weaned piglets challenged with Escherichia coli K88+
Autor(es): Dutra, Daniel Rodrigues
Orientador: Sousa, Raimundo Vicente de
Coorientador(es): Costa, Suely de Fátima
Cantarelli, Vinícius de Souza
Membro da banca: Silva, Hunaldo Oliveira
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Assunto: Mucosa intestinal
Promotor de crescimento
Saúde intestinal
Suínos
Vilosidade
Growth promoter
Gut health
Intestinal mucosae
Pigs
Villi
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: DUTRA, D. R. Prebiótico e probiótico para leitões experimentalmente desafiados com Escherichia coli K88+. 2011. 94 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: With the objective of evaluating the properties of the prebiotic manno-oligosaccharides and probiotic Bacillus subtilis in piglets experimentally infected with E. coli (1010 Colony Forming Units), a study was conducted at the Experimental Center of Swine of the UFLA, in Lavras, MG. A total of 75 piglets (females and castrated males), weaned at 28 days old, average initial weight of 8.44 kg ± 2.19 kg, was used. Performance parameters, microbial population, intestinal morphology, immune function, incidence of diarrhea, pH and short-chain fatty acid (SCFA) concentration in the cecum and colon were studied. The experimental period lasted 35 days, with randomized block design, consisting of the following treatments: NCO - halquinol without immunological challenge (negative control); PCO - halquinol with immunological challenge (positive control); MO - prebiotic with immunological challenge; BS - probiotic with immunological challenge; MOBS - probiotic + prebiotic immunological challenge; with a total of five treatments and five replications. The animals were standardized according to weight at weaning and housed in groups of three pigs per pen representing the plot. The performance variables were not affected by the diet (P> 0.5). However, the use of additives provided greater length of the small intestine (P <0.05), while animals fed only the prebiotic presented lower relative weights of the small intestine (P <0.05). Population of total E. coli in the ileum of animals not challenged was lower (P <0.05) when compared to other treatments; pH values of the cecum and colon were not influenced by the diet (P> 0.05). However, the concentrations of propionic acid were lower (P <0.05) in the cecum of animals fed either probiotic or prebiotic. Histological studies showed that animals fed only probiotics had a lower height of villi in the ileum (P <0.05). The villous:crypt ratio was higher in the ileum of the control group. Total levels of IgA, IgG and IgM were similar (P> 0.05) in all treatments. No cases of diarrhea during the experimental period were found. In general, the tested additives alter both the intestinal morphology and VFA production, their being as effective as the use of antibiotic in the other parameters evaluated.
Com o objetivo de avaliar as propriedades prebióticas dos mananoligossacarideos e probióticas do Bacillus subtilis em leitões experimentalmente infectados com E. coli K88+, um estudo foi conduzido no Centro Experimental de Suínos da UFLA em Lavras, MG. Foram utilizados 75 leitões (fêmeas e machos castrados), desmamados aos 28 dias de idade, com peso médio inicial de 8,44 kg ± 2,19 kg. Parâmetros de desempenho, população microbiana, morfometria intestinal, função imunológica, incidência de diarreia, pH e concentração de ácidos graxos voláteis (AGV) no ceco e cólon foram analisados. O período experimental foi de 35 dias, com delineamento em blocos casualizados, composto pelos tratamentos: NCO - halquinol sem desafio imunológico (controle negativo); PCO - halquinol com desafio imunológico (controle positivo); MO - prebiótico com desafio imunológico; BS - probiótico com desafio imunológico; MOBS - prebiótico + probiótico com desafio imunológico, totalizando 5 tratamentos e 5 repetições. Os animais foram padronizados em função do peso ao desmame e alojados em grupos de três leitões por baia compondo a parcela experimental. As variáveis de desempenho não foram afetadas pelas dietas (P>0,5). Entretanto, o uso dos aditivos proporcionou maior comprimento de intestino delgado (P<0,05), apesar dos animais alimentados somente com o prebiótico apresentarem menor peso relativo de intestino delgado (P<0,05). A população de E. coli total no íleo de animais não desafiados foi menor (P<0,05), quando comparado aos demais tratamentos. Valores de pH cecal e do cólon não sofreram influência das dietas (P>0,05). Contudo, as concentrações de ácido propiônico foram menores (P<0,05) no ceco de animais recebendo suplementação probiótica ou prebiótica. As avaliações histológicas demonstraram que os animais alimentados somente com probiótico apresentaram menor altura de vilosidades intestinais no íleo (P<0,05). A relação vilosidade:cripta foi maior no íleo do grupo controle positivo. Os níveis totais de IgA, IgG e IgM foram semelhantes (P>0,05) em todos os tratamentos. Não houve casos de diarreia durante o período experimental. De maneira geral, os aditivos testados alteram a morfologia intestinal e a produção de AGV, e se mostram tão eficazes quanto o uso de antibiótico nas demais características avaliadas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2003
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Prebiótico e probiótico para leitões experimentalmente desafiados com Escherichia coli K88+.pdf838,28 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback