Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2014

Título: Variação de fatores bióticos e abióticos na resposta fisiológica das plantas e qualidade dos frutos da videira ´Syrah´
Título Alternativo: Variation of biotic and abiotic factors in the physiological response of plants and fruit quality of ´Syrah´grapevine
Autor(es): Favero, Ana Carolina
Orientador: Regina, Murillo Albuquerque
Coorientador(es): Soares, Angela Maria
Membro da banca: Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Delfino, João Paulo Rodrigues Alves
Mota, Renata Vieira da
Souza, Cláudia Rita de
Área de concentração: Produção vegetal
Assunto: Vitis vinifera L.
Sistema de condução
Porta-enxertos
Carboidratos
Necrose das gemas primárias
Trellis system
Rootstocks
Carbohydrates
Primary bud necrose
Data de publicação: 1-Ago-2014
Referência: FAVERO, A. C. Variação de fatores bióticos e abióticos na resposta fisiológica das plantas e qualidade dos frutos da videira 'Syrah'. 2011. 116 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: A expansão da vitivinicultura para novas regiões requer informações básicas de manejo para orientar viticultores interessados nessa nova atividade. Desenvolvido em duas etapas, o presente trabalho teve por objetivos: avaliar o desempenho de dois sistemas de condução em uma região promissora para o cultivo de uvas para vinhos finos e, buscar inovações para estudos do manejo das videiras em um país de viticultura bem estabelecida. No primeiro experimento foi avaliado o comportamento de um vinhedo de ´Syrah´ conduzido nos sistemas espaldeira (VSP) e Dupla Cortina de Geneva modificado (GDCM) em Pirapora, MG. Avaliações de potencial hídrico, fotossíntese, composição físico-química dos frutos e produtividade foram realizadas no final do período da maturação. Plantas conduzidas em VSP apresentaram melhor hidratação, porém, a fotossíntese líquida não foi afetada pelos tratamentos. O sistema GDCM apresentou maior produtividade e maior área foliar nas duas safras avaliadas. No momento da colheita, o teor de sólidos solúveis totais do sistema GDCM foi mais elevado do que o VSP apenas em um ano de avaliação; entretanto não houve diferença para os açúcares redutores em ambas as safras. A acidez total e o teor de ácidos orgânicos também não apresentaram diferenças entre os tratamentos. Teores de antocianinas foram mais elevados no sistema GDCM em 2007, porém mesma tendência não foi verificada em 2008. O teor de polifenóis totais nas cascas foi maior para o sistema VSP apenas em 2008 e as menores concentrações de polifenóis totais nas sementes foram verificadas para o sistema GDCM somente em 2007. Ambos os tratamentos apresentaram frutos com bom padrão de maturação, mas o GDCM foi considerado o melhor sistema para a região em estudo devido sua maior produtividade. Na segunda parte do projeto, videiras ´Syrah´, enxertadas sobre três diferentes porta-enxertos e cultivadas em duas regiões do Sul da Austrália foram utilizadas para a avaliação do efeito dos porta-enxertos no acúmulo de carboidratos, na fertilidade das gemas e na necrose das gemas primárias (PBN). Amostras de troncos, ramos e raízes foram coletadas durante o período de dormência para análise de carboidratos (amido) e, através da dissecação das gemas, foram contados o número de primórdios florais e a incidência de PBN. A concentração de carboidratos diferiu entre os porta-enxertos nas duas regiões estudadas. Os porta-enxertos afetaram a fertilidade das gemas e a incidência de PBN, que foram correlacionadas com a alta concentração de amido. O estresse hídrico não influenciou a PBN, entretanto, a fertilidade prévia total foi maior nos tratamentos sem irrigação. Foi verificada uma relação entre o genótipo do porta-enxerto, concentração de carboidrato, fertilidade da gema e necrose das gemas primárias.
The expansion of winegrapes into new regions requires basic management information to guide growers interested in this new activity. Developed in two stages, this study aimed to assess the performance of two trellising systems in a promising region for growing winegrapes, and looking for innovations to study the management of the vines in a country with a well established viticulture. In the first experiment, it was evaluated the behavior of a 'Syrah' vineyard, trained in two trellis systems, the vertical shoot position (VSP) and a modified Geneva Double Curtain (GDCM) in Pirapora, MG. Measurements of water potential, photosynthesis, physical-chemical composition of fruits and yield were made at the end of the ripening period. Plants grown in VSP showed better water status, however, net photosynthesis was not affected by treatments. GDCM trellis, had higher yield and leaf area at both seasons evaluated. At harvest, the soluble solids content of the GDCM system was higher than the VSP only in one year of assessment; however no difference was observed for reducing sugars in both seasons. Titratable acidity and organic acids contents showed no significant differences between treatments at harvest. Anthocyanins were higher in the GDCM system in 2007, but the same trend was not observed in 2008. Skin total phenolics contents were higher to VSP only in 2008 and the lower seeds total phenolics concentrations were observed to the GDCM trellis only in 2007. Both treatments presented fruits with good maturation patterns, but the GDCM trellis was considered the best trellis to the region of the study due to its higher productivity. To the second part of this project, ‘Syrah’ grapevines, grafted onto three different rootstocks and grown into two regions of South Australia were used to evaluate the effect of rootstocks on the accumulation of carbohydrates, bud fertility and primary bud necrosis (PBN). Samples of trunks, branches and roots were collected during the dormancy for carbohydrates (starch) analysis and, by bud dissection buds were scored for the number of inflorescence primordia and incidence of PBN. Carbohydrate concentration differed between the rootstocks at both sites. Rootstocks affected the bud fertility and the incidence of PBN which correlated with high root starch concentration. Water stress had no significant influence on PBN; however, overall predicted fruitfulness was significantly increased in unirrigated treatments. A relationship between rootstock genotype, carbohydrate concentration, bud fertility and PBN was found.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2014
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Variação de fatores bióticos e abióticos na resposta fisiológica das plantas e qualidade dos frutos da videira ´Syrah´.pdf1,05 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback