Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2016
Título: Influência do silício na intensidade da antracnose, na composição química e na qualidade das sementes de feijoeiro
Título(s) alternativo(s): Influence of silicon on the anthracnose intensity, on the chemical composition and on the quality of bean seeds
Autor : Veiga, André Delly
Primeiro orientador: Guimarães, Renato Mendes
Primeiro membro da banca: Andrade, Messias José Bastos de
Cornélio, Vanda Maria de Oliveira
Vieira, Antônio Rodrigues
Oliveira, João Almir
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Feijão
Semente
Composição química
Influence
Silicon
Quality
Data da publicação: 1-Ago-2014
Referência: VEIGA, A. D. Influência do silício na intensidade da antracnose, na composição química e na qualidade das sementes de feijoeiro. 2008. 87 p. Tese (Doutorado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: Neste trabalho foi avaliada a influência da adubação silicatada sobre a qualidade fisiológica, sanitária e química, a atividade enzimática, a intensidade da antracnose e a organização estrutural de sementes feijoeiro. A pesquisa foi desenvolvida nos Laboratórios de Análises e de Biotecnologia do Setor de Sementes, na área experimental do Departamento de Agricultura, no Laboratório de Patologia de Sementes, do Departamento de Fitopatologia e no Laboratório de Anatomia Vegetal, do Departamento de Biologia, todos na Universidade Federal de Lavras (UFLA) Sementes de feijoeiro da cultivar BRS MG Majestoso foram produzidas sob 5 doses de aplicação foliar de Supa Potássio®(0; 0,8; 1,6; 2,4 e 3,2 L . ha-1), o qual possui 20% de SiO2 e 15% de K2O, e na presença e ausência do fungo Colletotrichum lindemuthianum. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em parcela subdividida, com quatro repetições, mais um tratamento extra, na parcela com fungo, sendo as plantas pulverizadas com o fungicida Dithane®. Foram avaliadas a germinação, a qualidade sanitária pelo blotter test, a condutividade elétrica, a matéria seca de plântulas, a atividade das enzimas esterase, peroxidase e superóxido dismutase e a lixiviação de potássio. Foram realizados, ainda, a germinação em rolo de papel para a detecção de C. lindemuthianum, a determinação do conteúdo de lignina e do teor de macro e micronutrientes em folhas e sementes, a descrição morfológica em microscopia de luz e a avaliação da severidade da antracnose nas folhas e nas vagens. Sementes de plantas adubadas com silício na dose 3,2 L.ha-1 têm maior espessura do tegumento. Sementes de plantas adubadas com silício na dose 3,2 L . ha -1 têm menor incidência do fungo Colletotrichum lindemuthianum. O teor de zinco nas sementes é influenciado pela adubação com silício via foliar. O teor de nitrogênio nas folhas é aumentado pela adubação com silício via foliar. Os teores de cálcio e magnésio nas sementes são influenciados pela presença do fungo Colletotrichum lindemuthianum. A aplicação de silício em plantas de feijoeiro diminui a intensidade de ataque do fungo Colletotrichum lindemuthianum, tanto nas folhas quanto nas vagens. Menor incidência de Fusarium é encontrada em sementes oriundas de plantas adubadas com silício. A atividade das enzimas esterase, peroxidase e superóxido dismutase, a germinação e a lixiviação de potássio de sementes de feijoeiro não são afetadas pela adição de silício via foliar.
In this work, the influence of silicon fertilization on the physiological, sanitary and chemical quality, the enzyme activity, the anthracnose intensity and on the structural intensity of bean seeds was evaluated. The research was developed in the Analysis and Biotechnology Laboratories of Seed Sector, in the experimental area of the Agriculture Department, in the seed pathology laboratory of the Phytopathology Department and in the Plant Anatomy laboratory of the Biology Department of the UFLA. Bean seeds of the cultivar BRS MG Majestoso were produced under 5 doses of leaf application of Supa Potássio®(0; 0.8; 1.6; 2.4 and 3.2 L . ha-1), which possesses 20% of SiO2 and 15% of K2O, and in the presence and absence of the fungus Colletotrichum lindemuthianum. The experimental design was the one of randomized blocks in split plot with four replicates, more one additional treatment, in the plot with fungus, the plants being sprayed with the fungicide Dithane®. Germination, sanitary quality by blotter test, electric conductivity, dry matter of seedlings, the activity of the enzymes esterase, peroxidase and superoxide dismutase and potassium leaching were evaluated. Further, the paper roll germination for detection of C. lindemuthianum, the determination of the lignin content and the content of macro and micronutrients in leaves and seeds, the morphologic report in light microscopy and the evaluation of anthracnose severity on leaves and pods were accomplished. Seeds produced under 3.2 L . ha-1 of Supa Potássio® present larger thickness of the seedcoat. Seeds produced under 3.2 L . ha-1 of Supa Potássio® present reduced incidence of the fungus C. Lindemuthianum. The zinc content in seeds is influenced by the fertilization with silicon via foliar.The nitrogen content in leaves is increased by the fertilization with silicon via foliar. The contents of calcium and magnesium in seeds are influenced by the presence of the fungus C. lindemuthianum. The application of silicon on bean plants decrease the intensity of the attack by the fungus Colletotrichum lindemuthianum both in leaves and in pods and provides less incidence of Fusarium in bean seeds. The activity of the enzymes esterase, peroxidase and superoxide dismutase, germination and potassium leaching of bean seeds are not affected by the addition of silicon via.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2016
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.