Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2079

Título: Ambiente de cultivo na propagação in vitro de crisântemo (Dendranthema grandiflora TZVELEV cv. Rage): características anatômicas e fisiológicas
Título Alternativo: Environment of culture in the propagation in vitro of Dendranthema grandiflora cv. Rage: anatomical and physiological alterations
Autor(es): Braga, Francyane Tavares
Orientador: Pasqual, Moacir
Membro da banca: Castro, Evaristo Mauro de
Dutra, Leonardo Ferreira
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Assunto: Dendranthema grandiflora
Luz natural
Propagação
Ventilação natural
Qualidade espectral
Aclimatação
Natural ligth
Micropropagation
Natural ventilation
Spectral quality
Acclimatization
Data de Defesa: 21-Jul-2006
Data de publicação: 4-Ago-2014
Referência: BRAGA, F. T. Ambiente de cultivo na propagação in vitro de crisântemo (Dendranthema grandiflora TZVELEV cv. Rage): características anatômicas e fisiológicas. 2006. 119p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: Planta cultivada pela beleza de suas inflorescências, o crisântemo tem grande valor comercial por ser uma das culturas ornamentais de maior aceitação no mercado. A cultura de tecidos tem sido utilizada para a sua propagação comercial. Devido aos altos custos de produção por meio da micropropagação convencional, relacionados à perda durante a aclimatização e ao alto consumo de energia elétrica em salas de crescimento, objetivou-se, com este trabalho, o cultivo in vitro de crisântemo de forma alternativa. O material constitui-se de segmento nodais cultivados in vitro durante 60 dias. Num primeiro experimento, foram testados dois diferentes fatores: luz (sala de crescimento - SC e casa de vegetação sem - CVSS e com proteção de sombrite 50% - CVSP) e concentrações de sacarose (0, 15, 30g.L-1). Para número de folhas, brotos e raízes e comprimento da maior raiz, o melhor resultado foi observado 30g.L-1 de sacarose e casa de vegetação com sombrite de 50%. Densidades estomáticas e diâmetros polar e equatorial em casa de vegetação sem sombrite com adição de 30g.L-1 de sacarose ao meio. Num segundo experimento, testou-se o efeito de sombrites coloridos (vermelho e azul) sobre os frascos cultivados em casa de vegetação (CV) e SC. Para as variáveis fitotécnicas SC mostrou-se mais eficaz que os demais tratamentos, porém, quanto às telas coloridas, melhores resultados foram obtidos em CV-vermelho. Quanto aos aspectos anatômicos melhores resultados foram obtidos em CVSS. Num terceiro experimento, avaliaram-se dois ambientes de cultivo: CVSP e SC e dois sistemas de vedação: convencional e ventilada. Para número de folhas, brotos e raízes e comprimento de parte aérea e raízes, os melhores resultados foram obtidos em CVSP e sistema de vedação ventilado, porém, os fatores não interagem entre si. Densidades estomáticas e diâmetro polar e equatorial, CV com sistema de vedação ventilada foram os melhores resultados. Quanto ao mesofilo, também CV e sistema de vedação convencional mostraram maiores espessuras. Com os resultados obtidos é possível recomendar o uso da luz natural na propagação in vitro dessa espécie, bem como o uso de sistemas de vedação que permitam ventilação natural, proporcionam uma diminuição nos custos de produção.
Plant cultivated for the beauty of its flowers, chrysanthemum has great commercial value for being one of the most important ornamental cultures for plants market . Tissue culture has been used for that plant in commercial propagation. Becouse of high costs in traditional micropropagation tecnics, to the loss during the acclimatizing process and high eletric energy consumption in growth rooms, the objective of this work was to cultivate crisântemo in vitro trought an alternative way. The material consists of nodal segment cultivated in vitro, during 60 days. In a first experiment, two different factors had been tested: light (usual growth room - GR, greenhouse with 50% of - GHS and greenhouse without shade - GHWS) and different sucrose concentrations (0, 15 e 30 g.L-1). Number of leafs, sprouts and roots and length of the biggest resulted root the best one was observed 30g.L-1 of sucrose and greenhouse 50% of shadow - GHS. Stomatal density, polar and equatorial diameter in greenhouse without shadow - GHWS and medium aditionated with30g.L-1 of sucrose. In an second experiment it was tested the effect of colorful shading (red and blue) for bottles cultivated in greenhouse without shade - GHWS and growth room - GR. For fitotecnics variables, GR showed more efficience than the too other treatments, however, to the colored screens, better results were obteined GH-red. Best anatomical aspects were gotten in GHWS. The third experiment, there were avaluated two kinds of environment: GHS and GR and two systems of prohibition: ventilated and traditional. For leaf number, sprouts and roots and length of aerial part and roots, the better results had been gotten in GHS and ventilated system of prohibition, however the factors do not interact between itself. Stomatal densities and polar and equatorial diameter, GH with system of ventilated prohibition had the best results. However to mesofilo, GH and the traditional prohibition system showed hight thicknesses. Acording to the results, it is possible to recommend the use of the natural light for in vitro propagation , as well as the use of prohibition systems that allow natural ventilation, providing a reduction in the production costs.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2079
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Ambiente de cultivo na propagação in vitro de.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback