Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2087

Title: Influência do método de sangria e da adubação na produção e qualidade do látex de seringueira
???metadata.dc.creator???: Souza, Genaína Aparecida de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oliveira, Luiz Edson Mota de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Alvarenga, Antônio de Pádua
Bonome, Lisandro Tomás da Silva
???metadata.dc.description.concentration???: Fisiologia Vegetal
Keywords: Seringueira
Borracha natural
Método de sangria
Rubber tree
Natural rubber
Bleeding method
???metadata.dc.date.submitted???: 9-Jul-2010
Issue Date: 4-Aug-2014
Citation: SOUZA, G. A de. Influência do método de sangria e da adubação na produção e qualidade do látex de seringueira. 2010. 65 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A seringueira Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss.) Muell.-Arg é considerada a espécie mais importante do seu gênero. Os plantios de seringueira em Minas Gerais têm demonstrado que a cultura, antes considerada restrita às áreas úmidas da Amazônia, pode se estender para regiões com regime hídrico caracterizado por um período seco definido. A produção e a qualidade do látex da seringueira são dependentes de diversos fatores fisiológicos e metabólicos relativos à planta, além da estrutura anatômica dos vasos laticíferos e do estado nutricional da planta. Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar técnicas de sangria e adubação na produção e na qualidade do látex e características anatômicas da casca, tendo sido conduzido no período de maio de 2009 a maio de 2010, em plantio comercial de seringueira localizado no município de Nepomuceno, sul de Minas Gerais. A região caracteriza-se por apresentar duas estações bem definidas: seca e fria, de abril a setembro, e chuvosa e quente, de outubro a março. Foram utilizados no experimento clones da série FX de mais de 20 anos de idade, plantados em espaçamento de 7 m X 3 m. A produção apresentou variação sazonal, sendo influenciada pela temperatura e a quantidade de água no solo. O mês de janeiro de 2010 foi o de maior produção, devido às características climáticas favoráveis neste período. O método de sangria e a adubação não apresentaram efeito sobre a produção, porém, apresentaram efeito sobre a qualidade do látex. As características de qualidade de látex (cinzas, compostos voláteis e sujidades) das amostras analisadas não apresentaram diferenças significativas entre os tratamentos avaliados; para PRI, VR e DRC, houve efeito da adubação e tipo de sangria, com maiores valores de PRI e VR, porém, menores valores de DRC nos tratamentos adubados; em relação aos fatores anatômicos, houve interação significativa entre as densidades de anéis laticíferos, células laticíferas e espessura da casca com a produção de látex.
The rubber tree Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss.) Muell.-Arg is considered the most important species of its gender. The rubber tree plantings in Minas Gerais have been demonstrating that the culture, previously considered restricted to the humid areas of the Amazon, can extend to areas with a water regime characterized by a defined dry period. The production and the quality of the latex of the rubber tree are dependent on several physiologic and metabolic factors relative to the plant, besides the anatomical structure of the lactiferous vessels and the nutritional state of the plant. This work was conducted with the objective of studying bleeding and manuring techniques on the production and quality of the latex and anatomical characteristics of the bark. The study was conducted from May, 2009 to May, 2010, in a commercial rubber tree plantation located in the municipal district of Nepomuceno, south of Minas Gerais. The area is characterized by presenting two very defined seasons: dry and cold, from April to September, and rainy and hot, from October to March. Clones of the FX series, more than 20 years of age were used in the experiment, planted in 7 X 3 m spacing. The production presented seasonal variation, being influenced by the temperature and the amount of water in the soil. The month of January, 2010 showed higher production, due to the favorable climatic characteristics in this period. The bleeding method and the manuring did not have an effect on the production, however, they presented an effect on the quality of the latex. The latex quality characteristics (ash, volatile compounds and dirtiness) of the analyzed samples did not present significant differences among the appraised treatments. For PRI, VR and DRC, there was an effect of the manuring and bleeding type, with higher PRI and VR values, however, lower DRC values in the fertilized treatments. In relation to the anatomical factors, there was significant interaction among the densities of the lactiferous rings, lactiferous cells and thickness of the bark, with the production of latex.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2087
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Influência do método de sangria e da adubação na produção e qualidade do látex de seringueira.pdf370.2 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback