Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2123
Título: Efeito do Beta Caroteno e do FSH - P sobre a dinâmica folicular e qualidade embrionária em éguas mangalarga machador.
Título(s) alternativo(s): β-carotene and FSH-P effects on follicular dynamics and embryo quality in Mangalarga Marchador mares.
Autor : Arantes, Alexandre Francisco Amaral
Primeiro orientador: Souza, José Camisão de
Primeiro membro da banca: Albuquerque, Flamarion Tenório de
Lima, José Augusto de Freitas
Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Área de concentração: Produção animal
Palavras-chave: Equino
Beta caroteno
FSH-P
Qualidade embrionária
Equine
Beta carotene
Embryo quality
Data da publicação: 4-Ago-2014
Referência: ARANTES, A. F. A. Efeito do B-caroteno e do FSH-P sobre a dinâmica folicular e qualidade embrionária em éguas Mangalarga Marchador. 2004. 58 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da suplementação de β-caroteno sobre a produção e qualidade embrionária de éguas tratadas ou não com FSH-P, além de avaliar a eficiência da utilização de FSH-P (Folltropin®) para induzir superovulação em éguas. Foram utilizadas 16 éguas doadoras da raça Mangalarga Marchador, entre 4 e 18 anos de idade, aptas à reprodução. Utilizou-se duas dosagens de β-caroteno injetável (800 e 1200 mg), intramuscular, aplicadas no 15o dia após a ovulação, em éguas tratadas ou não com Folltropin-V® (Vetrepham- Belleville, Canadá), duas injeções diárias de 10 mg, intramuscular, aplicadas as 8 e 18 horas do 15o ao 20o dia, após a ovulação ou até a detecção de um ou mais folículos  3,5 cm. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em 6 tratamentos: tratamento 1 (n=8)- não receberam medicação; tratamento 2 (n=8) - aplicação de FSH-P; tratamento 3 (n=4) - 800 mg de β-caroteno; tratamento 4 (n=4) - 1200 mg de β-caroteno; tratamento 5 (n=4) - aplicação de FSH-P + 800 mg de β-caroteno; tratamento 6 (n=4) - aplicação de FSH-P + 1200 mg de β-caroteno. As coletas de embriões foram realizadas no 6o dia após a ovulação. Como não houve diferenças entre os tratamentos e interações, foram testados os efeitos principais do tratamento com FSH-P (n=16) versus não tratamento (n=16) e suplementação com β-caroteno (n=16) versus não suplementação (n=16). A qualidade embrionária foi melhor (p=0,041) nos animais suplementados com β-caroteno, 1,22 ± 0,22, versus não suplementados, 2,62 ± 0,21, mas foi semelhante (p=0,20) entre os animais tratados com FSH-P, 1,47 ± 0,21, em comparação com não tratados, 2,37 ± 0,22. O número médio de folículos aumentou (p=0,0175) nos animais tratados com FSH-P (3,19 ± 0,34) versus não tratados (1,87 ± 0,34) e não houve efeito (p=0,50) da suplementação (2,69 ± 0,34) versus não suplementação (2,37 ± 0,34). O número de ovulações não variou (1,00 ± 0,0) entre os efeitos principais. Não houve efeito do tratamento com FSH-P (p=0,80) ou da suplementação (p=0,90) sobre a duração do estro (8,00 ± 0,46 versus 8,23 ± 0,46 e 8,06 ± 0,46 versus 8,18 ± 0,46 dias, para éguas tratadas ou não com FSH-P e suplementadas ou não com β-caroteno, respectivamente) e sobre o diâmetro do folículo ovulatório, 4,56 ± 0,18 versus 4,56 ± 0,18 e 4,50 ± 0,18 versus 4,62 ± 0,18 cm, respectivamente (p=0,99 e p=0,87). O crescimento folicular não foi diferente para os efeitos principais testados (p0,05) sendo linear e crescente em relação ao tempo (R2= 0,95 e 0,92, tratamento com FSH-P versus não tratados; R2= 0,94 e 0,95, suplementação com β-caroteno versus não suplementação, respectivamente). A suplementação de β-caroteno melhorou a qualidade embrionária. O tratamento com FSH-P foi associado com o aumento do número de folículos palpáveis, no entanto, não houve reflexo sobre o número médio de ovulações.
The objective was to evaluate the effect of β-carotene on superovulated mare embryo production and quality, as well as to asses FSH-P (Folltropin®) hability to induce superovulation. Sixteen Mangalarga Marchador brees donor mares were used, aged between 4 and 18 years, with sound reproductive history. Two β-carotene intra muscular dosages were tested (800 and 1200 mg), 15 days post ovulation in mares superovulated or not with Folltropin® (Vetrephan- Belleville, Canada). Superovulation was attained with two daily injections at 8:00 and 18:00 h on days 15 through 20 after ovulation or until the detection of one or more follicles larger than 3,5 cm in diameter. Animals were allocated randomly to one of six treatments: 1 (n=8) - control; 2 (n=8) - superovulation; 3 (n=4) - 800 mg of β-carotene; 4 (n=4) - 1200 mg of β-carotene; 5 (n=4) - superovulation + 800 mg of β-carotene; 6 (n=4) - superovulation + 1200 mg of β-carotene. Mares were flushed six days post ovulation. Since there were no differences or interactions between treatments, the main effects of superovulation (n=16) and β-carotene supplementation (n=16) were tested against no superovulation (n=16) and no supplementation (n=16). Mean follicle number was greater (p=0.075) for superovulated (3,19 ± 0.34) compared to controls (1.87 ± 0.34) and there was no effect (p=0.50) of β-carotene supplementation (2.69 ± 0.34) compared to controls (2.37 ± 0.34). Ovulation number did not vary (1.00 ± 0.00) between main effects. There was no effect of superovulation (8.00 ± 0.46 d versus 8.25 ± 0.46 d; p=0.80) or supplementation (8.06 ± 0.46 d versus 8.18 ± 0.46 d; p=0.90) on estrus length. Ovulatory mean follicle diameter did not differ between main effects, which ranged from 4.50 ± 0.18 to 4.62 ± 0.18 cm across all treatments. Embryo quality was better (p=0.041) on supplemented (1.22 ± 0.22) versus non supplemented (2.62 ± 0.22) mares, but similar (p=0.20) between superovulated (1.47 ± 0.21) and non-superovulated (2.37 ± 0.22). Follicular growth was not different between the main effects tested (p0.05) but was positively and linearly correlated with time for either superovulated (R2 = 0.95), non-superovulated (R2 = 0.92), supplemented (R2 = 0.94) and non- supplemented (R2 = 0.95) mares. In conclusion, β-carotene supplementation improved embryo quality. The superovulatory protocol used in this study was associated with a greater number of palpable follicles, but this had no reflex on the number ovulations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2123
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.